Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Algarve

Foram localizados 3 resultados para: Algarve

 

Referência:13470
Autor:FILGUEIRAS, Octávio Lixa & BARROCA, Alfredo
Título:O CAIQUE DO ALGARVE E A CARAVELA PORTUGUESA.
Descrição:

Separata da Revista da Universidade de Coimbra, Coimbra, 1970.In-8º de 39 págs. Br. Ilustrado em extra-texto com fotografias e com desdobrável com reconstituição dos planos da embarcação.

Observações:

Estudo crítico sobre os Caíques, embarcação da costa portuguesa sobretudo no Algarve com origem no século XVI e as Caravelas, criticando um trabalho publicado previamente por Alberto Iria que defendia a filiação do caíque algarvio na caravela latina dos Descobrimentos (ou vice versa).

 

Preço:18,00€

Referência:13057
Autor:PINTO, Maria Helena Mendes e PINTO, Victor Roberto Mendes
Título:AS MISERICÓRDIAS DO ALGARVE
Descrição:

Ministério da Saúde e da Assistência, Lisboa, 1968. In-4º de 392 págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Trabalho de inventariação das Misericórdias do Algarve e do seu património artístico, da arquitectura; dos interiores; de fac símiles de manuscritos e obras impressas; de encadernações armoriadas; e dos objectos religiosos de cada uma das Misericórdias do Algarve.

Preço:65,00€

Referência:13383
Autor:VIANA, Abel
Título:PARA O CANCIONEIRO POPULAR ALGARVIO
Descrição:

Edição de Álvaro Pinto, Lisboa, 1956. In-8.º de 321-(2) págs. Br. Cadernos por abrir. Impresso em papel de gramagem superior. Separata da "Revista de Portugal".

Observações:

Este trabalho que  reúne 3167 quadras populares algarvias e  encontra-se organizado por temas: reino vegetal, reino animal, reino mineral, meteorologia, topónimos, corpo humano, diversos sentimentos, satíricas e jocosas, alimentação, trabalhos domésticos e agrícolas, dinheiro,entre muitos outros
A seguir a cada capítulo temático, aparecem as conclusões do autor, tiradas a partir daqueles conjuntos de textos. No final do Cancioneiro aparece uma nota, na qual se colocam os locais da recolha por ordem alfabética, seguindo-se, entre parênteses curvos, o concelho e o nome dos colaboradores do autor.

"Quando, em 1933, chegámos ao Algarve, não pudemos deixar de sentir vivamente o contraste, em todos os aspectos, entre aquela província e o Minho, […]. O gosto vinha desde aquele Dezembro de 1917, data da nossa primeira colocação como professor em uma aldeia do concelho de Ponte de Lima. […] Ocorre-nos registar a música e os versos, […]. Foi, para nós, preciosa revelação. Nunca mais, onde quer que estivéssemos, nos chocaram diferenças de costumes, nem de linguagem, nem de alimentação. Antes a diversidade nos proporcionou grato motivo para observação, para registo de novidades, passando-nos a interessar a maneira de ser peculiar a cada um dos meios onde as contingências da vida oficial nos forçaram a residir. O Algarve constituiu, pois, amplíssimo campo à nossa curiosidade."

Preço:48,00€