Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Julho 2019
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Guerra Colonial

Foram localizados 12 resultados para: Guerra Colonial

 

Referência:13961
Autor:AGUIAR, Luiz
Título:LIVRO NEGRO DA DESCOLONIZAÇÃO
Descrição:

Editorial Intervenção, Lisboa/Braga, 1977. In-8º de 748 págs. Br.

INVULGAR

Observações:

Livro bastante polémico escrito por Luiz Aguiar onde ele analisa e documenta o processo  da descolonização portuguesa.

Da Introdução:
“ E na certeza de que constitui obrigação nacional mostrar, aos nossos irmãos do Ultramar, que o povo da antiga “Metrópole” não deve ser confundido com a minoria que deve ser responsabilizada pelo “incontestável sucesso”, como chamava ainda em 1976, à “Descolonização”, o Dr. Mário Soares, dedicamos este livro:

AOS VIVOS E MORTOS, NEGROS E BRANCOS,
VÍTIMAS DA “DESCOLONIZAÇÃO EXEMPLAR”.

Preço:30,00€

Referência:14207
Autor:CÉSAR, Amândio
Título:ANGOLA 1961
Descrição:

Verbo, (Lisboa), 1961. In-8º de 115-(1)-7 ff ilustradas com fotografias impressas a preto e branco - (1) de colofón. Brochado com capa impressa a laranja relativamente à 4ª edição.

Observações:

Importante obra sobre o início da Guerra Colonial Portuguesa que contou com diversar edições no ano em que foi publicada. A fonte iconográfica adjunta no final da obra documentam bem a violência sendo algumas fotos muito chocante, testemunhando o terror que envolveu o inicio da guerra colonial em Angola .

Preço:25,00€

Referência:14208
Autor:CRESPO, Manuel Pereira
Título:PORQUE PERDEMOS A GUERRA
Descrição:

Ed. Abril, Lisboa, 1977. In-8º de 168-(4) págs. Brochado. Rúbrica de posse no anterosto. Ocasionais sublinhados a láis, muito ao de leve. Miolo impecável, quase novo.
INVULGAR

Observações:

Na nota de Abertura

“ ... Em 1961, quando, em Angola, grupos armados puseram em causa a soberania portuguesa, tivemos de responder com uma guerra defensiva que, depois, se estendeu à Guiné e a Moçambique. Essa guerra não resultou do capricho de um chefe político, da ideologia de um regime ou de uma opção baseada em discutível análise de conjuntura. Obedeceu a uma constante da nossa História, que sempre nos conduziu a pegar em armas para defender os territórios de além-mar. (...) Pelas consequências futuras e pelos resultados imediatos, a derrota que sofremos foi das mais desastrosas da nossa História ...”.

Importante para o entendimento da guerra do ultramar e das posições do antigo regime, através da versão do autor que viveu enquanto militar os momentos de guerra. Esta obra foi editada e publicada escassos anos após a revolução de 25 de Abril de 1974 que abriu portas à independência das ex-colónias africanas e, consequentemente, à tomada de poder pelos antigos movimentos guerrilheiros que combateram Portugal de armas na mão, MPLA, PAIGC e FRELIMO, respectivamente em Angola, Guiné-Bissau e Moçambique.

O autor foi militar e intelectual com obra na cartografia da Guiné. Foi depois Ministro da Marinha no governo de Marcelo Caetano de 1968 a 1970, sendo a sua versão uma voz autorizada sobre os assuntos abordadas.

Preço:20,00€

Referência:14209
Autor:FARIA, Diamantino
Título:DESTINO: MUCABA
Descrição:

Edição do autor, Lisboa, 1962. In-8º de 246-(2) págs. Brochado. Rubrica de posse no ante-rosto.

Observações:

Diamantino Faria, jornalista da imprensa angolana, acompanhou as tropas portuguesas nas operações de recuperação do território do norte da antiga província portuguesa de Angola, em poder da UPA desde 15 de Março de 1961, e relata nesta obra, a coragem e determinação dos defensores da pequena aldeia de Mucaba (12 Abril de 1961 - 23 de Junho de 1961).

Preço:24,00€

Referência:13673
Autor:FREITAS, Amadeu José de
Título:ANGOLA - O LONGO CAMINHO DA LIBERDADE
Descrição:

Moraes Editores, Lisboa, 1975. In-8º de 458-(5) págs.Br. Com alguns sublinhados. ostenta assinatura de posse.

 

Observações:

Obra onde o autor transcreve os acontecimentos diários que ocorreram em angola nos anos de 1974 e 1975, com recurso à fontes da imprensa portuguesa, angolana e internacional. São transcritos os comunicados, notas de imprensa e conferências de imprensa dos diversos movimentos de libertação angolanos (FLEC, FNLA, MPLA e UNITA), além dos partidos que se constituíram em Angola logo após a queda da ditadura em Lisboa e da abertura democrática. São revelados alguns dos principais documentos da descolonização e as posições então tomadas pelos diversos intervenientes no processo de descolonização.

Da contracapa :
"ANGOLA - um documento de impressionante actualidade sobre um novo país africano.
Um cordão umbilical mantém-se entre Angola e portugal. Toda uma estratégia do imperialismo foi montada no sentido de provocar a união das forças reacionárias que actuam em Angola.
Essas forças uniram-se para através do processo angolano liquidarem também o processo português.
Um quadro complicado mas que nos oferece uma única realidade: a escolha está feita - o Povo quer ser livre, quer decidir o seu destino, conhece os seus representantes legítimos, quer arrancar para o futuro, sem tibiezas, sem domínios, sem medos, sem exploração.
Angola vai ser ainda, decerto, um campo de luta sangrenta.
Mas este será agora, definitivamente, o sangue que conduz à Liberdade!
Disto nos fala este documento impressionante.
Um processo de luta que, sendo de Angola, não o é menos de todo o Povo Português."

Preço:17,00€

reservado Sugerir

Referência:13816
Autor:MELIM, Fernando
Título:REQUIEM PARA OS HERÓIS
Descrição:

Edição do autor, Viana do Castelo, 1972. In-8º de 349 págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto.

INVULGAR.

Observações:

Livro de memórias muito interessante dedicado aos Paraquedistas que combateram em Moçambique  durante a guerra colonial.

 

Preço:27,00€

Referência:14205
Autor:NEVES, A. F. Santos
Título:QUO VADIS, ANGOLA?
Descrição:

Editorial Colóquios, Angola, 1974. In-8º de 287 págs. Brochado. Conserva a cinta editorial.

Observações:

Na cinta editorial:

"... As condições políticas desencadeadas pelo 25 de Abril de 1974, tornam finalmente possível a edição deste manuscrito ...". Esta obra, teve reedição recente e trata do Cristianismo de Angola do período em questão.

Preço:13,00€

Referência:14206
Autor:TELO, Alencastre
Título:ANGOLA TERRA NOSSA - Diário do Terrorismo
Descrição:

Lisboa, Edição do Autor, (1962). In. 4º de 320 págs + 25 ilustrações impressas a preto e branco. Brochado, em excelente estado de conservação. Ilustrado à parte sobre papel couché.

BASTANTE INVULGAR quando em excelente estado o exemplar que agora se apresenta.

Observações:

O autor relata através de uma espécie de diarística todos os acontecimentos em torno da guerra no norte de Angola desde Março de 1961, quando a UPA (Antecessora da FNLA e liderada por Holden Roberto) desencadeou uma onde de terror, matando civis indefesos, brancos, negros e mestiços de forma selvática e com requintes de malvadez. Encerra dezenas de ilustrações com fotografias sobre a guerra e o terror da UPA. As ilustrações representam bem a violência das chacinas e assassinatos de familias inteiras assim como das destruições de aldeias inteiras. Um excelente registo com imensa informação sobre a guerra colonial em Angola desde o seu primeiro dia, com nomes das vitimas, aldeias e fazendas atacadas e destruidas.

 

 

Preço:45,00€

Referência:14204
Autor:VENTURA, Reis
Título:OS DIAS DA VERGONHA
Descrição:

Edições Fernando Pereira, Lisboa, s.d. (1976?). In-8º de 210-(5) págs. Brochado. Em excelente estado de conservação.
 

Observações:

"... Neste livro se relatam factos que aconteceram em Angola desde 25 de Abril a 11 de Novembro de 1975. Começa ainda sob o signo da esperança, no engano do programa inicial do Movimento das Forças Armadas, que preconizava a defesa da Nação Pluricontinental, e das promessas dos seus homens mais responsáveis.Mas termina em gritos de desespero, porque bem depressa e realidade mostrou que era mentira, vergonha e traição.

Há muiro boa gente (da melhor de Portugal desta hora aziaga) que se admira de que os homens de Angola, tão corajosas e resolutos nos dias trágicos de 1961, se tenham mostrado tão resignados e submissos depois do 25 de Abril de 1974 ..." (nota de abertura da Explicação Necessária).

Preço:18,00€