Banner Vista de Livro

Palavras chave | Key Words

Açores | África | Afrodite | Agricultura | Alemanha | Alentejo | Algarve | América | Anais | Angola | Anti-Clericalismo | Antigo Regime | Antologia | Aramaico | Arqueologia | Arquitectura | Arquitectura Militar | Arquitectura Religiosa | Arte | Arte Monumental | Arte Popular | Arte Portuguesa | Artes Decorativas | Artes Plásticas | Artesanato | Autógrafos | Aveiro | Azurara | Bacalhau | Barrancos | Beira | Bibliofilia | Bibliografia | Biografia | Botânica | Braga | Bragança | Brasil | Cabo Verde | Caça | Calão | Camiliana | Camões | Campo Maior | Canada | Caricaturas | Casa de Bragança | Castelo Branco | Castelo de Vide | Catálogo | Ceilão | Censura | Cerâmica | Cervantes | Ceuta | Chaves | China | Ciências | Ciganos | Cinema | Cister | Coimbra | Colonização | Conto | Contos | Correspondência | Costumes | Cristãos Novos | Crítica | Crónica | Cuba | Culinária | D. Henrique | Dança | Descobrimentos | Descolonização | Diário | Dicionário | Diplomacia | Direito | Ditadura | Douro | Economia | Edição especial | Educação | Educação Sexual | Emigração | Ensaio | Ensino | Epístola | Epistolografia | Ericeira | Erotismo | Escultura | Esoterismo | Espanha | Estado Novo | Estanho | Estoril | Estremoz | Estudos Pessoanos | Etnografia | Europa | Évora | Fauna | Fernando Pessoa | Figueira da Foz | Filologia | Filosofia | Flora | Folclore | Fotografia | França | Fundão | Galiza | Genealogia | Geografia | Gil Vicente | Goa | Grécia | Guerra | Guerra Colonial | Guerra Peninsular | Guiné | Hagiografia | Hebraico | História | História Natural | Humanismo | Idade Média | Igreja | Iluminura | Ilustração | Imprensa | In Memoriam | Índia | Industria | Inglaterra | Inquisição | Invasões Francesas | Islão | Itália | Japão | Jesuítas | Jogo de Cartas | Jornalismo | Judeus | Latim | Leiria | Liberalismo | Linguagem | Linguística | Lisboa | Literatura | Literatura de Cordel | Literatura de Viagens | Literatura Infantil | Literatura portuguesa | Livro | Livros Proibidos | Macau | Maçonaria | Madeira | Malacologia | Mariana Alcoforado | Marinha | Marquês de Pombal | Marrocos | Medicina | medieval | Memórias | Militar | Minho | Misericórdias | Missões | Mitologia | Moçambique | Modernismo | Monarquia | Monarquia Constitucional | Muçulmanos | Música | Música Portuguesa | Neo-Realismo | Novela | Numismática | Ordem Monástica | Oriente | Ourivesaria | Patuleia | Pedagogia | Pesca | Pintura | Piratas | Poesia | Polémica | Polícia | Política | Porto | Portugal | Presença | Primeira Guerra Mundial | Primeiras edições | Propaganda | Prostituição | Publicidade | Queirosiana | Quintentista | Rafael Bordalo Pinheiro | Raro | Regional | Religião | Religiosa Portuguesa | Renascimento | República | Restauração | Revista | Ribatejo | Romance | Romanceiro | Romantismo | S. Tomé e Príncipe | Salazar | Santarém | Sátira | Sebastianismo | Segunda Guerra Mundial | Sermão | Sexualidade | Sociedade | Solares | Surrealismo | Tauromaquia | Tavira | Teatro | Tecnologia Tradicional | Teologia | Termas | Terminologia Militar | Timor | Tipografia | Tiragem Especial | Torres Vedras | Tradução | Trás-os-Montes | Tratado | Turismo | Ultramar | Universidade | Viagens | Viana do Castelo | Vila Nova de Gaia | Vila Real | Vinho | Viseu | Vista Alegre | Zoologia

Módulo background

Misericórdias

Foram localizados 3 resultados para: Misericórdias

 

Referência:13985
Autor:LEMOS, Maximiano de
Título:MEMORIA DESCRIPTIVA DA SOLEMNISAÇÃO DO IV CENTENÁRIO DA MISERICÓRDIA DO PORTO 1499-1899
Descrição:

Officina Typographica do Hospital de Alienados do Conde de Ferreira, Porto, 1900.  In-4º de 107 págs. Br.  Capas de brochura com picos de acidez e algumas falhas marginais. Ilustrado ao longo e em extra-texto com uma estampa a preto e branco com a reprodução da “Fons Vitae”.

Observações:

Obra sobre a Misericordia do Porto encerrando actas, descrições e discursos dos seus membros. A Misericórdia do Porto é a primeira instituição de beneficência portuguesa, criada por Dona Leonor, durante o reinado de D. Manuel que através de carta régia em 14 de Março 1499 terá dado inicio á Irmandade de Nossa Senhora da Misericordia do Porto. Esta publicação foi rodeada de alguma polémica devido à reprodução  da magnífica pintura existente na Misericórdia e que supostamente representa a sua fundação. Quadro esse que desde o final do século XIX  deu origem a uma polémica  referida por Sampaio Bruno no  no tomo III do seu livro Portuenses Ilustres  

"E em 1900 sahia a publico, dos prelos da Officina Typographica do Hospital de Alienados do Conde de Ferreira, premiada na Exposição Industrial Portugueza do mesmo 1897, a Memoria descriptiva da Solemnisação do IV centenário da Misericórdia do Porto, 1499-1899, livro cuja impressão se concluiu em 31 de Julho d'aquelle 1900.
Este livro está illustrado com uma estampa em excellente cartão e cuja legenda e esta: "FONS VITAE. Quadro allusivo á fundação da Misericórdia do Porto. Existente na Sala das Sessões da Mesa da mesma Instituição.” Quadro allusivo á fundação da Misericordia doPorto! Será ?

À roda d'este quadro, seu auctor, quem sejam as pessoas n'elle figuradas, polemica viva se produziu nos nossos recentes dias.
Em 1896, «edição da Misericórdia do Porto», impresso na typographia do «Commercio do Porto», se estampou um opúsculo intitulado: Discussão
acerca do presumido author e epocha provável da pintura do quadro «Fons Vita:», possuido pela Misericórdia do Porto, travada, por meio de correspondência publicada nos jornaes o “Commercio do Porto” e a “Voz Publica” , entre os ex,mos snrs. J. Moreira Freire de Lisboa (o snr. Moreira Freire reside em Lisboa, mas é do Porto, como o diz elle-mesmo), e Emil Pacully, de Baumgarten (Allemanha). E em 1898, comprehendendo todo o debate, em que tomaram parte, além d'aquelles dois cavalheiros e do redactor do Repórter, os snrs. Duarte Leite, visconde de Soveral e dr. Maximiano de Aragão, appareceu, na livraria de José A. Rodrigues, em Lisboa, um volume em francez: Un problème d'Art, l’ Ecole  Portugaise créatrice des grandes écoles, par J. Moreira Freire; ahi o auctor se occupa ainda dos trabalhos afferentes de Manuel Maria Rodrigues e do snr. Cherubino Lagoa. E' um volume este interessantíssimo; saber, perspicácia e engenho alli demonstra o snr. Moreira Freire, e sua intenção patriótica é, então, respeitável e resultaria soberba. Infelizmente, cuido que labora em engano, como, de resto, analogamente seus competidores, que todos testemunham de relanços de agudeza. Mas, a meu parecer, todos erraram e o problema ficou sem solução."

Preço:40,00€

Referência:13057
Autor:PINTO, Maria Helena Mendes e PINTO, Victor Roberto Mendes
Título:AS MISERICÓRDIAS DO ALGARVE
Descrição:

Ministério da Saúde e da Assistência, Lisboa, 1968. In-4º de 392 págs. Br. Profusamente ilustrado em extra-texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Trabalho de inventariação das Misericórdias do Algarve e do seu património artístico, da arquitectura; dos interiores; de fac símiles de manuscritos e obras impressas; de encadernações armoriadas; e dos objectos religiosos de cada uma das Misericórdias do Algarve.

Preço:65,00€