Banner Vista de Livro

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Anais | Angola | Anti-Clericalismo | Antigo Regime | Antologia | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Barrancos | Batalhas | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camilo | Camões | Campo Maior | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cerâmica | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cinema | Cister | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Correspondência | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Culinária | D. Henrique | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Diário | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Emigração | Ensaio | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Évora | Fado | Fauna | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Fundão | Galiza | Genealogia | Geografia | Gil Vicente | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Colonial | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Humanismo | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Inglaterra | Inquisição | Islão | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Liberalismo | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Cordel | Literatura de Viagens | Literatura Erótica | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Livros Proibidos | Macau | Maçonaria | Madeira | Malacologia | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | medieval | Memórias | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Modernismo | Monarquia | Monarquia Constitucional | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Novelas | Numismática | Ordem Monástica | Oriente | Ourivesaria | Pedagogia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Quintentista | Rafael Bordalo Pinheiro | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Ribatejo | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Sátira | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sexualidade | Sociedade | Solares | Surrealismo | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Timor | Tipografia | Tiragem Especial | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Universidade | Viagens | Vila Real | Vinho | Viseu | Vista Alegre

Módulo background

História

Foram localizados 149 resultados para: História

 

Referência:13060
Autor:AGUIAR, António
Título:GENEALOGIA ILUMINADA DO INFANTE DOM FERNANDOpor António de Holanda e Simaõ Bening. Estudo histórico e crítico por...
Descrição:

Edicão do autor, Lisboa. 1962.In-fólio com 218 pags. Br.. Profusamente ilustrado com fac-similes, diagramas genealógicos e reproduções iconográficas. Exemplar nº 291 de uma tiragem de 450 exemplares numerados e assinados pelos autor.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:


Notável estudo da simbólica utilizada neste manuscrito iluminado de um filho de D. Manuel I, peça hoje na posse do Museu Britânico.
Muitos são nomes que já lhe foram atribuídos: “Genealogia dos Reis”. “Genealogia iluminada do Infante D. Fernando”, ”Árvore Genealógica dos Reis de Portugal”, “Genealogia por António de Holanda”, Iluminuras de Simão de Bening”.
Consiste  num manuscrito composto por 13 fólios finamente iluminadas por uma oficina flamenga com o propósito inacabado de mostrar a união das Casas Reais portuguesa e espanhola, através do Infante Dom Fernando antepassado de D. Manuel e igualmente descendente do Conde Dom Henrique e de seu pai o Rei Santo Estevão da Hungria.

Preço:60,00€

Referência:13109
Autor:ALBUQUERQUE, Afonso; BAIÃO, António
Título:COMENTÁRIOS DO GRANDE AFONSO DE ALBUQUERQUE apitão geral que foi das Índias Orientais em tempo do muito poderoso Rey D. Manuel o primeiro deste nome.- 4ª edição conforme a segunda/ prefaciada e revista por...
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1922-1923. Quatro volumes num tomo só de in-8º de 465-(2)-398-(4) págs. Encadernação meia francesa em pele com dizeres e florões a ouro na lombada. Profusamente ilustrado em extra-texto. Conserva as capas de brochura dos dois tomos que compõem o volume.

Observações:

Excelente edição desta obra clássica, fonte indispensável para o estudo da presença de Portugal na Índia no séc. XVI.

Preço:80,00€

Referência:13266
Autor:ALBUQUERQUE, Luís [dir.]; DOMINGUES, Francisco Contente
Título:DICIONÁRIO DE HISTÓRIA DOS DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES
Descrição:

Círculo de Leitores, Lisboa, 1994. dois volumes de in-8º de 1119-(1)págs. Encadernação editorial com sobrecapa. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

Dirigido por um dos maiores especialistas na matéria, este dicionário é um instrumento de trabalho indispensável para alunos e professores, com cerca de 1000 artigos sobre os nomes, assuntos e locais mais significativos da História dos Descobrimentos e da Expansão Portuguesa do século XV aos inícios do século XVII.

Preço:70,00€

Referência:12482
Autor:ALVARES, Frei João
Título:OBRAS DE.... dição crítica com introdução e notas de Adelino de Almeida Calado VOL ITratado da vida e feitos do muito vertuoso S.or Ifante D. Fernando. VOL II Cartas e traduções
Descrição:

Por Ordem da Universidade, Coimbra, 1959 e 1960. Dois volumes de in-8º de 285 e 237 págs. Br. Leves sublinhado ao logo do texto. Ilustrada em extra-texto

Observações:

Reunião dos escritos deste cronista português, com introdução e notas de Almeida Calado. No primeiro volume transcreve-se a a Crónica do Infante Santo D. Fernando,  escrita a pedido do Infante D. Henrique, que narra o martírio do Infante d. Fernando, oitavo filho de d. João I, que teve toda sua história ligada  à derrota portuguesa na batalha de Tânger (1437). A hagiografia escrita por Álvares é considerada como o principal escrito, no que diz respeito à compreensão do modelo de santidade desse Infante. Além disso, foi utilizado como propaganda legitimadora da casa de Avis.

No Segundo volume transcrevem-se cartas e traduções suas de sermões, sendo bastante importantes para a compreensão da sua época.

Preço:0,00€

reservado Sugerir

Referência:13294
Autor:ANJO,César
Título:DIÁRIO DA PÁTRIA
Descrição:

Tipografia Civilização, Porto, 1931. In-8º de 376 págs. Br.

Observações:

Livro escrito como se fosse um diário onde em cada data do ano são apresentados os acontecimentos mais marcantes da nossa história.  "como que um Evangelho onde, todos os dias, nós portugueses, fôssemos buscar,ao iniciarmos os nossos trabalhos, o alimento espiritual que tanto nos vai faltando"

Preço:17,00€

Referência:13696
Autor:autoria indefinida
Título:DOCUMENTAÇÃO ULTRAMARINA PORTUGUESA I, II, III, IV, V
Descrição:

Centro de Estudos Históricos Ultramarinos, Lisboa, 1960-1967. Cinco volumes de In-4º de  683, 586, 391, 625 e 580 pags. Br. Capas de brochura e miolo com alguns picos de acidez.

Observações:

Obra denominada Gulbenkiana II e que reproduz a documentação ultramarina portuguesa existente nos arquivos estrangeiros, publicando-se aqui importantes códices, entre os quais: Mus. Brit. Add. 28461; Eg. 1646; B. N. Madrid Ms. 3015; Mus. Brit. 1131; Mus. Brit. Add. 9854; A. G. Simancas Secret. Prov. 1571; B. N. Madrid Cod. 3014; e Documentação sobre a Índia Portuguesa no século XVIII.

Da Introdução:

"Como se escreveu na Introdução de As Gavetas da Torre do Tombo (Vol. I - Gulbenkiana I), inicia-se agora a publicação, na íntegra, de vária, documentação ultramarina portuguesa, existente sobretudo em arquivos estrangeiros e, por conseguinte, de mais difícil acesso. Os que lidam com a história da presença de Portugal no mundo conhecem a enorme riqueza documental que jaz sepultada em bibliotecas e arquivos. O fim desta colecção - Documentação Ultramarina Portuguesa - é, justamente trazer às mesas de estudo e ao convívio dos historiadores parte dessa mesma riqueza.
O Centro de Estudos Históricos Ultramarinos vai cumprindo assim a missão que lhe foi confiada."

Vol.I - (Mus. Brit.Add. 28.461 ; Eg 1646).
Vol. II - (Bibl. Nac. Madrid : Ms. 3015) - (Mus. Brit. :- Col. Egerton Ms. 1131).
Vol. III - Mus. Brit. : - Add. 9851) - (Arch. Gen. Simancas : - Secret. Prov. 1571).
Vol. IV - (Arquivo Geral da Alfândega de Lisboa : Livro das Cartas Gerais que vão para a india e vem de lá em 1668) - (Biblioteca Nacional de Madrid : Códice 3014 cartas tocantes a la India Oriental, 1609-1641).
Vol. V - Documentação sobre a Índia Portuguesa no século XVIII.
 

Preço:60,00€

Referência:13693
Autor:autoria indefinida
Título:O IMPÉRIO DO BRAZIL NA EXPOSIÇÃO UNIVERSAL DE 1873 EM VIENNA D'AUSTRIA
Descrição:

Typographia Nacional, Rio de Janeiro, 1873. In-4º de 383-(5) págs. Encadernação meia inglesa modesta em tela. Ilustrado em extra-texto com um mapa desdobrável.

INVULGAR.

Observações:

Obra muito curiosa e informativa,  publicada aquando da Exposição de Viena em 1873 e que aborda  inúmeros tópicos sobre o Império Brasileiro, desde a  organização institucional do regime monárquico ao  relevo do Império, aos rios, às instituições de ensino e ao clima.
Logo na “Advertencia” o livro informa que um dos seus objetivos consistia em atrair imigrantes para o Brasil.

Índice:

Situação e extensão do Brasil; Clima e temperatura; reino animal; Reino vegetal; Reino mineral; Aguas mineraes;População ; Constituição do Brazil ; Divisão do Império ; Força pública ; Arsenaes de guerra e intendencia ; Presidios e colonias militares ; Marinha brazileira ; Pharoes ;Pharoletes ; Fazenda nacional ;Divida publica ; Sistema monetareo do Brazil ; Casa da Moeda ; Commercio ;Vias de communicação ; Imigração e colonisação ; Catechese ; Estrangeiros ; Naturalização ; Academia de Bellas artes ; Bibliothecas ; Theatros.
Cobertura geográfica : Brasil, descrição, Século XIX.

 

Advertencia
“Conhecer exactamente as regiões da America é hoje necessidade dos Estados da Europa, onde superabunda a população.
A uberdade do solo do Brazil e seus variados thesouros de riquezas naturaes offerecem vasto campo a todo o gênero de actividade industrial.
No intuito de demonstral-o e promover a immigração para este Imperio aproveitou-se o feliz ensejo que offerece a Exposição Universal de Vienna d’Austria, tratando-se de rever e melhorar a Breve Noticia impressa em 1867 para a Exposição Universal de Paris.
Trabalhos d’esta ordem não se podem realizar com perfeição, logo nas primeiras tentativas. Acoroçoado o zelo dos auxiliares officiaes, e crescendo a collaboração dos informantes particulares, que já d’esta vez foram elementos de grande proveito, é de esperar obra mais completa nas futuras exposições universaes.
Tendo-se por alvo principal tornar bem conhecido o Imperio do Brazil e esclarecer os immigrantes, procurou-se com todo cuidado dizer somente a verdade."

O mapa de enroems dimensões está dobrado no interior do livro. Tem a seguinte legenda: “ Carta do Império do Braszil reduzida no Archivo Militar em conformidade da publicada pelo Coronel Conrado Jacob de Niemeyer em 1846 e das especiais nas fronteiras com os Estado Limitrophes organizados ultimamente pelo Conselheiro Duarte da Ponte Ribeiro, Rio de Janeiro, 1873 “.

Preço:375,00€

Referência:13624
Autor:autoria indefinida
Título:CORTES DE LISBOA DOS ANOS DE 1697 E 1698. Congresso da Nobreza
Descrição:

Na Typografia da Academia R. das Sciencias, Lisboa, 1824. In-4º  de V-124 págs. Encadernação coeva em carneira com dizeres e florões a ouro na lombada.

INVULGAR.

Observações:

Registo das Cortes onde  foi jurado herdeiro do trono o Príncipe D. João.
"Tendo sido encarregada a Academia Real das Sciencias de Lisboa de publicar huma Collecção completa das Cortes de Portugal nos diversos Reinados até as ultimas de 1697. (…) Obra de longo hálito, e vindo a formar huma série dilatada de volumes (…) entre todas se lançou das de 1697, por serem as ultimas que se celebrarão, e mostrão o novíssimo formulário, assaz differente do que teve uso nos primeiros Reinados. (...) breves memorias que restão das Côrtes de Lisboa de 1697, e as actas que se seguem do Congreço da Nobreza em 30 sessões"

Preço:95,00€

Referência:13600
Autor:autoria indefinida
Título:DESCRIPÇÃO DA MAGNIFICA ASSEMBLEA DADA NA NOITE DE 8 DE SETEMBRO PELO ZIMBORIO E TORRE DA SERRA DO PILAR por occasião do Anniversario do primeiro glorioso assalto com que as Forças do Usurpador forão alli repellidas em 1832
Descrição:

Na Imprensa de Gandra e Filhos, Porto, 1833. In-8º de 22 págs. Br. Não aparado mantendo intactas as margens desencontradas.

RARO.

Observações:

Curioso opúsculo liberal de crítica política, com grande interesse para a história do Porto.

 

MUITO RARO.

Preço:50,00€

Referência:13159
Autor:autoria indefinida
Título:DESCRIÇAO DA MAGNIFICA ASSEMBLEIA DADA NA NOITE DE OITO DE SETEMBRO PELO ZIMBORIO E TORRE DA SERRA DO PILAR POR OCASIAO DO ANIVERSARIO DO PRIMEIRO GLORIOSO ASSALTO COM QUE AS FORÇAS DO USURPADOR FORAO ALI REPELIDAS EM 1832
Descrição:

Na Imprensa de Gandra & Filhos, Porto, 1833. In-8.º de 22-II págs. Br. Cosido com cordel de origem.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

RARO.

Observações:

Opúsculo muito raro, com  bastante interesse para a história do Cerco do Porto.

Preço:75,00€

Referência:12971
Autor:autoria indefinida
Título:RETRATO DOS JESUITAS feito ao natural pelos mais sabios, e mais illustres catholicos: OU JUIZO FEITO A CERCA DOS JESUITAS pelos maiores, e mais esclarecidos homens da igrejae do estado: DESDE O ANNO DE 1540, EM QUE FOI A SUA FUNDAÇÃO...
Descrição:

Officina de Miguel Rodrigues, Lisboa, 1761. In-8º de 256 págs. Encadernação inteira em pele, com sinais de desgaste superficial, decorada com dizeres e flores a ouro na lombada. Com algumas e muito leves manchas de humidade no miolo no entanto sem perturbar a leitura do texto.
 

Obra extremamente RARA.

Observações:

Colecção de textos anti-jesuíticos , traduzidas do francês para o português, na altura em que começou a expulsão dessa ordem de Portugal. Muito interessante para saber as opiniões que corriam pelos reinos da Europa. Os membros da Companhia de Jesus são logo à entrada apresentados por Melchior Cano, bispo de Canárias, como os percursores do Anticristo, classificando esta Ordem de anticristã: “Dizia este ilustre e religioso prelado que esta Companhia causaria à Igreja males sem número, que era uma sociedade anticristã, companhia de percursores do Anticristo, que não podia deixar de aparecer brevemente; pois começaram a aparecer os seus percursores e os seus emissários".

Preço:180,00€

Referência:12691
Autor:autoria indefinida
Título:FORAL DE ABRANTES
Descrição:

Oficinas Bertrand, Lisboa, 1968. In-4º  de 44 págs. inumeradas. Br. Fac-simile do códice iluminado a cores e ouro, a primeira página iluminada e encimada pelo escudo d'armas reais portuguesas com a corôa aberta de cinco florões, ladeado por duas esferas armilares, o texto enquadrado por tarja decorativa, a cores, de estilização vegetalista.

Tiragem de 1000 exemplares.

INVULGAR.

 

Observações:

Bonita reprodução facsimilada, a cores, do belo e importantíssimo foral manuelino dado à cidade de Abrantes e conservado na respectiva Câmara Municipal. "Este foral foi fac-similado na íntegra (...) por ocasião do quinquagésimo aniversário de Abrantes Cidade (...). A Leitura de todos os documentos apensos, ao termo do foral, foi feita pela Drª Maria do Carmo Jasmins Pereira (...) sob a orientação de João Paulo de Abreu e Lima."

Preço:27,00€

Referência:13099
Autor:ÁVILA, Arthur Lobo d'
Título:O REINADO VENTUROSO. Romance historico portuguez da epocha manuelina
Descrição:

Empreza Litteraria Fluminense de Santos Vieira & Commandita,Lisboa, S.d. 2 volumes num tomo só de in-4º de 367 e 366 págs. Encadernação meia francesa com dizeres a ouro na lombada sobre rótulo castanho. Edição ilustrada com gravuras em extra-texto de Roque Gameiro e e Alfredo Morais. Frontíspicio com alguns picos de acidez. CONSERVA CAPAS DE BROCHURA.

PRIMEIRA EDIÇÃO.
INVULGAR.

Observações:

Obra que foi primeiro publicada como  folhetim do Diario de Notícia, é um romance  extremamente bem documentado sobre o reinado de D. Manuel I.

"O reinado de D. Manuel é sem duvida, uma das épocas mais interessantes e mais dignas de serem meditadas na história portuguesa."

Preço:45,00€

Referência:13835
Autor:BAÊNA, Miguel Sanches de
Título:GRANDES ENIGMAS DA HISTORIA DE PORTUGAL I, II, III
Descrição:

Ésquilo Edições, Lisboa, 2009. In-8º de 607, 698-(3) e 494 págs. Br. Prrofusamente ilustrado ao longo do texto.

COLECÇÃO COMPLETA

Observações:

Obra que aborda grande momentos da história de Portugal através da descrição e análise dos seus enigmas: o primeiro volume versa sobre "Da pré-história ao século XV", o segundo sobre "Avis e os descobrimentos" e o terceiro "Dos descobrimentos ao Marquês de Pombal".

Preço:40,00€

Referência:12442
Autor:BARRETO, João
Título:HISTÓRIA DA GUINÉ1418-1918
Descrição:

Edição do autor, Lisboa, 1938. In-8º de 452-(4) págs. Br. Ilustrado ao longo do texto. Cadernos por abrir. Capas de brochura um pouco empoeiradas.

 

INVULGAR.

Observações:

Obra sobre a história da Guiné, com prefácio do Coronel Leite de Magalhães, escrita por um  notável historiador da Guiné.  1º Prémio do XIII Concurso de Literatura Colonial. A obra também contém a história da descoberta e colonização das ilhas de Cabo Verde.

Preço:70,00€

Referência:12936
Autor:BENSAÚDE, Joaquim
Título:LES LÉGENDES ALLEMANDES SUR L'HISTOIRE DES DÉCOUVERTES MARITIMES PORTUGAISES. Réponse a M. Hermann Wagner, Professeur à l'Université de Göttingue.
Descrição:

Imprimerie A. Kundig, Genève, 1917-1920.in-8º de  122-(13) págs. Br. Capas de brochura empoeiradas. apenas o primeiro volume. Obra em língua francesa.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

Obra escrita em reacção àquilo que considerava "as espoliações alemãs das glórias nacionais" portuguesas ou seja, a  tese de Alexander von Humboldt, amplamente aceite pela intelectualidade alemã, segundo a qual a náutica dos descobrimentos marítimos tinha tido a sua origem na Alemanha, em particular nos trabalhos de Johannes Müller von Königsberg que teriam sido trazidos para Portugal por alguns humanistas.

Preço:39,00€

Referência:12576
Autor:BOXER. (Charles Ralph); VASCONCELOS ,Frazão de
Título:O IMPÉRIO COLONIAL PORTUGUÊS (1415-1825)
Descrição:

Edições 70, Lisboa, 1981. In-8º de 406 págs. Br. Ilustrado em extra-texto com gravuras e mapas desdobráveis em extra-texto. Obra inicialmente publicada em 1969 com o título original de 'The Portuguese Seaborn Empire".
 

Observações:

Obra imprescindível na história da expansão portuguesa e é reconhecido por muitos especialistas como a mais importante investigação feita por um historiador estrangeiro  sobre a época áurea dos Descobrimentos. Charles Ralph Boxer, o autor, professor de  Estudos Camonianos e de Português no King ́s  College, em Londres e publicou várias obras sobre  Portugal, especialmente sobre os feitos dos  portugueses na China e no Japão nos séculos XVI e XVI.

ÍNDICE

 

Vicissitudes do império:
ouro da Guiné e o Prestes João; a navegação e as especiarias nos mares da Ásia; os convertidos e o clero na Ásia das monções; escravos e o açúcar no Atlântico Sul; luta global com os holandeses; estagnação e contração no Oriente; renascimento e expansão no Ocidente; a ditadura pombalina e as suas consequências.

Características do império:
as frotas da Índia e as frotas do Brasil; o padroado da coroa e as missões católicas; «pureza de sangue» e »raças inferiores»; conselheiros municipais e irmãos de caridade; soldados colonos e vagabundos; mercadores monopolistas e contrabandistas; os «cafres da Europa», o Renascimento e o Iluminismo; Sebastianismo, Messianismo e Nacionalismo.

Preço:20,00€

Referência:13679
Autor:BRAGA, Theophilo
Título:CURSO DE HISTORIA DA LITTERATURA PORTUGUEZA, adaptado ás aulas de instruccão secundaria por...
Descrição:

Nova Livraria Internacional, Lisboa, 1885. In-4º de 411 págs. Encadernação meia inglesa em sintético com dizeres a ouro na lombada. Sem capas de brochura. Miolo com alguns picos de acidez.

 

Observações:

Obra de intuito pedagógico, onde Teófilo Braga procurou adaptar as suas teorias acerca da História da Literatura Portuguesa às "aulas de instrução secundária", remodelando, desta maneira, o Manual da História da Literatura Portuguesa publicado 10 anos antes.


Advertência

Quando em 1875 publicámos a tentativa de um Manual da Historia da Litteratura portugueza, obedecemos ao seguinte ponto de vista : " A reforma do ensino da litteratura deve partir da conclusão a que chegou a sciencia moderna — que o estudo das creações intellectuaes não se pôde fazer em abstracto. É necessário nunca abandonar a communicação directa com os movimentos, explicando-os e apreciando-os pelas suas relações históricas com o meio e circumstancias em que foram produzidos. O estudo da litteratura feito nas vagas generalidades, conduz a essas receitas de tropos, que tiram a seriedade ás mais altas concepções do espirito humano. Na instrucção de um paiz deve entrar com toda a sua importância um elemento nacional; no ensino fundado nas ocas abstracções nunca esse sentimento se desperta. Pelo desenvolvimento histórico, mostrando como se chegou á unidade systematica de qualquer sciencia, é que se pode imprimir uma direcção justa e um vivo interesse nos espíritos que desabrocham.

A nossa tentativa falhou. Apesar de vir recommendado pela approvação da Junta consultiva de Instrucção Publica o Manual da Historia da Litteratura portugueza, a maioria dos professores recusou-se a acceita-lo para texto das suas lições ; porque, como nos escreveu o editor : " acharam-o sempre grande, e que por este motivo deixavam de o adoptar."

Isto explica-se ; a instriicção publica em Portugal faz-se á custa do emprego exclusivo da memoria segundo a "tradição pedagógica dos jesuítas, e por isso o professor quer um texto dogmático, paragraphado, em forma de definições e de enumerações cathegoricas, de modo que em interrogações peremptórias avalie do estudo do alu- mno. Combatendo este vicio, elaborámos um texto para o professor em primeiro logar, e depois para ser lido e extrahir-se d'elle a doutrina, segundo o critério de quem ensina, acostumando aquelle que aprende a applicar o processo analylico. Diz admiravelmente Augusto Comte:
"Os tratados didácticos devem unicamente dirigir-se aos mestres, através dos quaes «deve sempre passar a instrucção destinada aos discípulos. Até então, as leituras theoricas não convêm senão áquelles cuja educação está terminada, resultando o desenvolvimento scientifico de uma elaboração pessoal subordinada espontaneamente ás lições oraes... y> {Synthèse subjective, p. viii.)

O automatismo da memoria prevaleceu, e sobre o nosso Manual formaram-se alguns apanhados ; ser-nos-hia fácil explorar esta errada tendência compondo una resumo para se decorar, mas a nossa disciplina de espirito está em nós de accordo com o senso moral. O que não fizeram os professores praticámol-o nós, estudando o nosso livro emquanto aos seus defeitos de methodo e
deficiências de investigação. Podemos repetir as bellas palavras de Montaigne : « Je n'ay pas plus faict mon livre,
que mon livre m'a faict. » (Essais, II, 18.)

Compensa-nos o prazer de havermos progredido, e comnosco este novo livro em que reincidimos no mesmo intuito pedagógico.

Preço:17,00€

Referência:12753
Autor:BROCHETT, M. M. L. P
Título:O ANNO DAS BATALHAS OU GUERRA FRANCO-ALLEMÃ.
Descrição:

Livraria Portuense, Porto, 1897.  In. 4º de XV-315-(4) págs. Encadernação inteira em sintético com dizeres a ouro na lombada. Com capas de brochura conservadas. Ligeiro aparo gerenralizado. Ilustrada ao longo do texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

Exaustivo estudo sobre a guerra Franco-Alemã  abordando, entre muitos outros assuntos,  A história e causas da sua origem, as biographias do Rei da Prussia, do ex-Imperador dos Francezes e dos estadistas e generaes de ambos os paízes; as condições financeiras sociaes e militares de cada um, as armas empregadas e descripção circuntanciada de todos os movimentos militares e batalhas da guerra; a revolução em França, a rendição de Paris; a conclusão da guerra, o tratado de paz e a organização do governo provisório.

Preço:48,00€

Referência:13652
Autor:BRUNO, Sampaio
Título:A DICTADURA. Subsidios moraes para seu critico.
Descrição:

Livraria Chardron, Porto, 1909. In-8º de 293.(1) págs. Encadernação editorial em percalina verde, com ferros dourados nas pastas.

Observações:

Bruno ou Sampaio Bruno (1857-1915) foi escritor, ensaísta e filósofo portuense; figura cimeira do pensamento português do seu tempo Sampaio Bruno integrou o directório do Partido Republicano Português e fundou vários semanários portuenses. Com Antero de Quental e Basílio Teles elaborou os estatutos da Liga Patriótica do Norte no seguimento do Ultimato Britânico de 1890; participou na malograda revolta republicana de 31 de Janeiro de 1891, de cujo manifesto foi redactor e exilando-se depois em Paris com João Chagas. A depressão que o afectou no exílio contribuiu para encaminhar a sua pesquisa no sentido do misticismo e do esoterismo, mergulhando na literatura gnóstica de inspiração judaica, na cabala e na ideologia maçónica. No regresso a Portugal em 1893 publicou então as Notas do Exílio. Em 1898 publicou o Brasil Mental, em que desenvolveu a sua crítica ao positivismo comteano iniciada vinte anos antes. Em 1909 foi nomeado director da Biblioteca Pública Municipal do Porto mantendo o cargo após a proclamação da República até à sua morte em 1915. O seu pensamento filosófico de crescentes contornos místicos e esotéricos influênciou Fernando Pessoa.

Paulo Costa Domingos, no seu blog de informação bibliográfica, diz-nos o seguinte: "... Em pleno conflito ideológico com Afonso Costa, que chegou a agredir Sampaio Bruno fisicamente, o que levou este último a afastar-se do Partido Republicano, será ainda «[...] na qualidade de jornalista republicano independente que ele vai travar o veemente combate, que foi o seu, contra a ditadura de João Franco. Volta-lhe o ardor combativo de outrora. Escreve quase diàriamente um artigo. Insurge-se contra a supressão dos direitos cívicos e, quando, em 1908, João Franco caiu, logo após o assassinato do rei e do príncipe herdeiro, exclama: “o regicídio é, seguramente, um acto condenável, mas o despotismo não o é menos. O tiranicídio é, na verdade, um crime; mas a tirania é também um crime”. [...]»
. O vertente livro serve História na exactidão dos factos e na conotação posta nos mesmos.

Preço:24,00€

Referência:13066
Autor:CADORNEGA, António de Oliveira
Título:DESCRIÇÃO DE VILA VIÇOSA Introdução, proposta de leitura e notas de Heitor Gomes Teixeira
Descrição:

Imprensa Nacional/Casa da Moeda, Lisboa, 1982. In-8º de 154 págs. Br. Integrado na colecção "Biblioteca de Autores Portugueses". Capa com lgeiras manchas.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Interessante monografia histórica sobre Vila Viçosa, escrita no século XVIII  por António de Oliveira de Cadornega (Vila Viçosa, 1623/24 — Luanda, 1690) que foi um militar e historiador português radicado em Angola.

Preço:18,00€

Referência:13002
Autor:CALADO, Adelino de Almeida
Título:CRÓNICA DE PORTUGAL DE 1419
Descrição:

Universidade de Aveiro, Aveiro, 1998. In-8º de 307 págs. Br

Observações:

"Este volume publica uma das fontes cronísticas mais importantes para o conhecimento da nossa Idade Média, sendo precedida por um primoroso estudo crítico do editor. Adelino de Almeida Calado, ao apresentar o texto desta crónica que foi escrita em 1419, revela como preparou a sua edição começando por referenciar a tradição manuscrita, isto é, as características dos códices quinhentistas da Biblioteca Pública Municipal do Porto (que veio de Coimbra) e da Casa Cadaval apenas descobertos e publicados no século XX, nos quais se copiou uma crónica cujo original entretanto se perdeu."
in Recensão de José Manuel Garcia

Preço:18,00€

Referência:13385
Autor:CAMACHO, Brito
Título:MATÉRIA VAGA
Descrição:

Livraria Editora Guimarães & C.ª, Lisboa, 1934. In-8.º de 240 págs. Br. Apresenta ocasionais sublinhados de leitura. Alguns picos de acidez.

Observações:

Reunião de artigos sobre diversas matérias, nomeadamente: Questões sociais; Tirania e Liberdade; Crime e Virtude; Russos e Chineses; Operários e Patrões; Documentos históricos; À Margem da História; Os Judeus; Pina Manique; Harmonia Ibérica; Paralelismo Político

“A estrutura económica das sociedades do nosso tempo, moldadas sôbre o tipo burguês e capitalista, não permite que se revelem e convenientemente se utilizem todos os valores espirituais que em cada uma delas virtualmente existem. não fazem excepção À regra os portugueses, antes sucede que o defeito geral, entre nós, é agravado, visto sermos hoje, no mundo civilizado, o povo mais escravizado à ignorância (...)”.

Preço:10,00€

Referência:13681
Autor:CASTRO, Damião António de Lemos Faria e
Título:HISTORIA GERAL DE PORTUGAL E SUAS CONQUISTAS. Offerecida à Rainha Nossa Senhora D. Maria I
Descrição:

Na Typografia Rollandiana, Lisboa, 1786-1804. vinte volumes de in-8º . Encadernação inteira em pele com dizeres a ouro na lombada.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

.

Observações:

Obra monumental sobre a História de Potugal, escrita no século XVIII por Damião António de Lemos Faria e Castro, onde o autor critica ferozmente a parte mitológica da História nacional, recorrendo-se habitualmente às opiniões  de historiadores franceses e espanhois, mas não deixa de mencionar detalhadamente essa mitologia.

 

Preço:395,00€

Referência:13264
Autor:CHARLOT, Monica
Título:LONDRES, 1851-1901era vitoriana ou o triunfo das desigualdades
Descrição:

Terramar, Lisboa, 1995. In-8º de 247 págs. Br. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

Colectânea de artigos que retratam, revelam  e resumem a Londres da segunda metade do século XIX. A diversidade dos artigos seleccionados vai do denso ao mundano, do estatístico ao sensorial retratando assim Londres, a capital da primeira nação industrial, nesse período onde se contrastam os luxos com as misérias, revelando uma sociedade conformista e desigual.

Preço:12,00€

Referência:12810
Autor:CLARO, António
Título:O PELOURINHO Critica da nossa Historia politica desde 1817 a 1904.
Descrição:

 Livraria Depositária de J. Figueirinhas Junior, Porto, 1904. In-8º  de 519-(4) págs. Encadernação inteira em pele com dizeres a ouro na lombada. Ilustrado com o retrato do autor. Volume único, o segundo volume (1850-1904) não foi publicado. Conserva capa de brochura.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

 Obra sobre  a história do século XIX em Portugal, desde o reinado de D. João VI até 1850, ano que antecedeu a queda de Costa Cabral e dos governos de inspiração setembrista. Obra com interesse acrescido pelas muitas notas e documentação apresentadas pelo autor.

"Procurei ser exacto. Os meus esforços visaram a exhibir, com verdade, as personalidades politicas do paiz mais em voga nos ultimos oitenta e sete annos e por algumas das quaes tive certa veneração, quando confiado singularmente na tradição, toda ella refalsada e espactaculosa, as suppuz dotadas do caracter, da energia e da sagacidade dos grandes vultos dos tempos luminosos da História das nações."

Preço:40,00€

Referência:12420
Autor:COELHO, Francisco de Lemos
Título:DUAS DESCRIÇÕES SEISCENTISTAS DA GUINÉ
Descrição:

Academia Portuguesa de História, Lisboa, 1953. In-8º de XXXI-283-(5) págs. Br. Ilustado em separado sobre papel couché com facsímiles de documentos manuscritos.

Observações:

Introdução e anotações históricas da autoria de Damião Peres.
Encerra os seguintes títulos: Descrição da costa da Guiné desde o Cabo Verde athe Serra Lioa com todas as Ilhas e Rios que os Brancos Navegam e ainda Discripção da Costa da Guiné e Situação de todos os Portos e Rios della e roteyro para se poderem navegar todos seus rios.
Estes dois manuscritos inéditos dos finais do século XVII pertencem à Biblioetca Nacional e apresentam um valor intrínseco "... de ambas as descrições e tem de reconhecer-se integrarem-se na série de testemunhos do interesse português pelas terras guineenses, repetidamente produzidas ao longo dos tempos. Numerosos elementos, quanto à distribuição geográfica dos povos indígenas, suas crenças, seus hábitos, as aproximam da sua imediata predecessora, a do capitão André Alvares almada - O Tratado Breve dos Rios da Guiné de Cabo Verde - publicado em 1841 pelo Prof Diogo Kopke ... porém tais pontos de semelhança, correspondentes à lentidão evolutiva de raças atrasadas, algumas notícias de modificações importantes, pelo que concerne À ACTIVIDADE ECONÓMICA DE PORTUGUESES E ESTRANGEIROS, E À CRESCENTE INTROMISSÃO DESTES, POLVILHADA DE CONFLITOS, DISTINGUEM BEM O RELATO QUINHENTISTA AS DESCRIÇÕES SEISCENTISTAS ...".

Preço:32,00€

Referência:13045
Autor:CORREIA, Fernando da Silva
Título:ORIGEM E FORMAÇÃO DAS MISERICÓRDIAS PORTUGUESAS
Descrição:

Henrique Torres Editor, Lisboa, 1944. In-4º de 661-(2) págs. Br. Encadernação meia inglesa em tela com dizeres a ouro na lombada. Profusamente ilustrado em extra-texto com  fotogravuras impressas em  papel couchè apresentando reproduções de gravuras, iconografia, mapas, edifícios, etc.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

RARO.

Observações:

Obra de consulta incontornável para todos aqueles que se dedicam ao estudo da génese e história desta importante instituição de assistência pois ainda hoje é o mais completo trabalho escrito sobre as Santas Casas.

Preço:40,00€

Referência:13055
Autor:CRUZ, António
Título:ALGUMAS OBSERVAÇÕES SOBRE A VIDA ECONÓMICA E SOCIAL DA CIDADE DO PORTO NAS VÉSPERAS DE ALCÁCER QUIBIR
Descrição:

Biblioteca Municipal do Porto, Porto, 1967. In-8º de XX-207-CXCII-(3). Encadernação inteira de pele com decoração dourada em filete nas pastas e lombada com ferros corridos ao estilo gótico. Conserva capas de brochura. Nítida impressão sobre papel avergoado. Ostenta uma expressiva dedicatória autógrafa. BELO EXEMPLAR.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

Importante obra histórico-regional que se divide em três partes: 1- Evolução, estruturas e conjunturas do século XVI; 2- A "Esterilidade" de 1575 e a peste de 1577 no termo da Cidade; 3- Livro primeiro de Acordãos do Arquivo Municipal do Porto.

Preço:50,00€

Referência:13588
Autor:CRUZ, Fr. Bernardo da
Título:CHRONICA DE ELREI D. SEBASTIÃO, publicada por A. Herculano e o Dr. A. C. Paiva
Descrição:

Na Impressão de Galhardo e Irmãos, Lisboa: 1837. In-8º de XVI-466-(35) págs. Encadernação não contemporânea meia inglesa em pele com dizeres a ouro na lombada sobre rótulo de pele vermelha. Exemplar muito limpo e muito fresco, levemente aparado à cabeça.

PRIMEIRA EDIÇÃO do primeiro livro publicado por Alexandre Herculano (Inocêncio I, 377 - RARO).

Observações:

Primeira edição desta apreciada Crónica publicada por Alexandre Herculano, o manuscrito original conserva-se na Biblioteca Pública Municipal do Porto.

“Entre os manuscriptos da Bibliotheca Publica de Lisboa encontrámos tambem uma copia moderna da obra de Fr. Bernardo da Cruz, (...) comtudo bastante differente da que principalmente nos serviu de texto. Esta existe na Bibliotheca do Porto; e na Noticia que vai juncta a este prologo, (publicada já por nós nos nº 18 e 19 do Repositorio da Sociedade Litteraria daquella Cidade) démos cabal informaçaõ della”

 

"Fr. Bernardo da Cruz, frade da Terceira Ordem, viveu na segunda metade do século deseseis : parece ter sido conspicuo pelo seu saber, e que por esse motivo occupou vários empregos monásticos. Antes d'elle não se encontra o cargo de Capellão niór da armada; e assim é tido pelo primeiro, a quem se conferiu este titulo. Como tal embarcou-se na frota que transportou á Africa El-Rei D. Sebastião e o seu exercito, para a fatal jornada de Alcacer-quibir. De lá, ou porque escapasse da batalha, ou porque tivesse ficado a bordo da armada, voltou a Portugal, onde escreveu a Historia do reinado de D. Sebastião e de parte do governo do Cardeal D. Henrique. O logar e o anno do seu nascimento, e a epocha da sua morte, não o podemos saber: mas é certo que elle ainda vivia no tempo da usurpação de Philippe II."

 

 

 

 

 

Preço:150,00€

Referência:12298
Autor:CRUZ, Francisco Ignacio dos Santos
Título:DA PROSTITUIÇÃO NA CIDADE DE LISBOA Ou considerações históricas, higiénicas e administrativas em geral sobre as prostitutas, e em especial na referida cidade....
Descrição:

Publicações D. Quixote, Lisboa, 1984. In-8º de 363 págs. Encadernação inteira em sintético com dizeres a ouro na lombada e capa. Integrado na colecção Biblioteca de Etnografia e Antropologia.- Portugal de Perto.

Observações:

Primeiro estudo  sobre a prostituição feminina no nosso país.Aborda a história da prostituição, as classes de prostitutas, de aspectos fisiológicos e patológicos das prostitutas, dos seus costumes e hábitos, do seu número e distribuição na cidade de Lisboa, dos lugares, famílias e idades das prostitutas, das causas da prostituição, do Virus venereo, das casas públicas de prostituição (taxas, polícia, visita sanitária, distribuição das casas pela cidade, donas das casas) e legislação antiga e moderna em Portugal e no mundo.


"É inegável que o aumento da propagação do Virus venereo está na razão directa do aumento da prostituição; e também se não pode duvidar de que o exército concorre para o incremento da prostituição. É portanto o exército uma causa influente na propagação do Virus venereo; a razão e a experiência provam suficientemente qualquer dos dois princípios enunciados. Todos os escritores sobre as enfermidades dos exércitos dizem que o maior número de moléstias que se encontram nas tropas são as venéreas, e até em número superior a todas as outras. A estatística provou a um escritor que as moléstias venéreas das prostitutas sujeitas à vigilância das autoridades administrativas eram na razão de 1:3 e que eram estas muito mais graves do que as outras. Também ele assevera que, se as leis da Natureza são sempre constantes e invariáveis, também as há na ordem social com esta constância e invariabilidade; sendo uma delas que por toda a parte onde se encontram soldados reunidos em certo número, aí se encontram prostitutas. Isto se observa em todas as nações e é o que se vê entre nós apesar de todas as leis repressivas e apesar de todos os rigores da disciplina militar."

 

Preço:25,00€

Referência:13237
Autor:DAEHNHARDT, Rainer
Título:PÁGINAS SECRETAS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL
Descrição:

Edições Nova Acrópole, Lisboa,1995. Dois volumes de in-8º de 191 e 227 págs. Encadernação editorial. Ilustrado ao longo e em extra-texto.

Observações:

Esta obra é um compêndio de várias histórias, mais ou menos secretas organizado por  este historiador luso-alemão acrescentando sempre a sua análise e as fontes a que recorreu para abordar diversos casos omissos e falsas verdades da História de Portugal.

Abordam-se perguntas como, entre muitas outras:

Damião de Goes foi assassinado porque sabia demais? Houve um "Artigo Secreto" no tratado da aliança luso-britânica? A custódia de Belém esteve quase a ser derretida para cunhar moeda? O Mosteiro da Batalha foi vendido em hasta pública para servir de pedreira? Os antepassados de D. Afonso Henriques vieram do Báltico? Os lusitanos eram cristãos-arianos? Lisboetas já tinham ido aos Açores antes dos homens enviados pelo Infante D. Henrique?

Preço:45,00€

Referência:13852
Autor:DÓRIA, António Alvaro
Título:A RAINHA D. MARIA FRANCISCA DE SABOIA. (1646-1683). Ensaio biográfico
Descrição:

Livraria Civilização, Porto, 1944. In-8º de 425 págs. Br. Ilustrado em extra-texto com  retratos e uma grande "Árvore Genealógica" desdobrável de D. Maria Francisca. Inserido na colecção "Biblioteca Histórica - Série Régia". Miolo com alguns picos de acidez.

 

Observações:

“O presente ensaio não pretende, de modo algum, ser um estudo biográfico completo àcêrca da Rainha que foi mulher de dois Reis; é, sobretudo, uma contribuição para a biografia de D. Maria Francisca, que tencionamos escrever quando a situação da Europa se normalizar e pudermos, por isso, forragear, em Paris e em Londres, os materiais abundantes ali existentes e que nos faltam agora"

Preço:15,00€

Referência:13768
Autor:DULAC, Antonio Maximino
Título:GENUINA EXPOSIÇÃO DO TREMENDO MARASMO POLITICO EM QUE CAHIO PORTUGAL, COM DESENGANADA INDICAÇÃO DOS UNICOS REMEDIOS APROPRIADOS Á SUA CURA RADICAL. Dedicada aos verdadeiros amigos do bem publico. Tomo I e Tomo II
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa, 1834. Dois tomos num volume só de in-8º de 219-(4) e 206-(6) págs. Encadernação meia inglesa em pele já cansada com dizeres a ouro na lombada. Sem capas de brochura.

PRIMEIRA EDIÇÃO

RARO

Observações:

 Obra onde António Maximino Dulac, Oficial da Secretaria de Estado dos Negócios do Reino, e natural de França, analisa o declínio da situação política e económica de Portugal, usando para tal a comparação de Portugal com outros países europeus e tentando encontrar uma "cura" para o estado da nação. O autor faz um estudo exaustivo  da economia, história, agricultura e da politica portuguesa. No segundo volume aborda os árabes na Península Ibérica, dando ênfase ao reino de Abdullah (855-912) e Abd-ar-Rahman III (889-961). 

Preço:90,00€

Referência:13440
Autor:EMÉRICO, Nicolau
Título:O MANUAL DOS INQUISIDORES
Descrição:

 Edições Afrodite. Fernando Ribeiro de Melo, Lisboa, 1972. In-8º de 325-(3) págs. Br. Frisos ilustrativos de: Eduardo Batarda; Carlos Ferreiro; Nuno Amorim e Diogo Vieira. Arranjo gráfico do volume de José Marques de Abreu.

 

Observações:

Obra muito interessante sobre a Inquisição com tradução e recolha de textos de Manuel João Gomes e comentários de Manuel João Gomes, Fernando Luso Soares, D. António Ferreira Gomes, Francisco Salgado Zenha e do Padre José da Felicidade Alves.

 

Nota de introdução:

"Neste volume se divulgam alguns textos fundamentais para o estudo da Instituição Inquisitorial. Na base está o texto do Manual dos Inquisidores, cuja primeira edição impressa é de 1578 (mas que dois séculos antes já célebre e celebrado) e se nos apresenta como o que há de mais importante em toda a literatura jurídica que vigorou na Península. Inicialmente é fruto do trabalho de Frei Nicolau Emérico (1320 – 1399) da Ordem dos Pregadores e grande Inquisidor de Aragão, onde conseguiu fama de grande competência no assunto e onde começou a construir o seu Directorium Inquisitorium, obra inesgotávelmente exaustiva: as sucessivas quatro edições do Directorium provam quanto ele era útil e utilizado.
Directamente da penúltima edição (1607) se seleccionaram e traduziram os textos que vão na 2.ª parte deste volume e pretendem dar uma ideia, quanto possível completa, do código criminal em questão.
Quanto a este primeiro texto, necessário se torna dizer o seguinte: é a nossa versão de um texto francês com a data de 1702¹, com esta história: tendo o Marquês de Pombal, com a ajuda da Inquisição Portuguesa (na mão dos Dominicanos) feito executar um jesuíta de nome Padre Malagrida, resolveram os jesuítas franceses (então ideológicos inimigos dos dominicanos jansenistas) provar a injustiça do acórdão que levou à fogueira o confrade. Fizeram-no, socorrendo-se do texto, do Directorium Inquisitorium de Emérico, que reescreveram resumindo e à sua maneira, para servir fins evidentemente polémicos.
Isso explicará a forma que este Manual apresenta: é um Abrejé que inventa a sua forma própria, ora transcrevendo, ora citando, ora rodeando e adaptando a escrita do dominicano Emérico. Evita-se o tom canonista da edição, espanhola, em proveito de uma forma mais explicativamente didáctica. O autor francês fará mesmo a omissão de certos assuntos; há muitas reticências a até a ausência de referências a capítulos inteiros. Sem falarmos das adaptações bastante livres de muitas expressões típicas, como se pode concluir da comparação de trechos."

 

Preço:35,00€

Referência:13050
Autor:ESPARTEIRO, António Marques
Título:O ALMIRANTE MARQUÊS DE NISA
Descrição:

Parceria António Maria Pereira, Lisboa, 1944. in-4º de  436 págs. Br. Ilustrado em extra-texto. Apresenta alguns picos de acidez. Cadernos por abrir.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

“O ALMIRANTE MARQUÊS DE NISA” constitui uma obra de interesse para todos quantos se interessam pela nossa História náutica em particular ou ainda pela História de Portugal e da Europa em geral.
Realça os feitos heróicos daquele que foi uma das maiores glórias da Armada Portuguesa, D. Domingos Xavier de Lima, vulgarmente conhecido por Almirante Marquês de Nisa.

Preço:38,00€

Referência:13102
Autor:ÉVORA, André Rodrigues de
Título:SENTENÇAS PARA A ENSINANÇA E DOUTRINA DO PRÍNCIPE D. SEBASTIÃO
Descrição:

Edição do Banco Pinto & Sotto Mayor, Lisboa, s/d. In-4.º de 28-87-(1) págs. Encadernação inteira em sintético vermelho, com dourados nas pastas e lombada. Exemplar como novo.
Edição fac-similada reproduzindo a cores o manuscrito, belamente iluminado, inédito da Casa do Cadaval.

Observações:

Magnífico "fac-simile" do "manuscrito iluminado de André Rodrigues de Évora, realizado por ocasião do nascimento do príncipe D. Sebastião.
É uma compilação de 659 máximas relativas ao estado e à condição de príncipe, as Sentenças constituem um verdadeiro regimento para a formação do perfeito soberano,onde se reúnem sentenças de sábios, filósofos, doutores da Igreja e historiadores antigos, que Rodrigues de Évora dedica ao príncipe recém-nascido para que este possa, mais tarde, imitar o bom governo dos seus antepassados.
Introdução de Luís de Matos.

Preço:50,00€

Referência:13700
Autor:FIGUEIREDO, Francisco Coelho de
Título:AGRADECIMENTO DE HUM HOMEM A MEMORIA DE OUTRO HOMEM VIRTUOSO, SÁBIO E FILÓSOFO
Descrição:

Na Impressão Regia, Lisboa, 1816. In-8º de 44 págs. Não conserva capas de brochura. Encadernação antiga em papel marmoreado. Exemplar que pertenceu a Eugénio de Castro ostentando a sua assinatura. Segundo Inocêncio este panfleto teve uma tiragem restrita de 150 exemplares.

RARO.

Observações:

Folheto com a biografia de  Pedro José da Fonseca, professor na corte de D. José e membro fundador da Academia Real das Ciências de Lisboa. Segundo Inocêncio "Os unicos esclarecimentos biographicos, que até agora existem impressos ácerca d'este laborioso professor e distinctissimo philologo, constam de um folheto que pouco tempo depois da sua morte se publicou com o titulo: Agradecimento de um homem à memoria de outro homem virtuoso, sabio e philosopho'.

Preço:45,00€

Referência:13892
Autor:FONSECA, Augusto d’Oliveira Cardoso
Título:OUTROS TEMPOS OU VELHARIAS DE COIMBRA 1850 a 1880.
Descrição:

Livraria Tabuense de Francisco Antunes, Lisboa, 1911. In-8º de 208 págs. Encadernação em tela com dizeres a ouro na lombada. Sem capas de brochura.

PRIMEIRA EDIÇÃO
INVULGAR

Observações:

Livro muito interesssante sobre Coimbra com capítulos  variados com muita curiosidade e interesse. Contém numerosas referências a escritores portugueses.

Do índice destacamos: Os antigos theatros de Coimbra; O Dr. Joaquim dos Reis, o "Pomposo"; Antonio Feliciano de Castilho em Coimbra; Assassinato do Lázaro; Adriano Marques, o "Lord Manteiga"; O Dr. António Jardim; As jornadas antes da mala-posta; Santo António dos Olivaes; A entrudada de 1854 e o "Lima Valentão"; Hospital dos Lázaros; O D. Vicente Seiça; Alexandre Herculano e o poeta Rozendo; Espectaculos diversos; As antigas hospedarias; Antonio Francisco Barata; O Padre «Patulêa»; De Coimbra á Figueira da Foz ou o Luso; A ponte do Ó; O Fortunato "Boi"; Um passeio de três dias em 1872 [Espariz, por Santa Comba Dão, na estrada da Beira]; A feira de S. Bartholomeu; Um passeio em 1875 [Côja, estrada da Beira]; As antigas cadeias de Coimbra; O convento de S. Francisco da Ponte e o mosteiro de Santa Clara; O "Gata pellada" e o "Nós cá os lentes"; Os irmãos "Punnas".

 Inocêncio XXII, 479. “Nasceu em Coimbra em 1842. Escrivão de direito em diversas comarcas do continente e depois em S. Tomé, terceiro oficial do Ministério das Colónias, cargo que exerceu atè a data do seu falecimento em 1917. Deixou inédita uma colecção de versos e outros trabalhos incompletos”.

Preço:20,00€

Referência:13107
Autor:FREIRE, João Paulo (MARIO)
Título:FOGOS-FÁTUOS
Descrição:

Edição da Renascença Portuguesa, porto, 1923. In-8º de 173-(1) págs. Encadernação moderna inteira de sintético castanho, conservando as capas de brochura com ligeiro restauro. Amarelecimento geral do papel, dada a sua fraca qualidade.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Curioso livro que trata de "Alguns problemas nacionais à margem... da política" (primeira parte) e de "Documentos para a História do Movimento Revolucionário do 19 de Outubro" (segunda parte do livro)

"Tudo quanto se coordenou neste volume sob a rubrica geral de Fogos-Fátuos veio publicado no diário lisbonense A Imprensa da Manhã. Pareceu-me conveniente arquivar em livro as duas partes deste volume. A primeira porque dizendo respeito a melhoramentos e iniciativas nacionais mais facilmente pode ser consultada pelos que a estas ninharias dedicam a sua inteligência e o seu esforço, tão inútil perante a contra-maré imbecil das massas; a segunda porque constituindo por si mesma uma série de interessantíssimos depoimentos para a desgraçada história do movimento revolucionário de 19 de Outubro de 1921, à História pertence e como tal a ela é devida, exactamente como o calhau bruto e informe faz parte do edifício que se constrói."

Preço:25,00€

Referência:12446
Autor:GALVÃO, Duarte
Título:CRÓNICA DE D. AFONSO HENRIQUES Com notas e glossário de José de Bragança.
Descrição:

Portugalia Editora, Lisboa, s.d. In-8º de 309-(3) págs, Br. Cadernos por abrir. assinatura de posse.

Observações:

Crónica de D. Afonso Henriques escrita por Duarte Galvão, secretário de Afonso V, de D. João II, de quem foi também conselheiro, e de D. Manuel I às ordens de quem cumpriu também funções de cronista como se depreende por este seu trabalho.

Notas e glossário de José de Bragança.

 

Preço:23,00€

Referência:13647
Autor:JUNIOR, Martins
Título:OPRESIDENTELANDRÚNAREPUBLICADACALABRIA
Descrição:

J.Rodrigues & Cª,Lisboa, 1927. In-8.º de XVI-660 págs. Br. Ilustrado com um retrato do autor. Capas e brochura empoeiradas.

Segunda Edição.

INVULGAR.

Observações:

Obra polémica escrita por um radical onde ele  critíca os políticos da Primeira República  e especialmente António Maria da Silva. É de notar também que  o autor, nascido em Abrantes, não deixa de referir a sua terra e o respectivo ambiente na época.

"Declaramos  que  este  livro  foi  escrito  pelo  seu  autor durante a "dinastia" do sr. Antonio Maria da Silva e que, de então para cá, ele não foi alterado, uma virgula sequer, no que estava produzido. Fazemos  esta  declaração  para  que  os  mal  intencionados  não  digam  que  a  violencia  da  linguagem contra os "do Landrú", fôra feita depois dele haver cahido. Este  livro  estava  concluido  no dia 31 de Maio de 1926".

Preço:25,00€

Referência:13586
Autor:LE CHEVALIER D'OLIVEYRA
Título:DISCOURS PATHÉTIQUE AU SUJET DES CALÁMITES PRÉSENTS, ARRIVÉES EN PORTUGAL
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1922. IN. 8.º de 118 págs. Encadernação meia inglesa em pele com dizeres e florões a ouro na lombada artisticamente decorada. Conserva capas de  brochura. Exemplar duma tiragem especial de 150 exemplares, numerados e rubricados por Joaquim de Carvalho. Papel mais encorpado do que a tiragem normal e por aparar.

Observações:

Obra que aborda o Terramoto de Lisboa de 1-1-1755 e onde o autor aproveita para atacar a Religião Católica, ao mesmo tempo que dizia que fora um castigo divino. Esta  edição encerra também uma notíca de bibliográfica pelo Dr. Joaquim de Carvalho.

"A presente edição é cópia da edição dita fac-simile que o bibliógrafo e estudioso da obra do Cavaleiro de Oliveira, Joaquim de Araújo, fez imprimir no Porto, em 1893"

Do prefácio:

 

Tanto do opúsculo, que não sabemos onde se guarde um exemplar, como do Discours são bem ténues os sinais da sua repercussão no campo mais sereno das ideias. Não seria acaso uma réplica a impressão da tradução da obra do capuchinho Fr. Norberto, feita pelo culto estrangeirado, o físico João Jacinto de Magalhães: A fé dos catholicos: obra dirigida a instruir e confirmar na sua crença os catholicos, e mostrar aos que o não são que não têem razão alguma para os accusar de que vivem errados, ... Escripta pelo abbade Platel e traduzida do francez. Lisboa, 1763?

Que o Discours era absolutamente contrário à mediana mentalidade e cultura do séc. XVIII em Portugal, não é para surpreender. Desde o sentimento religioso, exacerbado com o terramoto, às ideias políticas que orientavam o Estado; desde a estrutura mental e moral da época, cimentada numa tradição de intolerância e purificação, ao tom, por vezes jocoso ou irreverente, e quase sempre panfletário do Discours —, tudo concorria para a repulsa com que foi recebido e para a conspiração de silêncio, verdadeiramente tumular, que em seu torno se fez.

Obra de sinceridade, o leitor atento nela pode encontrar aspetos interessantes do espírito de seu autor, definido no geral pelas Cartas, e, de par com algumas notícias autobiográficas, um ou outro facto não desprovido de valor para a história das ideias em Portugal.

Abril de 1922.

Preço:40,00€

Referência:12578
Autor:LOBO, A. de Sousa Silva Costa
Título:HISTÓRIA DA SOCIEDADE EM PORTUGAL NO SÉCULO XV
Descrição:

Edições Rolim, Lisboa, 1984. In-8º de 602-(1) págs. Br. Integrado na colecção "Raizes". Fac-símile. da edição origial de 1903.

Observações:

Fac-símile de um estudo muito importante, com prefácio de José Mattoso, onde o autor iniciar um novo estilo de história,ao integrar  aspectos económicos, sociais, e geográficos para além dos políticos.

População - Aspecto geral do paiz e do seu estado social - Peso e medidas - Moeda - Os haveres individuais.

Preço:20,00€

Referência:13740
Autor:LOBO, António Costa
Título:HISTÓRIA DA SOCIEDADE EM PORTUGAL NO SÉCULO XV
Descrição:

Edições Rolim, Lisboa, S/d. In-8º de XXIX-602 págs.Br. Facsímile. da edição da Imprensa Nacional, 1903.

Observações:

Facsímile da obra de Costa Lobo com um prefácio de José Mattoso.

ADVERTÊNCIA

O presente volume contém a primeira secção de uma  Historia Social de Forfiajal no século xv, em que trabalhamos.

No organismo da sociedade, como elle se achava  constituído durante este século, o ultimo da idade média, operaram-se, logo nos princípios do subsequente, radicaes alterações, as quaes se não podem entender sem o conhecimento do estado anterior: o exame d'este é, portanto, uma introducçào indispensável á historia da idade moderna. Era sobre o século xvi que tencionávamos escrever: a necessidade obrigou-nos a remontar ao precedente.

Na sequencia da narrativa occorrerá menção de um ou outro facto, que não se documenta por ter de ser desenvolvido em outra secção, onde será devidamente  auctorizado. Nenhum, porém, asseveramos, sem haver
previamente colligido as provas da sua exactidão. Após esta. que é destinada a apresentar um conspecto
genérico da sociedade, e, juntamente, certos factos fundamentaes da sua vida económica, o objecto de cada secção será uma condição social distincta: mas, naturalmente, são todas mais ou menos interdependentes.

Preço:19,00€

Referência:12461
Autor:LOBO, Francisco Miranda da Costa
Título:O CONSELHEIRO JOSÉ LUCIANO DE CASTRO E O SEGUNDO PERÍODO CONSTITUCIONAL MONÁRQUICO
Descrição:

O Instituto, Coimbra, 1941. In-8º de 266-(5) págs. Br. Capas de brochura com alguns picos de acidez.

INVULGAR.

Observações:

Interessante estudo sobre os anos finais da monarquia portuguesa, vista sob o prisma do papel  de José Luciano de Castro, que  foi um dos políticos mais representativos do liberalismo constitucional português, nesses mesmo anos. Em quase 60 anos de carreira passou por todos os degraus da carreira política: como deputado, ministro, chefe de um dos principais partidos, membro do Conselho de Estado, presidente do Governo e par do reino.

Preço:26,00€

Referência:13456
Autor:LOPES, Iorze
Título:DIREITOS, BENS E PROPRIEDADES DA ORDEM E MESTRADO DE AVIS nas suas três vilas de Avis, Benavila e Benavente e seus termos " Tombo feito pelo Ldº Iorze Lopes: Año 1556
Descrição:

Arquivo Histórico do Ministério das Finanças, Lisboa, 1950-1953. In-4º de 475-(1) págs. Br. Capas de brochura com picos de acidez. Miolo com alguns sublinhados a lápis.

Observações:

Transcrição de um manuscrito inédito, escrito em 1556,  aquando do levantamento de todos os direitos, bens e propriedades da Ordem e Mestrado de Avis. Para além de ser um documento de grande interesse histórico está valorizado pela interessante introdução de José da Cunha Saraiva.

Preço:42,00€

Referência:12898
Autor:MACEDO,Jorge Borges de
Título:A SITUAÇÃO ECONÓMICA NO TEMPODE POMBAL
Descrição:

Gradiva, Lisboa, 1989. In-8.º de 253 págs Br. Ilustrado ao longo texto e em extra-texto com quadros de dados.

 

Observações:

Obra de referência sobre o governo e o tempo do Marquês de Pombal que inclui em anexo vários documentos tais como: Tabelas do sabão distribuído em Portugal entre 1769 e 1770; Lista das fábricas instaladas, com participação da Junta do Comércio, durante a sua existência até à Reforma de D. Maria I, por ordem alfabética dos géneros fabricados, entre outros.

Preço:20,00€

Referência:13861
Autor:MAIA, Francisco de Ataíde Machado de Faria e
Título:NOVAS PÁGINAS DA HISTÓRIA MICAELENSE- 1832-1895 (Subsídios para a História de S. Miguel)
Descrição:

Edição de autor, Ponta Delgada, 1948. in-4º de 324-(8) págs. Br. Capas empoeiradas Miolo com leves picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra muito importante sobre a história política dos Açores do século XIX, sobre o sucesso e do progresso da ilha de São Miguel governada pelos seus próprios habitantes que conseguem impor ao governo central a legislação autonomista de 1895.

Preço:32,00€

Referência:12582
Autor:MARQUES, A. H. de Oliveira
Título:GUIA DO ESTUDANTE DE HISTÓRIA MEDIEVAL PORTUGUESA
Descrição:

Editorial Estampa, Lisboa, 1988. In-8º de 294 págs.Br.

Observações:


Obra de grande valor para o estudo da História Medieval Portuguesa pois trata-se de uma vastíssima bibliografia comentada de um modo claro e pedagógico.
"Carecia o nosso estudante (...) de um manual pequeno e acessível, que lhe desse notícia das principais fontes e estudos publicados, o pusesse em face dos problemas fundamentais a tentar resolver e o iniciasse nas fainas árduas e tao aparentemente herméticas da investigação."

Preço:16,00€

Referência:13049
Autor:MARTINS, Mário
Título:GUIA GERAL DAS HORAS DEL-REI D. DUARTE
Descrição:

Edições "Brotéria", Lisboa, 1982. In-8º de 256 pags.Br. Ilustrado em extra-texto com fac-similes de páginas iluminadas do Livro de Horas de D. Duarte.

SEGUNDA EDIÇÃO.

Observações:


Obra destinada a orientar a leitura  do Livro de Horas de D. Duarte e que também serve de "chave para abrir as portas fechadas de outros livros do mesmo género". ensinando-nos para tanto «a distinguir um Livro de Horas dum simples breviario (...) a situa-lo no  tempo e no espaço por meio de elementos seguros, a fixar o núcleo essencial das Horas,  sua evolução e crescimento, c a avaliar a sua importância para a historia da poesia medieval, não só em latim, mas também em romances."

Preço:23,00€

Referência:13874
Autor:MATTOSO, José
Título:RICOS-HOMENS, INFANÇÕES E CAVALEIROS a Nobreza Medieval Portuguesa nos Séculos XI-XII.
Descrição:

Guimarães & Cª Editores, Lisboa, 1985. In. 4º de 286-(1) págs. Br. Integrado na colecção "História e Ensaios".

 

Observações:

Da Badana:

"A nobreza portuguesa tem sido, entre nós, mal definida pelos historiadores, tanto nos seus aspectos globais, como na sua composição interna. O presente estudo, dirigido a um público instruído, mas não especialistas, pretende ao mesmo tempo resolver estes problemas e dar a conhecer a origem das mais antigas famílias nobres do nosso País, situando-as claramente no espaço e no tempo, mas sem referências eruditas desnecessárias."

Preço:18,00€

Referência:13265
Autor:MENDANHA, Victor
Título:HISTÓRIA MISTERIOSA DE PORTUGAL
Descrição:

Editora Pergaminho, Lisboa, 1995. In-8º de 366-(2) págs. Br. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

Livro muito curioso que aborda temas insólitos na história de Portugal, encerra capítulos sobre  as verdadeiras razões que o Infante de Sagres tinha para querer contactar o Preste João; Bandarra não errou nas suas profecias e D. Sebastião regressará no início do próximo milénio; as provas de que Camões pertenceu à organização iniciática dos Iluminados; um arquitecto português viu a Atlântida e desenhou os edifícios do continente perdido, entre muitos outros.

Preço:23,00€

Referência:13302
Autor:MONTE ALVERNE, Frei Agostinho
Título:CRÓNICAS DA PROVÍNCIA DE S. JOÃO EVANGELISTA DAS ILHAS DOS AÇORES
Descrição:

Instituto Cultural de Ponta Delgada, Ponta Delgada, 1960-1962. Três volumes de 145,520 e 336 págs. Br.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Uma das principais referências da historiografia  açoriana, este manuscrito esteve inédito, por quase três séculos sendo esta a sua primeira ediçao.

Nestes três volumes  ele aborda não só a descoberta das ilhas de S. Miguel e Santa Maria como também da criação de suas vilas e cidades, ermidas, freguesias,  fundação de seus conventos, mosteiros e do estado dos conventos e mosteiros, entre outros assuntos.

Preço:60,00€

Referência:13766
Autor:MOTA, Francisco Teixeira da
Título:ALVES REIS - UMA HISTÓRIA PORTUGUESA
Descrição:

Contexto Editora Lda, Lisboa, 1996. In-8.º de quatro volumes com 103, 94, 79 e 99 páginas respectivamente. Br.
Profusamente ilustrados.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Biografia exaustiva de Alves Reis que com apenas 22 anos conseguiu o lugar de director na Companhia dos Caminhos-de-Ferro de Moçâmedes. e quando regressa a Lisboa compra uma empresa ferroviária em Angola com um cheque sem cobertura. Preso por dois meses, engendra a maior burla que Portugal conheceu: a falsificação de dois milhões de notas de 500$00 que serão injectadas em Angola!  É  constituída por quatro volumes com os seguintes títulos: A Paixão por Angola; E as notas que fizeram-se dinheiro; O sonho desfeito e O julgamento final.

Preço:30,00€

Referência:12715
Autor:NABAIS, António J.
Título:HISTÓRIA DO CONCELHO DO SEIXAL I- CRONOLOGIA
Descrição:

Edição da Câmara Municipal do Seixal, Seixal, 1982. In-8.º de 143 págs. Br. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

"Esta cronologia pretende oferecer uma leitura breve de alguns aspectos históricos do concelho do Seixal, situados no ocntexto histórico do País. (...) É um trabalho que resulta da pesquisa do Grupo de Apoio para o Levantamento Histórico e Cultural do Município do Seixal, dos elementos fornecidos pelos Núcleos de dinimização para a defesa do património , existentes nas Juntas de Freguesia, da colaboração do Padre Duarte Teixeira, pároco de Paio Pires e da amável ajudante, na revisão final do texto, do munícipe Fernando António Baptista Pereira, assitente da Faculdade Letras de Lisboa."

Preço:16,00€

Referência:12770
Autor:NOBRE, Eduardo
Título:CASA REALFotografias, Documentos, Manuscritos, Memorabilia
Descrição:

Quimera Editores Lda, Lisboa, 2003.In-4º de 238 págs. Encadernação editorial com sobrecappa. Profusamente ilustrado ao longo do texto.

 

Observações:

Obra que  "reúne fotografias raras que retratam personagens e fixam momentos fulcrais da história de Portugal. Documentos, manuscritos e autógrafos inéditos constituem uma amostra representativa da correspondência da Família Real, revelando emocionantes pormenores de carácter pessoal, familiar e público. Um conjunto de objectos de memorabilia destaca a representação de retratos de reis e príncipes portugueses, em suportes tão variados quanto o papel recortado, o vidro pintado, a faiança ou mesmo a fotografia aguarelada numa jóia de valor. Valioso – pela extensão, variedade e raridade – é também um conjunto de impressos da Casa Real, com destaque para convites e menus, alguns de casas reinantes europeias e que testemunham acontecimentos a que assistiram membros da Família Real portuguesa. Texto e imagem são o guia para uma fascinante viagem ao passado."

Preço:30,00€

Referência:13678
Autor:NORONHA, Eduardo
Título:PINA MANIQUE O Intendente de antes quebrar... (Costumes banditismo e policia no fim do século XVIII, princípios do século XIX.)
Descrição:

Livraria Civilização, Porto, 1923. In-8º de 320 págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto.  Ostenta uma dedicatória não autógrafa. Capas e miolo com alguns picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Biografia de  uma personagem central do absolutismo português do século XVIII, que se tornou o homem de mão do Marquês de Pombal e que no reinado de D. Maria ascendeu  ao cargo de Intendente Geral da Polícia.

 

Preço:17,00€

Referência:13713
Autor:OLAVO, Carlos
Título:JOÃO DAS REGRAS - JURISCONSULTO E HOMEM DE ESTADO
Descrição:

Livraria Editora Guimarães & C.ª, Lisboa, (1941). In-8.º de 278(7) págs. Br. Cadernos p

or abrir.

Observações:

Obra sobre a crise de 1383-1385 e o papel determinante de João das Regras na aclamação do Mestre de Avis como novo rei, D. João I, figura que começa uma nova dinastia. Numa época de crise nacional e internacional, Carlos Olavo procurava na História o exemplo capaz de iluminar o presente e contribuir com a adequada solução para essa crise.

"Este livro não é um livro de história, embora os factos que refere sejam rigorosamente históricos. A minha preocupação foi reconstituir, com tôda a possível verdade, a figura de João das Regras que se encontra dispersa, em bocados incaracterísticos, nos compêndios e nas crónicas e a quem se deve, mais do que uma obra política ou legislativa, uma obra de salvação nacional."

Preço:19,00€

Referência:12391
Autor:OLIVEIRA, João Brazão d'
Título:NARRATIVAS NAVAES
Descrição:

Typographia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, 1908. In. 8.º de 410-(1) págs. Encadernação meia inglesa com lombada em sintéctico azul.

INVULGAR.

Observações:

"Escreveram-se estas Narrativas especialmente para leitura das guarnições dos navios de guerra portuguezes: Não é um livro destinado à escola primaria mas sim para depois de saberem ler aproveitarem algum tempo de folga do serviço, em leitura, que se relacione com a sua profissão; que lhes fale da Historia da Marinha, e dos feitos dos Marinheiros; que as inicie na tradição da Armada...Intimamente ligada com a Historia de Portugal está a Historia da sua Marinha. "

Preço:30,00€

Referência:13100
Autor:PESSOA, Alfredo Amorim
Título:OS BONS VELHOS TEMPOS DA PROSTITUIÇÃO EM PORTUGAL
Descrição:

Arcádia Editora, Lisboa, 1976. In-8.º de 248 págs. Br. Integrado na Colecção Curiosa.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

Antologia de histórias e documentos colhidos na História da Prostituição em Portugal de Alfredo Amorim Pessoa (1887), com  selecção e anotações de Manual João Gomes onde ele  denuncia a  "trafulhice" e a leviandade de Alfredo Amorim Pessoa.

 

Preço:25,00€

Referência:13254
Autor:PIMENTA, Alfredo
Título:IDADE-MÉDIA (Problemas&Soluçoens) Por... Académico de número da Academia Portuguesa da HistóriaImportante colectânea de 23 estudos históricos.
Descrição:

Edições Ultramar, Lisboa, 1946. In-8º de XVI-(3)-397-(1) págs. Br. Capas de brochura com picos de acidez. Valorizado pela dedicatória autógrafa ao Professor Doutor Cabral Moncada.

Observações:

Importante colectânea de 23 estudos históricos. Com uma vasta e útil "Táboa de nomes de pessoas".

Encerra capítulos como "O termo de Braga em 572", "A cathedral mozárabe de Coimbra, no séc. XI”, "A palavra
Hispania nos documentos medievais", "Anotações ao tomo IV da História de Portugal de Gonzaga de Azevedo",  "Cargos  na  Côrte  de  D.  Affonso  I",  "Ainda  a  batalha  de  Ourique",  "Reis  dos Portugaleses", "Pedro  Affonso, bastardo de D. Affonso I", "A Santa Verónica da Collegiada de  Guimaraens",  "O  Foral  de  Figueiró  dos  Vinhos",  "O  Foral  de  Pena  Ruiva  e  o  de  Villa Franca", "A eleição dos Papas no séc. XI", "A crise de 1383-1385", "As trégoas de Monção em 1389", "Os testamentos do Infante D. Henrique", "Quando chegou a Lisboa a notícia do descobrimento da Índia", "As Ilhas dos Açores",
entre outros.

Preço:25,00€

Referência:12451
Autor:PORTOGAL, Pedro de
Título:COPLAS
Descrição:

Josep Porter, editor, Barcelona, 1948. In-fólio de V-68 páginas inumeradas. Ilustrado com uma gravura que reproduz um  retrato do autor. Exemplar nº 30 duma tiragem limitada a 75, impressos a duas cores em papel artesanal de gramagem superior, com esmerado apuro gráfico. Pequena assinatura de posse do poeta José Osório de Oliveira.

 

PRIMEIRA EDIÇÃO facsimilada.

MUITO RARO.

Observações:

Fac-simile das “Coplas del Contempto del Mundo” escritas por  D. Pedro de Portugal ou D. Pedro de Avis , filho de D. Pedro, Infante de Portugal e Duque de Coimbra, foi 5.º Condestável de Portugal e 5.º Administrador da Ordem de Avis. Foi  Conde de Barcelona e Rei de Aragão, Sicília, Valência, Maiorca, Sardenha e Córsega.
Esta obra está escrita em verso de arte maior e combina o tom doutrinal com o cultismo.

 

Preço:75,00€

Referência:13772
Autor:REMEDIOS, Mendes dos
Título:MOEDAS ROMANAS da Bibliotheca de Coimbra
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1905. In-8º de 74 págs. Br.  Capas de brochura amarelecidas pelo tempo.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Catálogo da importante colecção de moedas romanas existentes na secção de Numismática da Biblioteca da Universidade de Coimbra, escrita por Mendes dos Remédios  a quem se deve a organização dessa mesma colecção. De salientar a exaustiva introdução escrita pelo autor.

Preço:32,00€

Referência:13637
Autor:RIBEIRO, José Vitorino
Título:A IMPRENSA NACIONAL DE LISBOAsubsídios para a sua história 1768-1912. Memória premiada em primeiro lugar no concurso aberto em 27 de Junho de 1912.
Descrição:

Imprensa Nacional de Lisboa, Lisboa, 1912. In-4º com X-176-(1)págs. Encadernação meia francesa em chagrin com dizeres e florões na lombada. Livro impresso em papel de qualidade superior.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Invulgar.

Observações:

História muito exaustiva da Imprensa Nacional de Lisboa que hoje é a  Imprensa-Nacional Casa da Moeda.

Da introdução:

"Como é mais ou menos do conhecimento de todos, deve-se à fecundíssima iniciativa do grande estadista Marquês de Pombal - como tantas outras medidas de elevado alcance social, económico, artístico, industrial ou scientífico, que antes e depois promulgara e fizera executar - a criação da Imprensa Nacional de Lisboa, que primitivamente se denominou Impressão Régia ou Régia Oficina Tipográfica."

Preço:75,00€

Referência:13004
Autor:ROQUE, Mário da Costa
Título:AS PESTES MEDIEVAIS EUROPEIAS E O "REGIMENTO PROUEYTOSO CONTRA HA PESTENENÇA" (Lisboa, Valentim Fernandes -1495-1496) - TENTATIVA DE INTERPRETAÇÃO À LUZ DOS CONHECIMENTOS PESTOLÓGICOS ACTUAIS
Descrição:

Fundação Calouste Gulbenkian, Paris, 1979. In-8.º de XVIII-527 págs. Br. Cadernos por abrir.

Observações:

Extenso e completo estudo sobre esta obra escrita por volta de 1496 em Portugal.
O Regimento Proveitoso contra a Pestenença é um pequeno incunábulo impresso na última década do século XV em Lisboa, por Valentim Fernandes. Traduzido por Frei Luís de Rás de um original latino (Regimen Pestilentiæ), da autoria de Johannes Jacobi, médico do papa Urbano V e do rei Carlos V de França, o seu objectivo era instruir os leitores para a melhor forma de prevenir a peste e tratá-la.

Preço:38,00€

Referência:13236
Autor:SABOYA, Salvador
Título:EPISÓDIOS E ANEDOTAS DA HISTÓRIA DE PORTUGAL contados por.... e ilustrados por Rocha Vieira
Descrição:

Edição do autor, Lisboa, 1938. In-8º de 193-(3) págs. Br. Profusamente ilustrado ao longo do texto.

Observações:

Livro muito curioso sobre factos e anedotas da História de Portugal.

Preço:12,00€

Referência:13000
Autor:SALGADO, Plínio
Título:O CONCEITO CRISTÃO DA DEMOCRACIA
Descrição:

Edições Estudos, Coimbra, 1945. In-8.º de 167(4) págs. Encadernação meia inglesa com lombada em pele.
Conserva capas de brochura.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra do fundador do Integralismo Brasileiro e que  encerra  os seguintes temas: O mito científico; Materialismo negativista; Teoria prática do Neo-Marxismo; O Estado Totalitário Nacionalista; Estado, Governo e Povo.

Preço:13,00€

Referência:13842
Autor:SANDE E CASTRO, António Paes de
Título:ANTÓNIO PAES DE SANDE o grande governador
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1951. In-8º de 225-(3) págs. Br. Capas de brochura com alguns picos de acidez. Ilustrado em extra-texto.

 

Observações:

Biografia de António Pais de Sande, administrador colonial português do século XVII que participou nas campanhas da Restauração e foi governador de Monção e provedor das Armadas do Reino.

Preço:30,00€

Referência:13753
Autor:SILBERT, Albert
Título:DO PORTUGAL DE ANTIGO REGIME AO PORTUGAL OITOCENTISTA
Descrição:

Livros Horizonte, Lisboa, 1972. In-8º  297 págs. Br. Integrado na colecção "Os Nossos Problemas Para a História de Portugal e Brasil" dirigida por Vitorino Magalhães Godinho. Alguns sublinhados a lápis.

Observações:

Colectânea de artigos que aborda aprofundadamente a problemática das estruturas económicas e sociais  portuguesas  das  primeiras  décadas  do  século  XIX.   

Preço:25,00€

Referência:12945
Autor:SILVA,Andrée Mansuy-Diniz
Título:PORTRAIT D'UN HOMME D'ÉTAT: D. Rodrigo de SouzaCoutinho, Comte deLinhares 1755-1812 Vol. I les années de formation 1755-1796
Descrição:

Centre Culturel Calouste Gulbenkian, Paris, 2002. In-4º de 722 págs. Br. Ilustrado em extra-texto.

Observações:

 Estudo exaustivo sobre a vida e obra  de Dom Rodrigo de Souza Coutinho, um dos maiores estadistas portugueses do final do século XVIII. Este volume aborda a sua educação e os primeiros anos de formação política em Turim, onde permaneceu por quase vinte anos como ministro plenipotenciário na Corte do Piemonte. Durante esse tempo, observou os sistemas políticos das principais nações européias e formulou as bases do seu pensamento reformista, discutindo temas polêmicos como a tolerância religiosa, o combate ao ócio e a reforma fiscal e jurídica.

Preço:20,00€

Referência:12701
Autor:SILVA, Beatriz Bastos da
Título:CRONOLOGIA DA HISTÓRIA DE MACAU
Descrição:

Direcção dos Serviços de Educação, Macau, 1992-1995. # volumes de 198, 216 e 467 págs. Br. Apenas os 3 primeiros volumes desta obra. Profusamente ilustrados ao longo do texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra monumental que percorre 500 anos de relações luso-chinesas, fundamental  para o ensino e para a investigação sobre Macau e segundo a autora “É uma obra que vai alargar o conhecimento da História de Macau, não só a estudiosos que dali partirão para outros voos, como para pessoas comuns, naturais de Macau, que visitam Macau e até, como vou lançá-la mais tarde em Portugal, será de muito boa informação para quem nunca saiu de Portugal e não conhece Macau ou para quem já tem saudades de Macau por cá ter vivido”

 

Preço:30,00€

Referência:13355
Autor:SOARES, Torquato de Sousa
Título:CONTRIBUIÇÃO PARA O ESTUDO DAS ORIGENS DO POVO PORTUGUÊS
Descrição:

Universidade de Luanda, Sá da Bandeira,  1970. In-8º de 216 págs. Br. capa com algumas manchas e carimbo de biblioteca particular. Algumas páginas com marcas de fita cola.

Observações:

Estudo muito aprofundado sobre as origens do povo português. Encerra capítulos sobre os povos da Hispania, a dominação romana, a conquista muçulmana e a reconquista cristã.

Preço:32,00€

Referência:13894
Autor:TELLES, Bazilio
Título:A GUERRA (notas e dúvidas)
Descrição:

Livraria Chardron, Porto, 1914. In-8º de 112 págs. Br. Cadernos por abrir.

Observações:

Obra bastante curiosa e de interesse para história do início da Guerra de 1914 -1918.

Preço:40,00€

Referência:13006
Autor:TREVELYAN, G. M.
Título:HISTOIRE SOCIALE DE L' ANGLETERRE DU MOYEN-ÂGE À NOS JOURS
Descrição:

Payot, Paris, 1949. In-8.º de 500-(10) págs. Br. Livro em lingua francesa.

Observações:

Obra sobre a história social da Inglaterra desde a Idade média até aos nossos dias, escrito por um dos maiores históriadores ingleses e com prefácio de  François L. Ganshof.

Preço:11,00€

Referência:13747
Autor:VALENTE, Vasco Pulido
Título:O PODER E O POVO a revolução de 1910
Descrição:

Publicações D. Quixote, Lisboa, 1976. In-8º de 320-(4) págs. Br. Ostenta uma pequena assinatura de posse.

Observações:

Obra fundamental para a compreensão deste período, e que  apresenta a República de 1910 como um  regime revolucionário e violento, baseado na força do Partido Republicano Português.
A sua leitura é também interessante  pois Pulido Valente recria a história narrativa, escrevendo "sobre pessoas, famosas e humildes, ganhadores e perdedores, actores do processo de mudança histórica".

Preço:15,00€

Referência:12480
Autor:VASCONCELOS, Damião Augusto de Brito
Título:NOTÍCIAS HISTÓRICAS DE TAVIRA 1242-1840
Descrição:

Livraria Lusitana, Lisboa, 1937. In-8º de 233 págs. Br.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

RARO.

Observações:

Obra invulgar e de grande importância para o estudo da  história da Cidade de Tavira. Está dividida por temas relevantes: invasões espanholas, terramotos, pestes e fomes, visitas de monarcas à cidade, instituições de ensino, serra de Tavira, pescarias lendas, etc; dando  grande detalhe da história marítima da cidade.

 

Preço:40,00€

Referência:13699
Autor:VAZ, Francisco d'Assis de Sousa
Título:MEMORIA SOBRE A INCONVENIÊNCIA DOS ENTERROS NAS IGREJAS, E UTILIDADE DA CONSTRUCÇÃO DE CEMITÉRIOS
Descrição:

Imprensa de Gandra e Filhos, Porto, 1835, in-8º de 51 págs. Encadernação em papel marmoreado. Não conserva capas de brochura. Miolo com alguns picos de acidez.

INVULGAR.

Observações:

Uma das primeiras obras publicadas em Portugal que aborda os graves inconvenientes do  costume de se enterrarem os mortos nas Igrejas. Sousa Vaz não só refere as questões higiéniccas como apresenta o conceito de cemitério como "Atheneu Histórico" e "Museu da Morte". Para o autor, o cemitério oferecia às famílias “principais e abastadas” um “vasto campo da natureza” privilegiado para a construção dos seus túmulos “debaixo da direcção das Belas-Artes”, tornando-os assim monumentos aos falecidos promovendo assim , a “abertura de um novo campo das artes, estimulariam a produção dos artistas, que certamente quereriam rivalizar entre si com suas obras, e concorreriam para fazer imprimir nas artes progressos espantosos”.

Preço:85,00€

Referência:13836
Autor:VENTURA, Leontina [coord.]
Título:ECONOMIA, SOCIEDADE E PODERES estudos em homenagem a Salvador Dias Arnaut
Descrição:

Editora Ausência, V. N. de Gaia,  2004. In-8º de 861 págs. Encadernação editorial com sobrecapa. Ilustrado com gráficos ao longo do texto.

Observações:

Conjunto de estudos feitos por grandes nomes da ecónomia e história de Portugal subordinados a três grandes temas: Estruturas de poder; Sociedade e economia e Cultura e práticas religiosas.

Preço:10,00€

Referência:13349
Autor:VERTOT, Abade de
Título:REVOLUTIONS DE PORTUGAL nouvelle edition revue & augmentée
Descrição:

Chez Pierre Gosse Junior et Daniel Pinet, La Haye, 1765. In-8º de 276 págs. Encadernação coeva em pele com dizeres em rótulo de pele na lombada.

Observações:

Obra sobre a  Revolução de 1640 e as manobras da sua preparação em segredo escrita pelo Abade de Vertot, membro da Academia das Inscrições que a escreveu em 1690.
Foi posteriormente traduzida, parcialmente ou totalmente em português, nomeadamente por Frei Mateus Brandão, em 1815 e José Ribeiro de Figueiredo, em 1843.

Preço:65,00€

Referência:13868
Autor:VILHENA, Júlio de
Título:CARTAS INÉDITAS DA RAINHA D. ESTEFÂNIA prefaciadas e comentadas por...
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1922. In-8º de xvii-251 pags. Br.  Capas de brochura envelhecidas e com alguns picos de acidez. Exemplar a necessitar de encadernação.

INVULGAR.

Observações:

Obra que completa, segundo o autor, o estudo sobre D. Pedro V e o seu reinado (1853-1861) pois "As cartas da Rainha D. Estefânia que são, além de uma fotografia da formosa alma da sua autora, também documentos de alto valor para a história do reinado de seu marido"

Preço:18,00€

Referência:12328
Autor:VILLAS, Gaspar do Couto Ribeiro
Título:HISTORIA COLONIAL
Descrição:

Lisboa, 1938. In-8º de dois volumes com 308 e 428-(2) páginas respectivamente. Br. Ambos os volumes revelam sinais de manuseamento e ocasionais picos de acidez.

Observações:

"O presente volume destina-se a apresentar em síntese de vulgarização os factos essências, fundamentais, que assinalam, definem e explicam a marcha de acontecimentos vinda de longe e alcançando os nossos dias, acabando por constituir o Movimento de Expansão, que, no limite, criou o Problema Colonial no seu aspecto de hoje, de tam alto alcance na vida social moderna."

Encerra os seguintes capítulos: Os antecedentes da Obra Colonial Moderna - Da Pré-História à Expedição a Ceuta: A Terra e os Homens; Antiguidade; O Período Medieval: A Formação das Nações Modernas; O Problema da Terra Desconhecida; O Descobrimento. A Obra Colonial Moderna - Da Expedição de Ceuta a Nossos Dias: O Movimento Expansão; O Mundo do Século XV; A Ideia de Expansão - Portugal e o Acontecimento, O Infante de Sagres; A Marcha da Expansão; A Ciência de Navegar - Origens, Antigas Navegações, A Ciência Nova; Navegações - Descobrimentos; O Pensamento do Infante; As Causas; A Directriz; A Sequência das Navegações - Sagres, A Arrancada, As Bases Navais, O Arquipélago da Madeira, O Arquipélago das Canárias, O Arquipélago dos Açores, O Infante D. Pedro e o Descobrimento, Bojador, As Grandes Navegações, A economia do empreendimento, Valorização colonial, Preparação de Coloniais, A Marcha "Sul", A Base Naval do Arquipélago de Cabo Verde, Prossegue a "Rota Sul", O Caminho Marítimo da Índia, As Terra de Oeste, A Viagem de Colombo, A Viagem de Circunnavegação da Terra. A Obra Colonial Moderna: Marrocos; Ilhas Atlânticas - Canárias, Madeira, Açores, Cabo Verde e S. Tomé e Princípe; Oriente - Índia, Macau, Oceãnia, Japão; Brasil; Penetração dos Continentes; A Economia no acontecimento; Os Estados Europeus no "Movimento Colonial".

 

Preço:50,00€

Referência:13103
Autor:ZURARA, Gomes Eanes de
Título:CRÓNICA DOS FEITOS NOTÁVEIS QUE SE PASSARAM NA CONQUISTA DE GUINÉ POR MANDADO DO INFANTE D. HENRIQUE
Descrição:

Academia Portuguesa da História, Lisboa, 1978. In-4.º de dois volumes de 421 e 610 págs. respectivamente. Br.

Observações:

Versão actualizada do texto escrito por Gomes Eanes Zurara acompanhado de um estudo crítico, anotações e introdução pelo Académico de Mérito Torquato de Sousa Soares.

Preço:75,00€
página 1 de 5