Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Julho 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Açores

Foram localizados 49 resultados para: Açores

 

Referência:14382
Autor:AMARAL,João Bosco Mota
Título:O DESAFIO INSULAR
Descrição:

Eurosigno, Ponta Delgada, 1990. In-8º de 73-(2) págs. Br.

Observações:

Conferência proferida no simpósio internacional das ilhas, em Hiroshima a 2 de Outubro de 1989 onde o autor faz uma reflexão sobre a insularidade:

“O desenvolvimento para ser completo e alcançar as suas finalidades humanistas – desenvolver o Homem todo e todos os homens – tem de ser feito, em qualquer comunidade, de dentro para fora. (...) É impossível, e ineficaz, pretender desenvolver as ilhas de fora para dentro, segundo esquemas pensados longe do meio insular e sem participação das respectivas populações”.

“Assim, alcançados padrões razoáveis de qualidade de vida, e apesar do natural desnível com outras áreas, as ilhas onde floresça uma cultura própria continuarão a mostrar possuir força vital, fixando a população, inclusivamente jovem, em níveis razoáveis, mantendo laços e estreito intercâmbio com núcleos de naturais residentes no exterior, fortemente ligados à realidade insular, e enriquecendo a Humanidade com o seu contributo de diversidade”

Preço:10,00€

Referência:14396
Autor:COELHO, MAnuel Ávila
Título:A FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DA PIEDADE NA ILHA DO PICO
Descrição:

Horta, 1961. Separata factícia de Núcleo Cultural da Horta, In-8º de p. 291-377 + 12 pranchas ilustradas com motivos etnográficos, arte sacra e decorativa, etc ...
Dado a reduzido nº de tiragem das separatas factícias, este voluminho é bastane raro.

Observações:

"A FESTA DOS CORNOS (...) Esta exibição burlesca, nos seus primórdios, não teve certamente o sentido pejorativo que lhe damos hoje, tanto que o Coronel Afonso Chaves, num folheto que publicou sobre a festa, diz-nos "que na Horta, até 1870, as freiras do Convento da Glória mandavam no dia de S. Marcos, aos membros da colegiada da igreja matriz, antes da hora das ladainhas maiores que se celebram em tal dia, uma bandeja com uma coroa formada por pequenos cornos de alfenim, tendo no centro flores artificiais e um corno maior destinado ao Vigário..." (p. 332)

Preço:28,00€

Referência:14381
Autor:CORRÊA, Marquez de Jacome
Título:NO 5º CENTENÁRIO DO DESCOBRIMENTO DOS AÇORES
Descrição:

Artes Gráficas, Ponta Delgada, 1932. In-8º 162-(2) págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto.

Observações:

Obra publicada em 1932 aquando das celebrações dos descobrimentos dos Açores, e que é uma compilação de textos sobre a história das ilhas.

Preço:36,00€

Referência:14460
Autor:DAEHNHARDT, Rainer
Título:PÁGINAS SECRETAS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL
Descrição:

Edições Nova Acrópole, Lisboa,1995. Dois volumes cartonados de in-8º de 191 e 227 págs, respectivamente. Encadernação editorial ilustrada, assim como Ilustrado se apresenta ao longoda obra e em extra-texto.

Observações:

Esta obra é um compêndio de várias histórias, mais ou menos secretas organizado por  este historiador luso-alemão acrescentando sempre a sua análise e as fontes a que recorreu para abordar diversos casos omissos e falsas verdades da História de Portugal.

Abordam-se perguntas como, entre muitas outras:

Damião de Goes foi assassinado porque sabia demais? Houve um "Artigo Secreto" no tratado da aliança luso-britânica? A custódia de Belém esteve quase a ser derretida para cunhar moeda? O Mosteiro da Batalha foi vendido em hasta pública para servir de pedreira? Os antepassados de D. Afonso Henriques vieram do Báltico? Os lusitanos eram cristãos-arianos? Lisboetas já tinham ido aos Açores antes dos homens enviados pelo Infante D. Henrique?

Do Índice:

Volume I

- Um Deus Lusitano disfarçadamente ainda venerado
- O secretismo acerca dos Vândalos
- A origem Borgonhesa da 1ª dinastia portuguesa
- Dom João I, Fernão Lopes e a mudança da data
- Porque assassinaram Damião de Goes?
- O Avanço tecnológico do armamento português e sua influência nos contactos co outras culturas
- Lusitânea é a Coroa da Europa
- Para evitar Nova Guerra Portugal comprou o Brasil à Holanda
- O Conde de Lippe, um Homem de Espanto
- Moeda Falsa oficializada
- Dom Fernando II e seu amor por Portugal
- A Aliança Luso-Britânica e sua cláusula secreta
- Campos de concentração portugueses
- Serviço de correio estrangeiro a funcionar em Portugal

Volume II
- Terão Moçárabes lisboetas chegado aos Açores?
- Acerca da pergunta: "Quem foi Lopo de Calvo"?
- Contactos Luso-coptas
- Os cristãos de São Tomé
- Fernão de Magalhães não traiu Portugal
- Um presente português que mudou o Extremo-Oriente
- Uma investigação alemã sobre o falso (?) D. Sebastião
- O sebastianismo, a lenda messiânica portuguesa
- Um canhão no Cabo da Roca
- Uma carta de brasão espanhola passada em Lisboa
- O Duque de Schomberg, herói da Guerra da Restauração
- Uma rainha da Grã-Bretanha passou uma sentença de morte no Brasil
- Zeppelins nos Açores e Madeira
- Perdemos a nossa "Rampa de Lançamento"

Preço:45,00€

Referência:12694
Autor:FREIRE, António de Abreu
Título:DIÁRIO DE BORDO NA ROTA DE VIEIRA - Pelos 400 Anos do Nascimento do Pe. António Vieira, 1608-1967
Descrição:

Portugália Editora, Lisboa, 2008. Inn-8º de 393-(7) págs. Br. Profusamente ilustrado ao longo do texto e em extra-texto com fotografias.

 

Observações:

Diário de bordo da viagem de barco à vela, que durou aproximadamente um ano, do professor Antônio Abreu Freire, que percorreu dez mil quilómetros numa  viagem comemorativa e de investigação, marcando em cada lugar os passos do Padre António Vieira. É, por isso, um diário  de uma navegação que o levou até à Madeira, litoral do Brasil, Caraíbas e Açores.


"Quinta-feira, 13 de Setembro

Alcântara, Maranhão
Existe uma lenda sebastianista por estas terras. A 4 de Agosto de cada ano aparece um galeão todo iluminado nos Lençóis do Maranhão, um imenso deserto entremeado de lagoas de água doce; dele desce el-rei D. Sebastião que logo desaparece debaixo do areal onde reina numa cidade prodigiosa, rodeado de uma corte brilhante. Depois, na noite de S. João, disfarçado de touro negro, o rei deixa a sua corte subterrânea e corre pelas praias ao luar. Se alguém conseguir atingir a sua cabeça e dela fazer jorrar sangue, quebrar-se-á o encantamento e ficará vivo e presente el-rei D. Sebastião".

Preço:15,00€

Referência:14491
Autor:MAIA, Francisco de Ataíde Machado de Faria e
Título:NOVAS PÁGINAS DA HISTÓRIA MICAELENSE- 1832-1895 (Subsídios para a História de S. Miguel)
Descrição:

Edição de autor, Ponta Delgada, 1948. in-4º de 324-(8) págs. Brochado. Miolo muito limpo, com raríssimos picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra muito importante sobre a história política dos Açores do século XIX, sobre o sucesso e do progresso da ilha de São Miguel governada pelos seus próprios habitantes que conseguem impor ao governo central a legislação autonomista de 1895.

Preço:34,00€

Referência:3171
Autor:MARTINS, Francisco Ernesto de Oliveira
Título:A ESCULTURA NOS AÇORES
Descrição:

Secretaria Regional da Educação e Cultura, Região autónomo dos Açores, 1983. In. 4.º de 400 págs. Br.

Observações:

Ilustrado ao longo do texto. Prefácio de Bernardo Ferrão. Tiragem especial de 200 exemplares numerados e rubricados.

Preço:65,00€

Referência:14383
Autor:MONTE ALVERNE, Frei Agostinho
Título:CRÓNICAS DA PROVÍNCIA DE S. JOÃO EVANGELISTA DAS ILHAS DOS AÇORES
Descrição:

Instituto Cultural de Ponta Delgada, Ponta Delgada, 1960-1962. Três volumes de 145, 520 e 336 págs respectivaemnte. Brochados

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Uma das principais referências da historiografia  açoriana, este manuscrito esteve inédito, por quase três séculos sendo esta a sua primeira ediçao.

Nestes três volumes o autor aborda não só a descoberta das ilhas de S. Miguel e Santa Maria como também da criação de suas vilas e cidades, ermidas, freguesias,  fundação de seus conventos, mosteiros e do estado dos conventos e mosteiros, entre outros assuntos.

Preço:60,00€

Referência:14365
Autor:NEMÉSIO, Vitorino
Título:FESTA REDONDA. Décimas e Cantigas de Terceiro Oferecidas ao Povo da Ilha Terceira por ... natural da dita Ilha.
Descrição:

Livraria Bertrand. Lisboa. 1950. In-8º de 253-(1) págs. Brochado. Desenho da capa por Manuel Lapa. Muito bom estado de conservação

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Outro caminho da sua poesia está na procura de uma linguagem de discreta raiz popular, presa a uma ironia vagamente deslumbrada que transparecerá em Festa Redonda ...”.

Segundo carlos Bessa "... Festa Redonda é uma obra extremamente original, pelo modo como o poeta aliou a literatura de transmissão oral, às características da poesia moderna, criando uma obra única no âmbito da literatura portuguesa. Uma obra que para nós era merecedora de uma edição autónoma, para que os mais e menos novos, pudessem conhecer e encantar-se com a sua versão original, publicada pela Bertrand em 1950, de modo a poderem deleitar-se com os ritmos e o encantamento com que Nemésio quis homenagear as gentes da sua ilha natal ...”.

Preço:45,00€

Referência:13783
Autor:Oliveira, Ernesto Veiga de
Título:TECNOLOGIA TRADICIONAL AGRÍCOLA DOS AÇORES
Descrição:

Instituto Nacional de Investigação Científica (INIC), Lisboa, 1987. In-8º de 96-(80) págs. Brr. Profusamente ilustrado com 80 páginas com fotografias em extra-texto e com desenhos de  Fernando Galhano ao longo do texto. Integrado na colecção "Colecção Etnologia".

Observações:

Monografia muito exaustiva sobre os aspectos fundamentais da tecnologia agrícola tradicional açoriana, as alfaias e os processos de conservação e armazenagem do milho usados no arquipélago.

Preço:35,00€