Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Cartografia

Foram localizados 2 resultados para: Cartografia

 

Referência:14121
Autor:ERÉDIA, Manuel Godinho de
Título:TRATADO OPHIRICO, 1616
Descrição:

Centro Científico e Cultural de Macau, I.P. e Fundação Jorge Alvares. In-8º de 237 págs. Brochado.

Edição de Juan Gil & Rui Manuel Loureiro. as últimas 50 páginas são dedicadas a um DICIONÁRIO que funciona como roteiro geográfico e etnográfico, bem como catálogo de personagens, autores e obras referenciadas no Tratado Orphico. Encerra também um capítulo  BIBLIOTECA  DE MANUEL GODINHO  DE ERÉDIA que inclui numerosíssimas referências bibliográficas e notas biográficas dos autores referidos.

Observações:

Da contra capa: "... O CCM traz a público uma das mais interessantes produções textuais luso-asiáticas da época da expansão portuguesa. Derradeira obra de Manuel Godinho de Erédia, o Tratado Ophirico permanecia inédito quando se vão cumprir quatro séculos sobre a sua original redacção. O manuscrito autógrafo, que se conserva actualmente numa biblioteca francesa, foi completado em finais de 1616, quando o cosmógrafo luso-malaio vivia em Goa e se dedicava a actividades artísticas e cartográficas. Obra ambiciosa, o Tratado Ophirico propunha-se apresentar “matérias dificultosas” de uma forma acessível, nada mais nada menos que a identificação da exacta localização da mítica região de Ofir, de onde provinha o ouro de Salomão...".

O Tratado Orphico de Manuel Godinho Erédia, uma das mais interessantes produções textuais luso-asiáticas da e´poca da expansão portuguesa, permanecia inédito, quando se vão cumprir quatro séculos sobre a sua original redacção. Derradeiro escrito do celebrado cosmógrafo luso-maio, cujo manuscrito autógrafo se conserva actualmente numa biblioetca francesa, foi completado em finais de 1616, quando o autor vivia em Goa e se dedicava a actividades artísticas e cartográficas. Trata-se de um ambicioso tratado, que se propõe apresentar "Materias difficultosas" de uma forma acessível, nada mais nada menos que a identificação da exacta localização da mítica região de Ofir, de onde provinha o ouro de Salomão. O tratado é dedicado a Filipe II, dividindo-se em cinco partes, das quais apenas três são dedicadas ao assunto referido no título. (Rui Manuel Loureiro).

Preço:17,00€

Referência:14129
Autor:PIMENTEL, Luis Serrão
Título:PRATICA DA ARTE DE NAVEGAR - 2ª edição.
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1960. In-8º de XI-194-(1) págs. Brochado (com ligeiro corte no canto inferior direito, sem prejuizo algum da estrutura da capa). Miolo muito limpo sem qualquer defeito que se possa apontar.

Observações:

Prefácio de A. Fountoura da Costa. Edição Comemorativa do V Centenário do Infante D. Henrique.

Ricamente ilustrado no texto com reproduções de esquemas trigonométricos de esferas e tabuadas de declinações solares, de que é autor de dois processos de cáculo, instrumentos de medição e assim como, em extra-texto, reproduções coloridas dos mapas de praças contidos no códice original. Publicação da obra manuscrita, em 1673, por um aluno do oitavo cosmógrafo-mor de Portugal - Luís Serrão Pimentel (1613-1679) - coligindo as lições do mestre e ilustrando com 15 mapas coloridos com os principais portos da costa portuguesa e das suas colónias. O final da obra apresenta um conunto de Roteiros relacionados com o Cabo Finisterra até Cadiz, Cabo Espartel e costa da Barbaria, Roteiro de Portugal para o Brasil (Pernambuco, Porto Seguro, Fernando de Noronha, Baixos de São Roque, Pedra Furada, etc...).
 

Depois de ter cursado Humanidades no colégio da Companhia de Jesus, Luís Serrão Pimentel seguiu a carreira militar, embarcando na nau Nossa Senhora do Rosário para a Índia em 1631. Não chegou, no entanto, ao destino, ficando-se por Pernambuco. Depois dessa viagem aplicou-se ao estudo das Matemáticas, Cosmografia e Arte de Navegar, tendo chegado ao cargo de Cosmógrafo-mór do reino em 1641. Este precioso manuscrito é uma compilação das aulas do Cosmógrafo na Escola de Pilotos que um seu discípulo coligiu e ilustrou.

Preço:45,00€