Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Junho 2024
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Ensaio histórico

Foram localizados 34 resultados para: Ensaio histórico

 

Referência:15385
Autor:BELL, Aubrey F. G.
Título:A LITERATURA PORTUGUESA (história e crítica)
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1931. In-8.º de XXI-507 págs. Brochado. Pé e cabeça da lombada com ligeiros defeitos de manuseaemnto, sem perder a estrutura de resistência do livro.

Observações:

Indíce de matérias: 1185 s 1325: da subida do trono de S. Sancho I à morte de D. Denis - As canções encadeadas; Cancioneiros trovadorescos; 1325 a 1521: da subida ao trono de D. Afonso IV à morte de D. Manuel - Prosa primitiva; A epopeia e os últimos poetas galecianos; Os cronistas; O Cancioneiro Geral; O século de Quinhentos (1502-1580) - Gil Vicente; Poetas líricos e bucólicos; O teatro; Luís de Camões; Os historiadores; Prosadores quinhentistas; Escritores religiosos e místicos; 1580-1706 - Os seicentistas; 1706-1816 - O século XVIII; 1816-1919 - A Escola Romântica; A reacção contra o Romantismo.

Preço:27,00€

Referência:15166
Autor:CÂNCIO, Francisco
Título:LISBOA DE OUTROS SÉCULOS. Cem anos de pitoresco
Descrição:

Lisboa, 1940. In-4º de 463-(1) págs. Encadernação moderna em percalina bazul com dizeres dourados na lombada. Ligeiro aparo marginal. Miolo muito bem conservado. Profusamente ilustrado ao longo do texto e em separado.
 

Observações:

A obra versa asuntos relacionados essencialmente com o Bairro Alto, a Mouraria da Severa e as Praias Alfacinhas.

Preço:60,00€

Referência:15100
Autor:CASTRO, P. José de
Título:D. SEBASTIÃO E D. HENRIQUE
Descrição:

União Gráfica, Lisboa, 1942. In-8.º de 357 págs. Brochado, preservado em papel cebola, com miolo em excelente estao de conservação.

Observações:

Esta obra encerra os seguintes capítulos: "O Casamento de D. Sebastião"; "Cruzada contra os Turcos"; "Um Quadro da Vida Portuguesa"; "Preparativos para a Guerra"; "A Expedição para África"; "Os Cativos Italianos"; "A Aclamação de Som Henrique"; "Casamento do Cardeal-Rei" e por fim "Doença e Morte do Cardeal-Rei".

Preço:30,00€

Referência:15094
Autor:FERRO, António
Título:D. MANUEL II O DESVENTURADO
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, 1954. In-8.º de 229(1) pág. Br. Ilustrado com gravuras em extra-texto sobre papel couché.

Observações:

Notas de Correia Marques.
"figura portuguesíssima, insinuante, de D. Manuel II. Se houve um rei luso que se perdeu na bruma, esse foi, sem dúvida, o triste exilado de Fullwell Park, o Desejado de muitos portugueses, outro D. Sebastião teimosamente aguardado numa manhã de nevoeiro. Mas nem os próprios, que tanto ansiavam por ele, conheciam bem, como eu pude conhecer, a esbelteza da sua alma, a sua doce melancolia de português saudoso, distante. Viam nele apenas o Rei, o símbolo ainda vivo do seu ideal, a esperança do regresso, mas não conheciam o homem, o seu encanto pessoal, a distinção e a graça das suas maneiras, não sabiam, por exemplo, que D. Manuel fingia viver em Inglaterra, mas que continuava, de facto, a ser rei na nossa maior possessão: na saudade."

Preço:30,00€

Referência:14456
Autor:HAMON, Augustin
Título:AS LIÇÕES DA GUERRA MUNDIAL
Descrição:

Guimarães & co, Lisboa, 1918. In-8º de 440 págs. Capas de brochura com defeitos por manuseamento, lombada com ligeira falta de papel à cabeça. Capas e miolo com pequenas manchas de humidade. Falho da cpa posterior.

Observações:

Obra exaustiva no assunto que versa, escrita por Augistin Hamon, intelectual anarquista francês, onde ele aborda os malefícios da guerra e do poderio militar alemão. Tradução de Adolfo Lima e Bel-Adam feita a partir da edição francesa actescentada e actualizada com as notas e edições da edição inglesa e outras, com um novo capíttulo inédito.

“É com entusiasmo que faço a guerra ao espírito guerreiro que a Alemanha incarna pelo seu espirito egoísta e imperialista. Lutarei até ao fim com a mesma fé, para abater o militarismo prussiano, causa de tantas lutas, tanta miséria e outros tantos males”.

Preço:18,00€

Referência:15105
Autor:LOBO, D. Francisco Alexandre
Título:OBRAS DE D. FRANCISCO ALEXANDRE LOBO, Bispo de Vizeu. Impressas às custa do Seminario da sua Diocese. Tomo I( a III)
Descrição:

Typographia de José Baptista Morando, Lisboa, 1848 (1849 e 1853 respectivamente). In-8º de 3 volumes com XVIII-(1)-462-(2), III-485-(3) e (6)-500-(1) respectivamente. Encadernação coeva, meia francesa em pele verde com etiquetas de número de ordem da biblioteca antiga. Aparo marginal e muito bom estado geral. Assinatura de posse antiga (Prof. Dr. Bernardo Albuquerque) no frontspício do primeiro volume. Ilustrado com litografia original representando o retrato do autor  segurando pena de escrita e livros, assim como reprodução facsimilada da sua assinatura, realizado nas oficinas calcográficas dos Mártyres em Lisboa, por António Joaquim de Santa Bárbara.

PRIMEIRA EDIÇÃO, póstuma de toda a sua grandiosa obra (o autor tinha falecido 4 anos antes). Foram publicados três volumes das Obras Completas deste historiador, embora o plano de edição constasse de dez volumes, permanecendo inédita até hoje a restante parte da sua obra.

Observações:

Francisco Alexandre Lobo (1763, Beja — 1844, Lisboa), bispo de Viseu, foi um clérigo e político português, historiador e homem de letras erudito, que, entre outras funções, exerceu o cargo de Ministro e Secretário de Estado dos Negócios do Reino, então equivalente a Primeiro-Ministro de Portugal, no executivo pró-miguelista que governou entre 1826 e 1827. Conservador, considerado um apostólico moderado, era próximo de D. Miguel I, por quem foi escolhido para conselheiro de Estado e encarregado de fazer a reforma geral dos estudos. Após a vitória liberal teve de exilar-se abandonando Portugal em 1834. Foi um escritor brilhante e erudito, revelou-se um historiador de mérito, sendo admitido como sócio da Academia Real das Ciências de Lisboa.

António Joaquim de Santa Bárbara (1838-1864) foi um gravador português, autor de alguns dos melhores retratos litografados de políticos, membros da alta sociedade e artistas do século XIX em Portugal. Santa Bárbara foi um artista com uma enorme capacidade de desenho, sendo que algumas das suas gravuras, particularmente as que executou a partir de daguerreotipos, são de um realismo espantoso em que, alguns dos retratos que litografou foram partir de daguerreotipos.

Preço:195,00€

Referência:14687
Autor:MONTEIRO, Prof. Dr. Taciano Accioli
Título:LUZAMERICA BRAZIL
Descrição:

Pongetti, Rio de Janeiro, 1947. In-8º de 107-(1) págs. Brochado. Com carimbo de oferta do SNI .Cadernos por abrir. Acidez generalizada.

Observações:

Curiosa conferência de índole histórica dada à Sociedade de Geographia de Lisboa.

Preço:13,00€

Referência:15079
Autor:MOREIRA, Eduardo
Título:CRISOSTOMO PORTUGUÊS. Elementos para a história do Púlpito.
Descrição:

Publicação da Junta Presbiteriana de Cooperação em Portugal.(Lisboa, 1957). In-8º de 338-(3) págs. Brochado. Exemplar em excelente estado de conservação. Capa de brochura ilustrada com desenho de um púlpito por Narciso de Morais. Rúbrica de posse no ante-rosto.

Observações:

Do prefácio, o autor diz-nos:
" ... Nele (no presente título) procuramos ser tão objectivos quanto possível: escrupulosos na investigação, equilibrados na crítica, compreensivos e humanos nas nar-rativas, evitando a secura duma reportagem anódina mas desdenhando o espírito sectário e os processos de «propaganda» que têm manchado a actividade cristianizadora, por muitos séculos, desde a «pia fraude» das actas dos martírios for-jadas, e das falsas decretais, até à imitação recente do dirigismo publicitário da indústria, do comércio e da política em certos meios. Não enfileiraremos, nem na Anti-Igreja dum crescido número de cristãos individualistas, nem na Anti-Reforma da quase totalidade dos cristãos ultraconservadores, afinal manejadores, uns e ou-tros, da famosa propaganda dirigida. Ao contrá-rio, procuraremos servir um espírito histórico, um sentido tradicional, uma acção de amor pátrio, no melhor significado desses conceitos. ..."

Índice dos capítulos:
1) - Primeiras Missões na Hispânia. Século III-VII.

2) - Nos alvores da Nacionalidade. Século VIII-XII.3) -  Desde o papel à Imprensa. Século XII-XV

3) -  Preparando o «Grande Século». Século XV-XVI

4) - A «Barreira de Fogo». Século XVI-XVIII

5) -  A Língua portuguesa no exílio. Século XVIII-XIX

6) - A geração da «Propaganda Século». Século XIX-XX

Preço:38,00€

Referência:14747
Autor:NEMÉSIO, Vitorino
Título:VIDA E OBRA DO INFANTE D. HENRIQUE.
Descrição:

Comissão Executiva das Comemorações do Quinto Centenário da Morte do Infante D. Henrique, Lisboa, 1959. In–8º de 184 págs. Br. Capa de brochura ilustrada. Exemplar integrante da Colecção Henriquina.

Observações:

Biografia do "pai" dos descobrimentos portugueses.

"...a cobiça de "acabar grandes e altos feitos", o domínio de si, o bom acolhimento de grande senhor na austera continência. Raro bebia vinho; passou toda a vida por casto e usaria cilício. Finalmente, as exclamações do apologista, tão sinceras de tom, diante de uma vida inteira dada a devassas de mar: "Oh quantas vezes o achou o sol assentado naquele lugar onde o deixara o dia dantes", etc., "cercado de gentes de diversas nações".
Este passo de Zurara atrai necessariamente o delicado problema de Sagres como residência e escola."

Preço:13,00€

Referência:14457
Autor:PONTE, José de Passos
Título:ORIGENS E RESPONSABILIDADES DA GUERRA DE 1914
Descrição:

Livraria Central Editora de Gomes de Carvalho, Lisboa, 1934. In-8º de 215 págs. Brochado.

INVULGAR.

Observações:

"Conferências realizadas na Universidade popular portuguesa, de Lisboa, nas noites de 11, 16 e 23 de novembro de 1933" onde o autor faz uma resenha histórica sobre a Primeira Grande Guerra.

Do prefácio:

"Conhecer a verdade sobre a guerra de ontem e é trabalhar contra a guerra de amanhã.
Por isso aqui nos encontramos , unidos todos no mesmo pensamento de Fraternidade Humana."

Preço:19,00€

Referência:15034
Autor:SARAIVA, António José
Título:PARA A HISTÓRIA DA CULTURA EM PORTUGAL
Descrição:

Publicações Europa-América, Porto, 1969. In. 8.º de dois volumes com 281-(3) e 364-(2) páginas respectivamente. Brochado. Vestígios acidificados provocados pela acção prolongada de fita goma antiga. Bons exemplares, muito bem conservados.

Observações:

"Um dos livros mais justamente célebres de António José Saraiva e um conjunto de ensaios que se notabilizaram pela serenidade dos juízos críticos, pela isenção da doutrina e pelo rigor da informação. (...) obra em dois volumes de inexcedível projecção, é uma verdadeira revisão dos pontos de vista fundamentais da cultura portuguesa. Este livro de ensaios é obra informativa e formativa, enunciadora de problemas e reveladora de pistas, é um itinerário de trabalho. Livro de história? Livro de um historiador da cultura, apaixonado pelos problemas do passado e interessado nos problemas do presente. Livro de um homem que sabe que a inteligência da história ajuda a construir o futuro.

Da «evolução do teatro de Garreit» à «expressão lírica do amor» na poesia de Garrett; de «Júlio Dinis e a sua época» a Herculano e o problema da «propriedade literárária»; de Eça de Queirós a Fernão Mendes Pinto; de «as duas máscaras de Luís de Camões» a «Correia Garção e a Arcádia Lusitana»: da concepção nacional da história de Fernão Lopes à concepção planetária da história de João de Barros; de Gil Vicente a Bertolt Brecht, António José Saraiva patenteia ao leitor a rosa-dos-ventos das suas inquietações, desvenda a problemática que o preocupa e absorve ..." (nota editorial publicada nos volumes).

 

Preço:25,00€

Referência:14603
Autor:Sem autoria
Título:MÉMOIRE PRESENTÉ PAR LE GOUVERNEMENT PORTUGAIS SUR LA RÉCLAMATION DU SUJET ITALIEN MICHELANGELO LAVARELLO soumise par accord des gouvernements italien et portugais a l'arbitrage de S. M. la Reine de Hollande.
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa, 1892. In-4º de 147 págs. Brochado. Cadernos por abrir, dedicatória autógrafa na capa de brochura. Papel acidificado e capas empoeiradas. Exemplar em bom estado.
 

Observações:

Curiosa memória sobre direito maritimo elaborado à custa de um caso particular sucedido em São Vicente de Cabo Verde no ano de 1884, em que Miguelangelo Lavarello, italiano, reclama ao governo português uma indemnização do montante de 165.000 francos pelo prejuízo que lhe causou o procedimento ilegal, abusivo e injustificável, usado pelas autoridades sanitárias portuguesas de São Vicente de Cabo Verde, em torno do vapor italiano Adria, as duas vezes que atracou nesta vila, a primeira vez no mês de Agosto, vindo de Gênes com destino a Argentina (La Plata), com paragem em São Vicente e a segunda vez no regresso a Europa, em Outubro do mesmo ano. Para a resolução do caso, foram chamados os Reis de Italia e  Portugal para submeter uma decisão arbitrária de um jurisconsul afim de nomear pelo governo holandês, o diferendo existente entre ambas as partes no seguimento da reclamação apresentada por Lavarello contra o governo português. Ao processo jurídico suplementa o Livro Branco e a curiosa descrição da viagem assim como os incidentes que motivaram o presente escrito em forma de memória.
 

Preço:60,00€

Referência:15390
Autor:TELLES, Bazilio
Título:A GUERRA (notas e dúvidas)
Descrição:

Livraria Chardron, Porto, 1914. In-8º de 112 págs. Brochado. Exemplar impecável, sem defeitos apontar, com os cadernos por abrir.

Observações:

Obra bastante curiosa e de interesse para história do início da Guerra de 1914 -1918, eventos que personalidades portuguesas várias defendiam a importância da participação portuguesa, tais como, além do presente autor, Ricardo Jorge, Leonardo Coim-
bra,  Ana de Castro Osório, Egas Moniz, Artur Barros Basto,  Ângelo Vaz, Diogo Cassels,, etc ... em que, na tribuna pública, proferiam diversas conferências e sessões patrióticas.

Preço:23,00€