Banner Vista de Livro

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Angola | Anti-Clericalismo | Antigo Regime | Antologia | Antropologia | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Bacalhau | Barrancos | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camões | Campo Maior | Canada | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cinema | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Cuba | Culinária | D. Henrique | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Emigração | Ensaio | Ensino | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Évora | Fauna | Feminismo | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Fundão | Galiza | Genealogia | Geografia | Gil Vicente | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Colonial | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Humanismo | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Inglaterra | Inquisição | Invasões Francesas | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Cordel | Literatura de Viagens | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Livros Proibidos | Macau | Maçonaria | Madeira | Malacologia | Manuel Macedo | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | Memórias | Militar | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Modernismo | Monarquia | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Oriente | Ourivesaria | Patuleia | Pedagogia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Queirosiana | Quintentista | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Ribatejo | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Santarém | Sátira | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sexualidade | Sociedade | Solares | Surrealismo | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Timor | Tiragem Especial | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Universidade | Viagens | Viana do Castelo | Vila Nova de Gaia | Vinho | Viseu | Vista Alegre | Zoologia

Módulo background

EVORA E SEUS ARREDORES

em Monografias & regionalismo

Referência:
13841

Autor:
BARATA, António Francisco

Palavras chave:
Alentejo | Évora

Ano de Edição:
1904

25,00€


Adicionar Sugerir

Título:
EVORA E SEUS ARREDORES
Descrição:

Typographia do "Noticias d'Evora", Evora, 1904. In-8º de 50-(2)págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto. Capas de brochura levemente amarelecidas.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Monografia muito interessante sobre Evora e os seus arredores, escrita por um do maiores estudiosos da cidade, sendo o seu legado  bastante importante para o inventário, conhecimento e divulgação do património histórico da cidade.

Do PROLOGO:

"Duas palavras explicativas do porque destas noticias.

Em conversação havida com o senhor Doutor Caetano Xavier de Almeida da Gamara Manoel, que foi bemquisto
Director das obras publicas do Districto d Evora, occorreu o dizer eu alguma cousa dos arredores da cidade, sómente por chamar as attenções de mais de um visitante illustrado da velha capital transtagana, sendo este minusculo trabalho um como complemento do seu mais folegado: Através de Evora.

Não sendo, na totalidade, assumptos virgens ás pennas dos que já viveram, alguns se tocam por primeira vez, sobre se dilatarem as noticias dos já tratados.

Citações de fontes auridas vão indicadas, na maioria das noticias, e omittidas algumas.

Ao leitor certifica o auctor que tenha como verídicas e por mais limpas as que se não declarem, conformemente a
seu uso e costume em trabalhos históricos, e não phantasiosos inventos de enganar a incautos, como o provam mais de quarenta annos de trabalho litterario, em que só ha, só póde haver defeito de intelligencia e nunca de refalsada intenção.

E mais nada: leia quem gostar de ler."

Obras relacionadas:

Voltar