Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Julho 2019
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

KIANGALA

em Ultramar & Brasiliana - LITERATURA

Referência:
9544

Autor:
CERVEIRA, Honorinda

Palavras chave:
sem palavras chave

Ano de Edição:
sem ano de edição definido

14,00€


Adicionar Sugerir

Título:
KIANGALA
Descrição:
Agência-Geral do Ultramar,Lisboa, 1971. In-8º de 318 págs. Br. Cadernos por abrir
Observações:
Romance.
"Tu lembra quando chega no fim do mês de Janeiro, ou no mês de Fevereiro, e vem kiangala?... Lembra ainda quando o capim fica seco, a terrafica mesmo pó que entra dentro da gente, o céu está mesmo carregado, parece vai chover, e passa um dia, passa dois, um semana, mais um semana, mesmo um mês, e chuva não vem?... A gente olha as nuvem mesmo preta e diz: - Vai vir chuva. E olha a terra seca, mesmo pó, o capim está seco, e o rio não tem água, e o milho ficou marelo, e os bicho está comer as lavra… E não tem chuva. Então um dia a nuvem preta chega bem em cima da fazenda, bem em cima do rio e das lavra, e a chuva já está cair na terra e no rio, e o capim fica já verde, e o milho fica direito e os bicho foge das lavra. E a gente está contente no coração porque a chuva já voltou e kiangala foi embora… É mesma coisa, minina. Quando os bandido vorta na terra deles e a guerra já acabou, os branco vai vortar na fazenda e no mato, e a gente vai ter outra vez as lavra pra cultivar e o trabalho pra fazer. Kiangala vai embora, vem chuva. Guerra acaba, vem trabalho outra vez"
Voltar