Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Março 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Queirosiana

Foram localizados 9 resultados para: Queirosiana

 

Referência:14411
Autor:CABRAL, António
Título:HOMENS E EPISODIOS INOLVIDÁVEIS Cartas Inéditas de Camilo. O Berço de Eça. Páginas de Memórias Políticas.
Descrição:

Livraria Bertrand. Lisboa. [1947]. In-8.º de 218 págs. Brochado. Capas com ligeiras manchas e picos de humidade. Ante-rsoto com carimbo peqeuno de psse. Miolo muito limpo.

Observações:

Do Índice:
«Camilo e Eça de Queirós»; «Algumas páginas de memórias políticas»; «Cartas Régias»; «Páginas tristes»; «Páginas alegres»; «Quatro prefácios».

Preço:15,00€

Referência:14200
Autor:QUEIROZ, Eça de
Título:AS ROSAS
Descrição:

Publicações Dom Quixote, Lisboa, 1995. In-8º de 40 págs. Brochado.

Observações:

Este texto foi originalmente publicado em 1893 no períodico Gazeta de Notícias. Primeira edição independente.

Abrir o livro ...

"... Estamos no mês de Maio - e convém falar de rosas. Quando na poesia, como no reino bem organizado, havia classes e uma prahgmática, era a corporação venerável e ligeira dos Poetas da Primavera que celebrava, pontualmente, nesta fresca mocidade do ano, com o coração contente e lira fácil, a chegada das rosas. O poeta, nesses tempos arcádicos, coria constantemente por outeiros e prados, como o antigo Silvano, atento só às belezas simples e compreensíveis da Terra. Hoje, nesta anarquia que baralha as classes, o poeta invadiu a alma humana, desalojou dela os filósofos, seus caseiros hereditários desde Platão, e é ele quem tece a teia da psicologia e sopra a braseira da metafísica, donde se elevam tão densos, tão enrolados fumos ..."

Preço:10,00€

Referência:13899
Autor:SILVA, Manuel Emygdio da
Título:A BOTICA DO AZEVEDO (1775-1948)
Descrição:

Sociedade Industrial Farmacêutica, Lisboa, 1948. In-8º de 134-(2) págs. Br. Capa de brochura da autoria de Raul Lino ligeiramente empoeirada. Profusamente ilustrado em extra-texto com gravuras e retratos executados por Júlio Neuparth e um fac-simile de uma carta António Feliciano Alves de Azevedo.

Invulgar.

Observações:

Obra bastante interessante para  o estudo da evolução da farmácia em Portugal.  Encerra a história das farmácias do Rossio e de São Roque, e da Sociedade Industrial Farmacêutica. Interessa também como crónica dos elguns espaços chaves na história de Lisboa.

Contém excerto de ”Os Maias” no capítulo X onde fala na dita Botica.
Divide-se nos seguintes capítulos: I – A Farmácia do Rossio, i) A Origem, ii) António Feliciano Alves d’Azevedo, iii) Os filhos; II – A Farmácia de S. Roque; e, por fim, III – A Sociedade Industrial Farmacêutica.

Preço:27,00€