Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Maio 2024
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Divisão Administrativa de Angola

Foram localizados 8 resultados para: Divisão Administrativa de Angola

 

Referência:15263
Autor:CRUZ, José Ribeiro da
Título:NOTAS DE ETNOGRAFIA ANGOLANA
Descrição:

(Sociedade Industrial de Tipografia), Lisboa, 1940. In-8º de 182 págs. Brochado com ligeira falta de papel no pé da lombada, sem no entganto prejudicar a estrutura de suporte do livro. Rúbrica de posse no ante-rosto, que se repete no frontispício. Ricamente ilustrado com fotogravuras ao longo do texto de povoações Xingues, Kiocos, Lundas, Mussucos e Bangalas, e apresenta ainda quadros de dados antropométricos, sociais entre outra informação. Encerra mapas desdobráveis das variantes linguísticas da língua Ganguela, nomeadamente a "Chave da Língua Kimbundo" acompanhada das listas de termos nos seus vários dialectos.

Observações:

O índice encontra-se descrito segundo a ordem: ORIGEM DOS POVOS BANTU , OS POVOS DE ANGOLA , DADOS ANTROPOLÓGICOS (Steatopigia, cumprimento dos seios, avental vulvar e outras características somáticas) e USOS E COSTUMES: 

- Organização social
- Organização política
- Religião
- Regime de propriedade
- Justiça
- Penalidades
- Servidão familiar
- Circuncisão
- A puberdade feminina
- A seta de cupido
- Alambamento
- Esponsais
- Nascimento
- Baptizado
- Cumprimentos
- Mutopa
- Dança
- Falecimento
- Habitação
- Alimentação
- Bebidas
- Caça
- A queimada no sertão !
- Pesca
- Vestuário
- Cuidados de asseios com o corpo
- Adornos
- Penteados
- Limagem de dentes
- Tatuagem
- Arte e indústria
- Medicina
- Kimbanda
- Música e canto
- Mudança de nomes
- Desconfiança do indígena
- Alcunhas
- Orientação
- Telégrafo indígena
- Viagens dos indígenas
- Noções do tempo
- Elementos de linguagem
- Alfabeto, seus caracteres - Fonética
- A chave do Kimbundo
- Notas sobre as 10 classes
- Relação genitiva
- Quadro linguístico comparativo dos povos do Distrito do Cuanza-Sul circunscrição de Camaxilo Ganguelas 

Preço:45,00€

Referência:14913
Autor:DIAS, Gastão de Sousa
Título:RELAÇÕES DE ANGOLA (PRIMÓRDIOS DA OCUPAÇÃO PORTUGUESA).
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1934. In-8º de 256-(3) págs. Brochado. Muito bom exemplar

Ostenta uma dedicatória autógrafa.
 

Observações:

A Colónia portuguesa de Angola formou- se em 1575 com a chegada de Paulo Dias de Novais com 100 famílias de colonos e 400 soldados. Paulo Dias de Novais foi o primeiro governador português a chegar a Angola, que tinha como principais acções explorar os recursos naturais e promover o tráfico negreiro (escravatura) formando um mercado extenso. Este livro trata sobretudo das duas primeiras viagens efectuadas a Angola a partir de documentos pertencetes ao Cartório do Colégio dos Padres da Companhia, de Luanda, e transcritas do códice existente na Biblioteca Nacional de Paris.

Preço:40,00€

Referência:15276
Autor:GALVÃO, Henrique
Título:ANTROPOFAGOS
Descrição:

Editorial Jornal de Notícias, Lisboa, 1947. In-º de 330-(2) págs. Encadernação editorial em skivertex grenat, conservando as capas de brochura ilustradas por José de Moura. Ostenta ex-libris estarngeiro. Obra muito limpa, com o miolo sem qualquer mancha ou outro defeito apontar, não obstante seu ligeiro aparo marginal.

Observações:

Nalgumas das palavras de introdução, na pág. 7 apresenta-nos a obra informando que  " ... As personagens apresentadas nesta obra são reais: existiram umas, existem outras. Os casos referidos são autênticos... Porém, qualquer semelhança que venha a notar-se, por parte de pessoas muito observadoras, entre estas gentes e coisas bárbaras, e certas gentes e coisas que todos temos por muito civilizadas — e que também existem, em outras latitudes - deve considerar-se como pura coincidência, a que são igualmente estranhos o autor... e os antropófagos."

Mais adiante, no Prefácio: " A antropofagia, relativamente ao interesse que mereceram outros capítulos das Etnografia e Etnologia, em toda a extensão do tempo e dos lugares, tem sido pouco estudada em profundidade. É escassa, em quantidade, e, as mais das vezes tímida, a bibliografia que directamente lhe diz respeito. E, além desta, pode dizer-se, apenas aflora em narrativas de viajantes e em desvios rápidos de certas obras, que, vizando outros fins, acidentalmente a encontraram." Obra bem documentada com fotografias, desenhos e pinturas.

Dividida em três partes, o estudo da antropofagia aqui apresentado diz respeito à sua repartição geográfica à escala mundial (primeira parte) referindo sobretudo o seu aparecimento, decadência e extinção. Depois em concreto na segunda parte da obra, à escala do continente africano com os casos existentes à epóca da publicação. A terceira parte da obra é exclusivamente dedicada às declarações, confissões e testemunhos colhidos directamente dos canibais e outars gentes de Nambuangongo e do Posto Séde de Uige .

Preço:70,00€