Banner Historial

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Anais | Angola | Anti-Clericalismo | Antigo Regime | Antologia | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Barrancos | Batalhas | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camões | Campo Maior | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cerâmica | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cinema | Cister | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Correspondência | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Culinária | D. Henrique | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Diário | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Emigração | Ensaio | Ensino | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Évora | Fauna | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Fundão | Galiza | Genealogia | Geografia | Gil Vicente | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Colonial | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Humanismo | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Inglaterra | Inquisição | Islão | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Liberalismo | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Cordel | Literatura de Viagens | Literatura Erótica | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Livros Proibidos | Macau | Maçonaria | Madeira | Malacologia | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | medieval | Memórias | Militar | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Modernismo | Monarquia | Monarquia Constitucional | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Novelas | Numismática | Ordem Monástica | Oriente | Ourivesaria | Pedagogia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Quintentista | Rafael Bordalo Pinheiro | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Ribatejo | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Santarém | Sátira | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sexualidade | Sociedade | Solares | Surrealismo | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Timor | Tipografia | Tiragem Especial | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Universidade | Viagens | Vila Real | Vinho | Viseu | Vista Alegre

Módulo background

Historial - History

 

MIGUEL DE CARVALHO iniciou a sua actividade de livreiro antiquário em 1994 por influência do seu amigo Bernardo Trindade , filho de um dos mais antigos livreiros do país. No ano seguinte, após terminado a licenciatura em Engenharia Geológica em Lisboa, dedica-se por exclusividade à actividade de Livreiro Antiquário abrindo a sua primeira livraria em Coimbra. De uma forma geral trabalha os livros antigos que dizem respeito à Cultura Portuguesa, tendo no entanto e por paixão ao tema, enveredado pela Literatura Portuguesa do séc. XIX e XX. Publicou, entre outras:  "Catálogo da Biblioteca do Prof. Paulo Quintela - literatura portuguesa séc. XX" em 2000; "Descrição Bibliográfica Camiliana de uma muito importante e valiosa colecção de bibliografia activa e passiva de Camillo Castelo Branco" em 2003; "Catálogo de Livros seleccionados para o Salão do Livro antigo da XVI Bienal de Antiguidades de Lisboa" em 2004rn& Catálogos bibliográficos integrados em exposições de Livros Antigos e pintura...

Junho de 2011 - muda de instalações para Adro de Baixo (Coimbra) ocupando 3 pisos de um edifício do século XIX, onde reúne mais de 45000 volumes.

Outras das suas actividades paralelas dizem respeito à investigação geológica, tendo em 2003 realizado um Mestrado em Cartografia Geológica e é actualmente doutorando de cartografia e paleontologia. É autor de diversos trabalhos publicados na área da Malacologia, História da Geologia, Geologia, Cartografia e Sedimentologia.

O Surrealismo é a ideologia na qual se identifica e trabalha em projectos editoriais e pessoais, tendo iniciado a sua actividade em 1995 como colagista e em desenho. Neste sentido tem efectuado nas instalações da Livraria eventos culturais sem interesses comerciais exposições e eventos ligados ao surrealismo.

Em 2009 cria a marca registada"DEBOUT SUR L''OEUF - edições surrealistas". Voltada à realização, não só de eventos mas sobretudo de livros-objectos, produziu mais de uma dezena de edições limitadas, desde alguns exemplares até 200. Em 2010 criou a primeira revista objecto portuguesa DEBOUT SUR L''OEUF - nº1", limitada a das tiragens de execução manual: uma de 30 exemplares com 5 originais e outra de 70, em que colaboraram mais de 30 criadores vivos e ligados ao movimento surrealista.

Junho de 2011 - com a mudança de instalações para Adro de Baixo Coimbra) ocupando 3 pisos de um edifício do século XIX, cria na casa livreira uma galeria DEBOUT SUR L''OEUF onde apresenta exposições de pintura, desenhos, esculturas, fotografia, etc ...

PRINCIPAIS EVENTOS REALIZADOS NA LIVRARIA
Outubro de 2005 - grande exposição dedicada à correspondência desenhada de CRUZEIRO SEIXAS, com cartas dirigidas ( e generosamente cedidas) a Edouard Jaguer, Isabel Meyrelles, Anne Ethuin, Rik Lina, Arnost Budik, Juan Carlos Valera, Manolo Mateos, Giordano Bruno & J. F. Aranda. Figuraram também na exposição livros de artista da colecção particular de Cruzeiro Seixas cujos desenhos cohabitam com as letras no mesmo suporte, tanto nas páginas impressas como sobre as capas e encadernações. O registo da exposição foi feito sobre a forma de livro com o mesmo título, numa edição de 250 exemplares e outra, artesanal limitada a 40 exemplares numerados e autografados por Cruzeiro Seixas.

Setembro de 2006 - exposição bibliográfica de livros-objectos das EDICIONES DE POESIA - MENÚ, editora de Cuenca (em Espanha) da responsabilidade do poeta Juan Carlos Valera. Sob o título de OS OSSOS TAMBÉM TÊM FOME, teve um catálogo com textos de Arrabal, Cruzeiro Seixas, Luis Alberto de Cuenca, Sérgio Lima, Juan Caros Valera, Perfecto Cuadrado, Mário Cesariny e Miguel de Carvalho.

Setembro de 2007 - exposição de objectos poéticos, pinturas e assemblages do pintor surrealista holandês RIK LINA. Lina é conhecido fundamentalmente por ser o fundador do grupo CAPA "Colective Automathic Painting Amsterdam" de Amsterdão. Está também vinculado ao movimento de surrealismo internacional "Phases", liderado por Edouard Jaguer, e ao "Bureau de Recherches Surréalistes de Hollande". Foi editado um livro intitulado de ENXERTOS com textos inéditos de Sérgio Lima (Grupo Surr. de São Paulo-Brasil), Laurens Vancrevel (Revista Brumes Blondes-Holanda), Erik Lindner (poeta holandês), John Welson (pintor surrealista britâncio do Grupo de Leeds) e Allan Graubard (dramaturgo e escritor americano que pertenceu ao Grupo Surrealista de Chicago). A edição consta de duas tiragens: uma normal limitada a 200 exemplares numerados, autografados e com uma ilustração numerada e assinada a punho por Rik Lina e uma outra de 20 exemplares com uma pintura original sobre CD.

Dezembro 2007 expõe poemas visuais de autoria própria & cadavres-exquis com Cruzeiro Seixas num evento intitulado FRAGMENTOS DA MEMÓRIA FUTURA, e também com pintura de Santiago Ribeiro.

REVERSO DO OLHAR - Exposição Internacional de Surrealismo Actual. Organização DEBOUT SUR L''OEUF e Camâra Municipal de Coimbra. Maio - Junho de 2008 (310 Obras de 130 pintores, escultores, poetas, colagistas, fotógrafos, e objectualistas representantes do movimento surrealista internacional) em exposição no Edifício Chiado e na Casa da Cultura de Coimbra. Seguiram-se A VOZ DOS ESPELHOS na Amadora (Setembro - Outubro 2008) e ILUMINAÇÕES DESCONTÍNUAS (Janeiro-Março 2009).

A partir de 2011 realiza na galeria DEBOUT SUR L''OEUF  de sua livaria exposições diversas ligadas à pintura e desenho, sempre relacionados com os livros.

Em Janeiro de 2014 inicia actividade editorial na área da poesia inciando uma colecção de características únicas dentro das edições DSO (http://deboutsurloeuf.blogspot.pt/).