Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Novembro 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Surrealismo

Foram localizados 27 resultados para: Surrealismo

 

Referência:14600
Autor:CESARINY, Mário
Título:BURLESCAS TEÓRICAS E SENTIMENTAIS
Descrição:

Editorial Presença, Lisboa, 1972. In-8º de 204-(1) págs. Brochado.

Observações:

Do texto introdutório lemos o seguinte:
"... O poema Vinte Quadras para um Dádá é aqui dado a sua primeira versão, e alguns títulos (como alguns outros poemas) inéditos reflectem a exposição cronológica preferida, nada se lhes tendo aposto ou corrigido desde a data  da feitura ..."

Preço:20,00€

Referência:14549
Autor:CESARINY, Mário
Título:MANUAL DE PRESTIDIGITAÇÃO.
Descrição:

Assírio & Alvim. (Lisboa. 1981). In-8º de 174-(1) págs. Brochado.

Observações:

Nesta obra, segundo a obra “O Surrealismo em Portugal” de Maria de Fátima Marinho, Cesariny faz uma decomposição sistemática de pequenos mitos da sociedade burguesa através do riso e da desagregação da linguagem. Esta edição apresenta os textos “Burlescas Teóricas e Sentimentais” e Visualizações” que são de 1942 a 1944; os do “Discruso Sobre a Reabilitação do Real Quotidiano” e os de “Alguns Mitos Maiores Alguns Mitos Menores Propostos à Circulação pelo Autor” são de 1947 a 1952; os textos do “Manual de Prestigitação” são de 1949 a 1956.

Preço:27,00€

Referência:14442
Autor:COSTA, Carlos Eurico da
Título:A CIDADE DE PALAGUIN
Descrição:

Edições &etc., Publicações Culturais Engrenagem, (Lisboa. 1979) . In- 8º de 74- (1) págs. Brochado

Observações:

O nome de Carlos Eurico da Costa ficou ligado à história do Surrealismo português. Integrou, em 1949, com os desenhos "Grafoautografias" a primeira Exposição dos Surrealistas portugueses, com nomes como Henrique Risques Pereira, Mário Cesariny de Vasconcelos, Oom, F. J. Francisco, A. M. Lisboa, Mário Henrique Leiria, Fernando Alves dos Santos, Artur do Cruzeiro Seixas, Artur da Silva, A. P. Tomaz e Calvet. Em 1951, foi um dos protagonistas da ruptura dentro do movimento surrealista português, ao subscrever a resposta a Alexandre O'Neill no panfleto colectivo Do Capítulo da Probidade.

Oposicionista ao Estado Novo, chegou a estar preso por motivos políticos enquanto cumpria serviço militar obrigatório. Manteve uma constante atitude de intervenção cívica, ligado aos meios oposicionistas à ditadura portuguesa. Foi membro da direcção da Sociedade Portuguesa de Escritores e Secretário-Geral da Associação da Imprensa Diária. Entre muitas actividades na área do associativismo, foi fundador, em 1979, da Associação de Cooperação com as Nações Unidas em Portugal.

Preço:30,00€

Referência:14630
Autor:FORTE, António José
Título:AZULIANTE
Descrição:

&etc, Lisboa, 1984. In-8º de (8) págs. Brochado. Ligeiro defeito na capa de brochura anterior, canto superiuor direito, provocado por pequeno preçário autocolante na capa anterior. Miolo impecável embora agrafo com sinais de ligeira oxidação. Inserido na colecção "Subterrâneo Três".  PRIMEIRA (e única) EDIÇÃO independente de tiragem limitada.

Observações:

"Este poema
começa com um homem de tronco nu
à sua mesa de trabalho    e hiante
a esta hora em que de oriente a ocidente
se acendem lâmpadas trémulas e bárbaras e ferozes
e o mar é o teu nome    a esta hora pétala a pétala
em que subirei de avião para ir beijar-te os olhos
e    ver no meio do deserto    o único
o magnífico devorador de rosas a comer um pão
enquanto do Oceano resta apenas
o silêncio de uma lágrima caindo nos joelhos de uma criança
Espera-me onde um nome há no Ar escrito com saliva azul
com raiva azul
como a urina violenta dos amantes
com a sua flor azul à superfície onde crepita a morte ...
"

Preço:40,00€

Referência:13876
Autor:FRANÇA, José-Augusto
Título:DESPEDIDA BREVE
Descrição:

Publicações Europa-América, Lisboa, s.d. (1958) In-8º de 231-(5) págs. Br. Capa de brochura ilustrada por Sebastião Rodrigues. Inserido na colecção "Os Livros das Três Abelhas".

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR.

Observações:

Primeira edição da curiosa colecção de contos escritos entre o início das actividades literárias de JOSÉ AUGUSTO FRANÇA e meados da década de 50 e que foi incluido por Maria de Fatima Marinho, no seu livro "Surrealismo em Portugal" lado a lado com outras obras publicadas em 1958 de Vergílio Martinho, Ernesto Sampaio, Mário Cesariny, Barahona da Fonseca, Alfredo Margarido, Granjeio Crespo e Natália Correia, ano marcado por uma "série de publicações de autores de algum modo ligados ao surrealismo."

Preço:25,00€

Referência:14552
Autor:[Trad. Mário CESARINY] - RIMBAUD, Jean-Arthur
Título:ILUMINAÇÕES - UMA CERVEJA NO INFERNO
Descrição:

Estúdios Cor, Lisboa, (1972). In-8º de 152-(5) págs. Brochado. Exemplar em excelente estado de conservação.

Observações:

Tradução, prefácio e notas de Mário Cesariny com sete traduções plásticas das Iluminações.
Trata-se da tradução definitiva portuguesa da magnífica obra de Rimbaud, poema extenso escrito em 1873 e único trabalho publicado pessoalmente. O título teve superior influência nos surrealistas, artistas plásticos e escritores.

Preço:13,00€