Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Novembro 2022
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Modernismo

Foram localizados 30 resultados para: Modernismo

 

Referência:14854
Autor:AAVV
Título:GRAAL. Nº 1 (a 4)
Descrição:

(Empresa Nacional de Publicidade, Lisboa, 1956-7). in-4~de quatro números com numeração corrida, num total de 410 págs. Brochado.

Capas manifestando alguma acidez, dada a qualidade própria do papel. Terceiro número com insignifiante trabalho de bicho marginal junto à charneira, sem afectar, nem a estrutura do livro, nem a mancha tipográfica.

Observações:

Daniel Pires, no seu Dicionário da Imprensa Periódica, diz-nos que esta revista foi " ... o corolário lógico da aventura que a Távola Redonda constitui ..." .

Conta com a colaboração literária de Manuel Antunes, Fernando Guedes, Luiz de Macedo, Fernanda Botelho, Henrique Segurado, David Mourão-Ferreira, Urbando Tavres Rodrigues, Matilde Rosa Araújo, António Salvado, Natércia Freire, Eduino de Jesus, Agustina Bessa Luis, Vitor Matos e Sá, Herberto Helder, etc.

Da colaboração plástica, destaca-se as contribuições de René Bertholo, Fernando lanhas, Júlio Gil, António Vaz Pereira, Manuel Cargaleiro, etc ...

Preço:60,00€

Referência:14682
Autor:BOTTO, António
Título:AS CANÇÕES DE ANTÓNIO BOTO. Nova edição definitiva
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, 1956. In-8º de 538 págs. Brochado. Com uma vinheta colada no verso do anterosto, numerada e rubricada pelo punho do poeta. Capas com ocasionais picos de humidade. Miolo muito limpo. Número de ordem de biblioteca a tinta no frontspício. Muito bom exemplar, bem conservado.

Observações:

Com um estudo de Fernando Pessoa, José Régio, Garcoa Lorca, Manuel Teixeira Gomes, Raul Leal, João Gaspar Simões, etc ... Nova Edição definitiva e muito aumentada das obras completas com os últimos versos inéditos do poeta e alguns estudos críticos em marginália.

Preço:25,00€

Referência:14574
Autor:BOTTO, António
Título:BAIONETAS DA MORTE
Descrição:

Oficinas Gráficas do Empresa do Anuario Comercial. 1936. In-4º de 64 págs. inumeradas. Brochado. Capas de brochura muito limpa, ao contráriod do ante-rosto com  picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

 

Observações:

Livro de poemas dedicado aos Combatentes Portugueses que é considerado um dos melhores livros do autor. " Organizem os povos, estabeleçam a concórdia, acabem com a miséria e veremos, depois, se a vida não é um cântico divino, enternecedor e eterno ao amor, à natureza e a Deus "

 

Preço:85,00€

Referência:14856
Autor:FONSECA, Branquinho da
Título:A POSIÇÃO DE GUERRA drama em um acto
Descrição:

Composto e impresso na Tipografia da “Atlântida”, Coimbra, 1931. In-4.º de 15-(1) págs. Brochado.
Capa da brochura impressa a duas cores, com o aspecto modernista que a revista «Presença» imprimia em todas as suas publicações. Ilustrado com um desenho de José Régio, impresso em página inteira. Ligeiro e insignificante restauro na capa de brochura posterior

RARO.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Primeira incursão na escrita dramática de Branquinho da Fonseca que é não só uma das mais raras e representativas peças do seu Teatro, como  também uma das apreciadas edições «Presença», revista de que o autor foi fundador e director.

 

Preço:120,00€

Referência:14748
Autor:GOUVEIA, Maria Margarida Maia
Título:VITORINO NEMÉSIO estudo e antologia
Descrição:

Instituto de Cultura e Língua Portuguesa, Lisboa, 1986. In-8º de 579-(7) págs. Brochado

Observações:

Prefaciar Nemésio — aliás ele mesmo prefaciador de poetas,ensaistas e antologias — não é tarefa fácil. Acresce a dificuldade o facto de se pretender cobrir uma obra profundamente variada à luz dos géneros tradicionais, mas subtilmente coesa e una na humanidade do homem que a escreveu. Humanidade assumida duplamente no criador literário e no professor, no Rouxinol e no Mocho, símbolos que ele próprio invocou para brincando dizer a sério a sua vocação de poeta e de sábio.
A escolha dos textos obedeceu a um desiderato duplamente prático e representativo: prático, porque se tratava de encontrar textos que sejam úteis ao ensino da obra de Nemésio, representativo, para, no seu conjunto, darem ideia da coesão e unidade interior da obra nemesiana. Igualmente se pretendeu coligir alguns textos críticos fundamentais para a compreensão, divulgação e ensino da obra nemesiana, em Portugal e no estrangeiro.

Preço:20,00€

Referência:14634
Autor:MELO E CASTRO, E. M. de; MENERES,Maria Alberta
Título:ANTOLOGIA DA NOVÍSSIMA POESIA PORTUGUESA
Descrição:

Livraria Morais, Editora. Lisboa, 1961. In-8º de LV-486-(42) págs. Brochado. Capas com peqenos picos de humidade. Vestígios de carimbos a óleo, safados por frição. Miolo bom estado, sem defeitos maiores apontar. Bom estado geral.

Observações:

Trata-se da 2ª edição revista, actualizada e com uma nova introdução publicada dois anos depois da edição original.

Preço:35,00€

Referência:13169
Autor:PETRUS, (pseud. de Pedro da Veiga)
Título:O SR. ADOLFO CASAIS MONTEIRO E OS MODERNISTAS PORTUGUESES. MAIS UMA PERFÍDIA DO PUETA DA «CONFUSÃO». Subsídios para a História do Adágio «Ódio Velho não Cansa»
Descrição:

C. E. P., Porto,  s/d. In-4º de 31-(1) págs. Br. Edição em papel de cor.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Invulgar.

Observações:

Obra que transcreve várias peças duma das polémicas  entre  Petrus e Adolfo Casais Monteiro.

INTRODUÇÃO


"Este texto é extraído da obra em Publicação «ADOLFO CASAIS MONTEIRO' EM HASTES LIMPAS. Exercício tauromáquico sobre o pueta da Confusão». Elaborada em julho de 1958 e revista em Dezembro, a réplica foi enviada ao jornal O Comércio do Porto no último dia do prazo designado na Lei de Imprensa. Foi a seguir devolvida, depois de mutilada em quase metade do seu texto pela censura pessoal do sr. Fortunato, dono daquela Tribuna. Conjuntamente com esta resposta publica-se o protesto enviado àquele porta--voz nos dias imediatos à publicação na sua página literária (?) do grosseiro e rancoroso artigo: «Uma Malfeitoria (Literária) Útil» e por último a carta que terminou o diálogo com o jornalisteiro-mor da Folha. Todos os outros documentos respeitantes a este assalto à dignidade e reputação dum trabalhador intelectual num Órgão de im-prensa que pretendia ser sério e indepen-dente serão publicados no Livro mencionado. Por ora basta."

Petrus

Preço:20,00€

Referência:14750
Autor:[HELDER, Herberto]
Título:A CABEÇA ENTRE AS MÃOS
Descrição:

Assírio e Alvim, lisboa, 1982. In-8º de 41-(7)págs. Brochado. Exemplar em magníficas condições de conservação.
Primeira edição.

Observações:

Colecção "Cadernos Peninsulares /Literatura". Livro inserido na colecção Cadernos Peninsulares/ Literatura. Na opinião de Nuno Júdice, a poesia de Herberto Helder  tornou-se um momento ímpar na afirmação daquilo que, em Portugal, se pode considerar como a mais conseguida realização do visionarismo poético ocidental, que recebe a herança de Rimbaud e Lautréamont e passa pelo surrealismo. Herberto Helder é sem dúvida, na opinião de outros críticos literários, o poeta mais importante da sua geração e a mais curiosa e intrigante personalidade do nosso experimentalismo. Radicando-se na tendência surrealista, a sua poesia revela uma excepcional riqueza de recursos expressivos com um grande poder encantatório gerando-se na zona originária do ser em que a criação absoluta torna imperioso ao poema “ ... vencer a fascinação do incriado e impor uma ordem e uma harmonia ao turbilhão interior ...” (António Ramos Rosa).

Preço:85,00€