Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Economia

Foram localizados9 resultados para: Economia

 

Referência:12629
Autor:Bernardino, Teresa
Título:SOCIEDADE E ATITUDES MENTAIS EM PORTUGAL (1777-1810)
Descrição:

Imprensa Nacional - Casa da Moeda , lisboa, 1985. In-8º de 238-(7)págs. Br.

Observações:

Da contracapa
Época de mudança - época de continuidade, eis o quadro em que se moveram a politica, a ecónomia, a lei, o poder e as mentaliddades no Portugal posterior à governação pombalina.
Buscando os aspectos específicos em que se delinearam as estruturas de base da sociedade, traçaram-se as linhas de força dos sentimmentos religioso, patriótico e do medo.

Preço:16,00€

Referência:12993
Autor:CARVALHO, Miguel de.
Título:NOÇÕES ELEMENTARES DE ECONOMIA POLITICA
Descrição:

Imprensa Libanio da Silva, Lisboa, 1897. In-8º de VII-258-(1) págs. Encadernação modesta, meia inglesa em sintético com dizeres a ouro na lombada.

INVULGAR.

Observações:

Obra escrita por Luís d’Almeida e Albuquerque, lente de economia política da Escola Politécnica e Instituto de Lisboa e que aborda os conceitos fundamentais da ciência económica.

 

Preço:19,00€

Referência:12982
Autor:LESOURD, J. A. e GÉRARD, C.
Título:HISTÓRIA ECONÓMICA SÉCULOS XIX E XX
Descrição:

Clássica Editora, Lisboa, 1963. In-8º de dois volumes de 383 e 876 págs.Br. Pequena assinatura de posse.

 

Observações:

Obra que encerra os seguintes temas: "Os principais mecanismos da vida económica; Os primeiros períodos da vida económica moderna:1760-1840" e "O apogeu do capitalismo europeu:1840-1914."

Preço:20,00€

Referência:13012
Autor:PEREIRA, Fernando Jasmins Pereira; COSTA, José Pereira
Título:LIVROS DE CONTAS DA ILHA DA MADEIRA 1504 - 1537 I - Almoxarifados e Alfândegas
Descrição:

Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, Coimbra, 1985. In-4º de 113 págs. Br. Cadernos por abrir,

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

"Os livros de contas cuja publicação agora iniciamos são quanto, da espécie, circunscrição e período, chegou aos nossos dias. Instrumentos base da verificação da actividade dos diversos oficiais da fazenda, iam depois recolhendo aos armários da Casa da Coroa, onde o Terramoto de 1755, com todo o arquivo, os soterrou nos escombros do castelo. Não podemos hoje averiguar quantos teriam desaparecido antes, mas afigura-se lícito supor que alguns estragos causou: o livro dos quintos da Ribeira Brava de 1536, por exemplo, localizámo-lo em pedaços nas pastas dos Fragmentos.
No mesmo acervo de salvados, beneditinamente recolhidos por Manuel da Maia e seus homens, foi possível encontrar outras folhas, que se juntaram aos livros a que pertenciam. No Corpo Cronológico havia folhas, cadernos e mesmo um livro inteiro — o do almoxarifado dos quartos de 1504-1505. Outros livros, no entanto, desde logo tinham sido incluídos no Núcleo Antigo, alguns deles com falta de folhas, que em parte foi possível reconstituir.
O facto de só agora haver sido feito este trabalho sugere que a documentação a publicar não tem suscitado interesse; e, na verdade, pelo menos em trabalhos impressos não a encontrámos referenciada. A sua importância, de que adiante falaremos, merece estudo pormenorizado e profundo, não apenas numa perspectiva regional como global. Deve acentuar-se também que, além dos elementos nela constantes, proporciona um conhecimento bastante nítido da escrituração fazendária na primeira metade de Quinhentos."

Preço:20,00€

Referência:12843
Autor:SÉRGIO, António
Título:ANTOLOGIA DOS ECONOMISTAS PORTUGUESES. Selecção, prefácio e notas de António Sérgio. Século XVII. Obras em português
Descrição:

 Oficinas Gráficas da Biblioteca Nacional, Lisboa, 1924. In-8º de VI-LII-392-(2)págs. Br. Capas de brochura com leves picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

RARO.

 

Observações:

Antologia muito interessante com  prefácio e notas de António Sérgio, sobre três obras de três grandes vultos da história portuguesa, inclui  a transcrição dos opúsculos: Diálogos do Sítio de Lisboa, de Luís Mendes de Vasconcelos, 1608; Dos Remédios para a Falta de Gente, por Manuel Severim de Faria, 1655;  e Introdução das Artes do Reino, por Duarte Ribeiro de Macedo, 1675.

 

"Poucos países há, certamente, em cuja história seja tão sensível, de ponta a ponta, o influxo do facto económico, como êste nosso: poucos há, também, cuja história económica fôsse tão desprezada; e será acaso dos maiores obstáculos ao ressurgimento da nossa Pátria a falta geral de conhecimentos sólidos das condições económicas em que evolucionou. Se algum mérito se pudesse achar nos ensaios históricos que delineei, seria de-certo o de pôr em relêvo o condicionamento económico dos nossos feitos, a dependência em que estiveram sempre as necessidades vitais da Europa inteira, e a consciente finalidade, o objectivo comercial, a scientífica execução das empresas de descobrimento"

 

Preço:30,00€

Referência:13836
Autor:VENTURA, Leontina [coord.]
Título:ECONOMIA, SOCIEDADE E PODERES estudos em homenagem a Salvador Dias Arnaut
Descrição:

Editora Ausência, V. N. de Gaia,  2004. In-8º de 861 págs. Encadernação editorial com sobrecapa. Ilustrado com gráficos ao longo do texto.

Observações:

Conjunto de estudos feitos por grandes nomes da ecónomia e história de Portugal subordinados a três grandes temas: Estruturas de poder; Sociedade e economia e Cultura e práticas religiosas.

Preço:10,00€