Livro
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

A MORTE DO REI HUMBERTO E OS CRITICOS DO

em Literatura Portuguesa

Referência:
9954

Autor:
LEAL, Gomes

Palavras chave:
sem palavras chave

Ano de Edição:
sem ano de edição definido

42,00€


Adicionar Sugerir

Título:
A MORTE DO REI HUMBERTO E OS CRITICOS DO
Descrição:
Parceria Antonio Maria Pereira, Lisboa, 1900. In-8º de 102 págs. Encadernação moderna inteira de pele castanha com dizeres dourados na lombada. Conserva as capas de brochura, a posterior restaurada. Capa anterior com assinatura de posse. Acidez generalizada.
Primeira edição.
Observações:
INVULGAR título de Gomes Leal com a transcrição de cartas de Teófilo, Trindade Coelho, Alberto Pimentel, Abel Botelho, etc...

"... um crítico francez escreveu que as minhas sátyras assás causticas e formidáveis éram por vezes nihilistas e incendiárias, e o trovador Fernandes tambem se abalançou a opinar, ha dias, que os meus cantos andavam sempre os sicarios e os assassinos prégando moralidade. Eu já respondi no meu livro, Fim de um mundo, ao critico gaulez chamado Pilatos, e quanto ao menestrel Fernandes, alvitro que seja mandádo bugiar, por ordem do Parnaso, - para o seu quartel, para Cacilhas, ou para o proprio poema ... a páginas trinta e duas. Ha, porem, almas simples que de cada vez que um caso reprovado e monstruoso, como o do assassino do malfadado rei Humberto, se produ, olham sempre de soslaio os socialistas e os revolucionarios mais avançados, como provaveis Orcini ou Ravachol num futuro mais proximo: - especie perigosa, segundo elles, de malúcos politicos, ruminando sempre os seu caso tragico, com o revolver engatilhado na algibeira das calças..."
Voltar