Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Março 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Séc. XVI

Foram localizados 7 resultados para: Séc. XVI

 

Referência:14371
Autor:ÁLVARES, Padre Francisco
Título:VERDADEIRA INFORMAÇÂO DAS TERRAS DO PRESTE JOÃO DAS INDIAS pelo ...
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa, 1883/9. In-4º fólio de (4)-208-(14) págs. Encadernação inteira de percalina vermelha com dizeres dourados na lombada. Na capa de brocura vem inidcação da data de 1883 e no frontspício a de 1889. Exemplar muito limpo, muito bem conservado. Apresenta dois fac-similes desdobráveis, a partir da edição original quinhentista. No final reproduz os frontspícios das obras estrangeiras traduzidas a partir desta.

Observações:

Segunda edição conforme a de 1540, ilustrada com diversos fac-similes, de uma das mais belas produções tipográficas do século XVI, reproduzindo a preto e vermelho o frontispício original. Exemplar ligeiramente aparado,  conservando ambas as capas de brochura.

Trata-se do importante documento sobre as terras da Etiópia e da empresa diplomática enviada por D. Manuel. Este documento relata de forma detalhada a vida e costumes das gentes da Etiópia. Esta obra atingiu na época uma extraordinária difusão a partir das traduções para italiano (1550), para castelhano (1557), para alemão (1566) ou para francês (1574), de que se reproduz os respectivos fronstspícios no final da obra. Depois desta expedição, por D. Rodrigues de Lima, os portugueses puderam estabelecer contactos mais assíduos com as terras do Preste (que afinal se chamava Onandiguel), através de sucessivas expedições, uma das quais parte da Índia em socorro do négus da Etiópia contra os turcos, expedição dirigida por D. Cristóvão da Gama e narrada na “História” de Miguel de Castanhoso (1564) e na “Breve Relação” de João Bermudez (1565).

Preço:90,00€

Referência:14398
Autor:MIRANDA, Francisco Sá de
Título:OBRAS DO DOCTOR FRANCISCO DE SÁ DE MIRANDA
Descrição:

Typographia Rollandiana, Lisboa, 1784. In-8º de XXXII-290-(2)-(4) e 293-(2) págs. respectivamente em dois volumes. Encadernação coeva interia de carneira mosqueada, dourados e rótulos de pele vermelha na lombada. Notas escritas antigas, coevas a lápis no anterrosto do primeiro volume. Rúbrica de posse coeva no frotnspício de ambos os volumes.

Observações:

Nova Edição Correcta , Emendada e augmentada com suas comedias.
Os Estrangeiros
e Os Vilhalpandos são duas obras em grande medida esquecidas mas que, no entanto, proporcionam ao leitor uma riquíssima experiência literária. Têm interesse estético, sendo as primeiras contribuições portuguesas para o género da comédia em prosa, que durante séculos tem deliciado o público do teatro. Ao mesmo tempo têm considerável valor histórico, porque nelas Sá de Miranda dá-nos uma visão crítica e satírica da vida italiana das primeira décadas do século XVI, época em que a Itália era o país mais rico e sofisticado da Europa.

Inocêncio, tomo III, p. 54, nº 1782 ; Biblioteca Municpal do Porto, vol. II, p. 231

" ... Entre el gran Tajo, y el Duero el buen Mondego

Vn tiempo  Munda, (tal es fua agua clara)

Yendofe por fus campos paffeando:

Saliendo donde el monte le apretara,

El trabajo vencido, entra en folliego,

Y como vencedor va triumphando:

A do agora cantando (…)

Cuya venida a do aquella agua baña

Los campos de Coimbra, ay tal memoria

De vna alta torre de fu nombre rica ...” (excerto da presente edição, p. 19 do vol.I)


 

Preço:100,00€

Referência:14373
Autor:PEREIRA, João Cordeiro
Título:PARA A HISTÓRIA DAS ALFANDEGAS EM PORTUGAL. Vila do Conde - organização e movimento.
Descrição:

Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 19823. In-8º de 345 págs. Brochado. Bom exemplar.

Observações:

Este estudo é resultado da defesa de uma dissetação de doutormaento apresnteado à Universidade de Lisboa em 1971. É efectuado com base nos livros de receitas da alfândega de Vila do Conde de 1504 e de 1505 conservados na Torre do Tombo e aqui publcados como anexos (p. 212-337). Permitiram o estudo do movimento dos navios, das mercadorias e das suas origens e dos importadores na segunda parte do trabalho. A primeira parte é consagrada à alfândega criada em 1487 por Dom João II.

Na contracapa:
"Desde bastante cedo que os reis portugueses definem como exclusivamente suas as taxas sobre o comércio internacional. Para concretizar esse princípio legal estruturaram um dos mais antigos e coerentes sistemas alfândegários europeus. Os livros de receita da alfândega de Vila do Conde, do início do séc. XVI, exemplificam o funcionamento da admnistração aduaneira, proporcionando, também, o conhecimento detalhado das relações comerciais de Portugal com o Norte da Europa, e a respectiva articulação na Sociedade. Revelam-nos um mundo de pequenos e médios importadores, prpeonderantemente interessados nso têxteis ingleses que detinham a primeira posição no mercado europeu. O porto de Vila do Conde funciona como uma placa giratória de distribuição de mercadorias estrangeiras ao "interland" do Entre-Douro-e-Minho, com vectores que atingem Lisboa e as ilhas atlânticas ".

Preço:26,00€

Referência:14384
Autor:REMEDIOS, Mendes dos
Título:PHILOMENA DE S. BOAVENTURA Reimpressa em harmonia com a edição de 1561
Descrição:

Imprensa da Universidade, Coimbra, 1907. In-8º de 39 págs. Br. Capa de brochura com alguns picos de acidez e uma pequena mancha de água marginal.

 

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

"A Philomena é, pois, no seu genero o unico documento que pos-suimos, traduzido, de S. Boaventura. Pertence ao grupo de composições mysticas que tiveram grande acceitação em Portugal, junto de certos escriptores que, se nao davam em brigóes e valentafos, com
larga folha de serviços em Africa, propendiam para os arróbos do lyrismo tresandando aos perfumes do incenso. Nós os portuguéses sempre fómos assim aventureiros, ainda mesmo quando o campo de acçao eram os poucos palmos dum convento."

 

Preço:20,00€