Banner Vista de Livro

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Anais | Angola | Anti-Clericalismo | Antigo Regime | Antologia | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Barrancos | Batalhas | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camões | Campo Maior | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cerâmica | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cinema | Cister | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Correspondência | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Culinária | D. Henrique | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Diário | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Emigração | Ensaio | Ensino | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Évora | Fauna | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Fundão | Galiza | Genealogia | Geografia | Gil Vicente | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Colonial | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Humanismo | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Industria | Inglaterra | Inquisição | Invasões Francesas | Islão | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Liberalismo | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Cordel | Literatura de Viagens | Literatura Erótica | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Livros Proibidos | Macau | Maçonaria | Madeira | Malacologia | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | medieval | Memórias | Militar | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Modernismo | Monarquia | Monarquia Constitucional | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Numismática | Ordem Monástica | Oriente | Ourivesaria | Patuleia | Pedagogia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Publicidade | Quintentista | Rafael Bordalo Pinheiro | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Ribatejo | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Santarém | Sátira | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sexualidade | Sociedade | Solares | Surrealismo | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Timor | Tipografia | Tiragem Especial | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Universidade | Viagens | Viana do Castelo | Vila Nova de Gaia | Vila Real | Vinho | Viseu | Vista Alegre

Módulo background

Coimbra

Foram localizados 58 resultados para: Coimbra

 

Referência:13357
Autor:autoria indefinida
Título:REVISTA CRÍTICA DE CIENCIAS SOCIAIS
Descrição:

Centros de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, Coimbra, 1978-1986. Vinte primeiros números da Revista de Estudos Sociais em treze volumes (alguns dos números são duplos ou triplos). Br. Alguns volumes com assinatura de posse. Falho do nº 6.

Observações:

 A Revista Crítica de Ciências Sociais é  uma edição quadrimestral do CES (Centro de Estudos Sociais) da Universidade de Coimbra que publica artigos que apresentem resultados de investigação avançada e de reflexão teórica inovadora em todas as áreas das ciências sociais e das humanidades. A revista foi fundada em 1978 por professores de Sociologia da Faculdade de Ecoomia da UC sob a direcção de Boaventura de Sousa Santos.
A Revista privilegia a publicação de números temáticos com artigos escritos por investigadores sobre as  respectivas áreas de especialidade.


Estes primeiros vinte números encerram alguns números temáticos como : Literatura e sociedade; Teoria das classes; A pequena agricultura em Portugal;Portugal 1974-1984: Dez anos de transformação social,  e artigos bastantes interessantes como : Um Exemplo de Resistência Popular - O Sebastianismo (José Veiga Torres);A Reforma Agrária em Portugal e o Desenvolvimento Económico e Social (Afonso de Barros); Telenovelas. A Propósito da Cultura de Massas (João Paulo Moreira); A Escrita na Vida da Gente: Sobre "Autobiografias Operárias" (Maria Irene Ramalho); Re-lendo "A Room of One's Own". Onde se conta de mudas que ouvem, surdos que falam e mudas que aprenderam a falar (Graça Abranches); "All Colored People Sing". Do estereótipo à identidade (Isabel Caldeira); Carta inédita  de Jorge de Sena; Mulheres, Família e Trabalho Doméstico no Capitalismo  (Virgínia Ferreira);Para uma Sociologia da População - um comentário à Demografia  (Carlos Fortuna); A figura do camponês em Artes e Letras de oitocentos (José Augusto França) entre muitos outros.

Preço:75,00€

Referência:13840
Autor:BARBOSA, José [comp.]
Título:ARTE MILITAR NA BIBLIOTECA GERAL DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA (Séc. XVI-XVIII)
Descrição:

Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Coimbra, 1990. In-8º de 63- (30) págs. Br. Profusamente ilustrado com reproduções, algumas em páginas desdobráveis e armamentos, fortificações, capas de livros, etc.

 

Observações:

Obra com a  vasta bibliografia sobre arte militar impressa entre os séculos XVI e XVIII,  que pode ser encontrada no acervo da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, em Portugal. Para além da bibliografia constam da publicação dezenas de gravuras ilustrativas: armamentos, fortificações, capas de livros, entre muitas outras.

Da Introdução:
"Possui a Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra nos seus fundos bibliográficos um núcleo muito significativo de obras impressas nos séculos XVI a XVIII, sobre arte militar. Estas obras, provenientes dos antigos colégios universitários, ou adquiridas durante o século XVIII em leilões e livreiros, em especial franceses, estão de perto relacionados com o ensino da matemática, álgebra, aritmética, geometria, trigonometria, física, etc., com aplicações directas e práticas na balística e arquitectura militar, consideradas em termos de defesa e ataque, numa arma então em evolução e grande desenvolvimento como foi a artilharia.
Não é, pois, de estranhar, pelo seu conteúdo matemático, a existência de uma bibliografia deste tipo nos planos tradicionais do estudo universitário, o que, para os séculos XVII e XVIII, ganha uma incidência especial na implicação de Portugal, por vezes directamente, nas guerras através das quais se procurou estabelecer o equilíbrio europeu, e em cujo número cumpre destacar a Guerra dos 30 Anos, a Guerra da Restauração, a Guerra da Sucessão de Espanha e a Guerra dos 7 Anos, num período que, lato sensu, se pode prolongar, do ponto de vista dos meios militares em uso, até às Invasões Francesas, embora, por esta altura, e mercê do desenvolvimento da arte e táctica militares, a utilização da fortaleza abaluartada fosse progressivamente abandonada."

 

Preço:16,00€

Referência:13404
Autor:CRESPO, José
Título:SANTA ISABELna doença e na morte
Descrição:

Coimbra Editora, Coimbra, 1972. In-8º de 204 págs. Br. Capas de brochura com alguns picos de acidez. Profusamente ilustrado ao longo do texto.

Observações:

Estudo muito interessante que baseando-se na  vida da Rainha Santa Isabel analisa as condições sociais da época, a acção exercida pela rainha em obras de assistência, e nos dá um vislumbre da medicina no século XIII ao analisar a doença e morte da rainha.

Preço:28,00€

Referência:13889
Autor:FALCATO, João
Título:COIMBRA DOS DOUTORES
Descrição:

Coimbra Editora, Coimbra, 1957. In-8º de 208 págs. Br. capas de brochura envelhecidas. Com assinatura de posse. Ilustrado em extra-texto com fotografias.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:


Livro de memórias sobre a vida estudantil em Coimbra nos anos 40/50, é uma obra de referência pois João Falcato é bastante critico ao  Estado Novo e está longe de  ser  uma obra saudosista, cheia de anedotas e de louvores  à Academia e à UC.

 

Preço:18,00€

Referência:13919
Autor:FRANCO, Augusto Soares
Título:QUEM TORTO NASCE TARDE OU NUNCA S'ENDIREITA em 1 acto & QUEM FEIO AMA, BONITO LHE PARECE em 2 actos. Comédias originais por ...
Descrição:

Imprensa Conimbricense, Coimbra, 1856. In-8º de 65-65 págs. Encadernação moderna, meia inglesa com cantos em pele castanha. Papel de fina gramagem mas sustentando resistência e a sonoridade original do papel.

Observações:

Conjunto de duas peças de teatro muito curiosas escritas por Augusto Soares Franco.

Preço:40,00€

Referência:13695
Autor:GOMES, Joaquim Ferreira
Título:AUTOS E DILIGÊNCIAS DE INQUIRIÇÕES contribuição para a história da Universidade de Coimbra no séc. XVII
Descrição:

Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 1989. In-8º de 532 págs. Encadernação editorial com sobrecapa. Valorizado pela dedicatória autógrafa.

Observações:

Obra, com prefácio, introdução e transcrição de Joaquim Ferreira Gomes, que reproduz o Códice 8846 dos Reservados da Biblioteca Nacional. Esse códice é de "valor inestimável para o estudo de costumes, das mentalidades e das ideias no Portugal do primeiro quartel do século XVII. O facto de ele descrever e descobrir «os muitos e prejudiciais vícios», de que então  enfermaria a  Universidade, de modo algum podia ser motivo ou prtexto para deicar que ele acabasse por ser devorado pelos vermes na Biblioteca Nacional "

Preço:20,00€

Referência:13605
Autor:LIMA, Augusto J. Gonçalves
Título:MURMURIOS
Descrição:

Typographia da Revista Popular, Lisboa, 1851. In-8º de XXIV-262-(2) págs. Encadernação meia inglesa em pano com dizeres a ouro em rótulo de pele. Sem capas de brochura e ligeiramente aparado. Pequenoa carimbo de posse.


PRIMEIRA EDIÇÃO
INVULGAR

 

Observações:

Livro de poemas de Augusto Gonçalves Lima, um dos nove poetas que integraram a revista "Trovador" editada por Feliciano de Castilho que acreditava ter descoberto uma nova linhagem de poetas coimbrães, "os poetas do Trovador". Em jeito de prólogo o livro encerra cartas trocadas entre o autor e o critico literário dessa geração, António Pedro Lopes de Mendonça.

Preço:25,00€

Referência:13873
Autor:SOARES, A. J.
Título:SUBSÍDIOS PARA A HISTÓRIA DO TEATRO DOS ESTUDANTES DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA 1938 - 1961
Descrição:

Edição do autor, Coimbra, 1961. In-4º de 347-(4)págs. Br.  Cadernos por abrir. Profusamente ilustrado ao longo do texto.

 

Observações:

Obra que aborda a históras do teatro estudantil de Coimbra e também  as deslocações dos grupos de teatro ao Porto, Lisboa, Açores, Madeira, Algarve, Braga, Leiria, Figueira da Foz, e ainda ao ultramar português, Luanda, Benguela, Sá da Bandeira, ilhas de de Cabo Verde, etc.

“As representações teatrais dos estudantes de Coimbra constituiram sempre uma actividade cultural da maior importância, não só como diversão mas também como processo pedagógico. Há notícia de espectáculos teatrais na Universidade em data anterior a 1538 e sabe-se que por ocasião de uma visita de D. João III à Universidade de Coimbra, houve um solene espectáculo para festejar o acontecimento, em que foi interpretada uma comédia de Plauto. As récitas teatrais e a composição de obras dramáticas faziam parte dos métodos pedagógicos do Renascimento, e também em Coimbra aparecem provisões reais a regulamentar os espectáculos promovidos por Mestres e alunos da Universidade ”.

 

Preço:15,00€