Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Julho 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Viagens

Foram localizados 47 resultados para: Viagens

 

Referência:12385
Autor:ARAGÃO, A. C. Teixeira de
Título:BREVE NOTÍCIA SOBRE O DESCOBRIMENTO DA AMÉRICA
Descrição:

Tipografia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, 1892. In.-4.º 80 págs. Encadernação inteira emskivertex castanha com dizeres dourados na pasta. Separata das Memórias da Academia.  Ilustrado com fac-similes da carta de Mestre João - com a notícia do descobrimento da constelação do Cruzeiro do Sul, e da primeira página da carta de Pêro Vaz de Caminha. Conserva capa de brochura anterior, com acidez marginal, miolo muito limpo e bem conservado.

Observações:

"O descobrimento das ilhas dos Açores teve logar na quarta decada do seculo XV, e este facto foi, por certo, um passo gigantesco no caminho para o outro continente. Os primeiros habitantes d'estas ilhas por vezes viram alli fragmentos de arvores, mesmo grossos madeiros, sendo alguns com certo trabalho, cadaveres, que vinham boiando de oeste, de indivíduos com feições diferentes das dos Europeus, tudo trazido pelo vento d'aquellas paragens, o que lhes annunciava haver para esse lado terras habitadas.

O infante Henrique falleceu em Sagres a 13 de novembro de 1460, havendo nascido na cidade do Porto a 4 de março de 1394. Adoptou como empreza uns pequenos ramos de carvalho com fructos e a legenda, Talent de bien faire. A sua morte não diminuiu o enthusiasmo para novos descobrimentos, e commetteram-se feitos tão arrojados e coroados de tão bons resultados, que constituem hoje a nossa brilhante epopéa marítima"

Preço:45,00€

Referência:14523
Autor:autoria indefinida
Título:NO MAR episódios da vida dos marinheiros
Descrição:

Liga Naval Portuguesa ( J. Rodrigues & C.a, Editores), Lisboa, 1935. In-8º de XXIII-194-(4) págs. Brochado. Ilustrado ao longo do texto. Capas de brochura ligeiramente manchadas por picos de humidade. Miolo em optimo estado

Observações:

Do Prefácio:

“Ir a Badajoz ver lidar toiros é excursão sem pretensões a cultura intelectual ou moral. Ir a Paris palmilhar os boulevards, frequentar Montmartre ou Montparnasse, não trás sólidos benefícios ao saber nem à conduta. Mas viajar em serviço como oficial da Armada, isolado ou a bordo de navios de guerra, é coisa bem diversa: há que manter aprumo no navio, na tripulação, no procedimento próprio e assim, em comparações inevitáveis, se notam as perversões de certos povos, a hipocrisia de outros, a brutalidade animal de muitos deles…”

Encerra os seguintes capítulos:

D. Gilianes de Mascarenhas, por Alfredo Botelho de Sousa. O posto militar da ilha Tekomajl, por Pedro de Azevedo Coutinho. O Malhado, por Ivens Ferraz. Regresso de Estação, por D. Bernardo da Costa Mesquitella. Na costa de Moçambique, por Alfredo Caçador. Homem ao mar!, por Carvalho Brandão. Um invulgar acidente de Navegação, por Mata Oliveira. Contra-torpedeiro «Douro», por Agnelo Portella. Vigilancia da Beira, por António A. de Cisneiros e Faria. O Boi João, por Nuno Telles Pinto. Numa viagem do S. Gabriel, por Jayme do Inso. Hoihau, por Ivens Ferraz. Episodio, por Guilherme C. d’Oliveira. O Espectro, por Emilio San Bruno.

 

Preço:25,00€

Referência:13554
Autor:BRANCO, Camilo Castelo
Título:A SENHORA RATTAZZI
Descrição:

Livraria Internacional de Ernesto Chardron Editor, Porto e Braga, 1880. In-8º de 30-II págs. Encadernação meia francesa em chagrin com dizeres e florões em casas fechadas. Conserva capas de brochura anterior, reforçada nas margens. Ante-rosto com os dizeres A SENHORA RATTAZZI enquadrados numa bonita e romântica moldura de composição tipográfica.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR

Observações:

Primeira edição deste folheto da Questão Rattazzi, polémicas em que Camilo se envolveu a propósito do livro escrito pela Princesa Rattazzi sobre Portugal. Este livro é a resposta às provocações da Sr.ª Rattazzi e termina da seguinte maneira:
“Em conclusão: o seu livro não é cano de escorrencias muito nauseabundas, nem é canal de noticias uteis, tirante a dos hoteis infamados de persevejos; não é pois cano, nem cabal; mas é canudo, porque custa sete tostões; e — vá de calão — como troça e bexiga, é caro.”

Inocêncio. XVIII, 144. “A questão Rattazzi: esteve por differentes vezes em Portugal uma dama estrangeira, de origem italiana ou ingleza, que se apresentou com o titulo de Princeza Rattazzi dizendo-se aparentada com a familia Imperial Bonaparte, o que, aliás, segundo consta de informações notorias, as auctoridades francezas não permittiam officialmente. algumas folhas francezas, hespanholas e italianas tinham falado d"ella a proposito de seus escriptos dados ao prelo, dos seus consorcios e de varios incidentes da sua vida aventurosa. Da ultima vez que se demorou em Lisboa, por 1879, lembrou-se ella de escrever um livro de viagem acerca de Portugal: mas, ou por falta de estudo, ou por leviandade, acreditando em esclarecimentos ministrados por pessoas de sua intimidade e de acanhada consciencia quanto aos factos que inculcaram, o certo e que fizeram cair Maria Rattazi em dislates e erros gravissimos, como lhe foi demonstrado. O seu livro, pois, deu margem larga e extensa á publicacão de outras obras de refutação aspera, em que a auctora, apesar do sexo, da idade, do nome aristocratico e da fama de que se fazia cercar, e em que desejava escudár-se, padecem duros ataques, sendo os mais vivos, mordazes e acerados os que lhe vibraram sem piedade Camillo Castello Branco e Urbano de Castro, que assignava os seus escriptos sob o pseudonymo chá-ri-vá-ri. Estas controversias e criticas tomaram o caràcter de verdadeiro escandalo litterario e foram só é alastrando pela imprensa de todas as cidades, em artigos soltos, em folhetins e em correspondencias”.

Preço:90,00€

Referência:12371
Autor:BRITO, Bernardo Gomes de
Título:HISTÓRIA TRÁGICO-MARÍTIMA DE PORTUGAL
Descrição:

Lisboa, 1898. In-4.º de 71 págs. Encadernação meia-inglesa com cantos e lombada em pele. Conserva capas de brochura. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

A História Trágico-Marítima trata de naufrágios infelizes, acontecidos aos navegadores portugueses, escritos por Bernardo Gomes de Brito.

"Descripção dos três primeiros naufrágios succedidos depois da descoberta da Caminho da India. Extracto feito do livro de Bernardo Gomes de Brito por Hygino Mendonça.

Preço:40,00€

Referência:14519
Autor:MAIA, Carlos Roma Machado de Faria e
Título:RECORDAÇÕES DE ÁFRICA verídicas narrativas de viagens, caçadas, combates e costumes indígena, marchas pelo interior e navegação dos rios
Descrição:

Edição de Autor, Lisboa, 1930. In-8º de 396 págs. Brochado. Ilustrado ao longo do texto. Capas de brochura com pequenos picos de humidade. Miolo bem conservado, não obstante o amarelecimento do papel, próprio da sua qualidade.

Segunda edição.
 

Observações:

Livro de memórias,  muito curioso e apreciado,  sobre o ultramar português, com histórias da época, dos feitos militares e das caçadas.

Tem interesse histórico e etnográfico.

Preço:40,00€

Referência:14435
Autor:MORAES, Wenceslau de
Título:SERÕES NO JAPÃO
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, Portugal-Brasil. s.d.(1925?). In-8º de 225-(1) págs. Brochado. Exemplar com acidez generalizada que caracteriza muito este papel nesta edição. Rubrica de posse no frontspício.

Observações:

Primeira edição em livro de interessantes escritos anteriormente publicados na revista “Serões”. Edição muito ilustrada nas páginas de texto.

Preço:40,00€

Referência:14269
Autor:NEMÉSIO, Vitorino
Título:CAATINGA E TERRA CAÍDA - Viagens do Nordeste e no Amazonas
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, sem data (1968-?). In-8º de 357-(1) págs. Br.
PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Da nota de badana: " A identificação do autor com paisagens e gentes brasileiras vai desde o saber histórico e sociológico à intimidade dos costumes e à apropriação da linguagem. (...)
Estes cadernos de viagem ao Nordeste e ao Amazonas completam, com um fio romanesco e um impressionismo flagrante de fauna, flora e gentes, largamente informado de cidades, engenhos, fazendas de gado, postos e cocais do “aranhol”, o largo itinerário (...)"

Preço:30,00€

Referência:12391
Autor:OLIVEIRA, João Brazão d'
Título:NARRATIVAS NAVAES
Descrição:

Typographia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, 1908. In. 8.º de 410-(1) págs. Encadernação meia inglesa com lombada em sintéctico azul.

INVULGAR.

Observações:

"Escreveram-se estas Narrativas especialmente para leitura das guarnições dos navios de guerra portuguezes: Não é um livro destinado à escola primaria mas sim para depois de saberem ler aproveitarem algum tempo de folga do serviço, em leitura, que se relacione com a sua profissão; que lhes fale da Historia da Marinha, e dos feitos dos Marinheiros; que as inicie na tradição da Armada...Intimamente ligada com a Historia de Portugal está a Historia da sua Marinha. "

Preço:30,00€

Referência:13799
Autor:PERES, Damião
Título:OS MAIS ANTIGOS ROTEIROS DA GUINÉ Publicados com notícia explicativa pelo Académico de Número ...
Descrição:

Academia Portuguesa da História, Lisboa, 1952- In. 4º de 163-(4) págs. Br. Cadernos por abrir. Capas de brochura ligeiramente empoeiradas e com alguns picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra publicada por Damião Peres e que  encerra os seguintes roteiros de viagens pela Guiné : Roteiro Quatrocentista transcrito por Valentim Fernandes; Roteiro de João de Lisboa (1514) e Roteiro do Esmeraldo de Situ Orbis (princípio do XVI).

Preço:39,00€

Referência:12370
Autor:PINTO, Fernão Mendes
Título:PEREGRINAÇAO
Descrição:

Gaia, Cosmópolis Editora, 1930-1931. In-8º de 7 volumes. Encadernação inteira em sintético vermelho, com dizeres dourados nas pastas.

Observações:

Nova edição, conforme a de 1614, precedida de uma notícia bio-bibliográfica por Jordão de Freitas.


Peregrinaçam de Fernam Mendez Pinto. Em que se da conta de muytas e muyto estranhas
cousas que vio & ouvio no reyno da China, no da Tartaria, no do Sornau, que vulgarmente se
chama Sião, no do Calaminhan, no de Pegù, no de Martauão, & em outros muytos reynos & senho-
rios das partes Orientais, de que nestas nossas do Ocidente ha muyto pouca ou nenhua noticia.
E também da conta de muytos casos particulares que acontecerão assi a elle como a outras
muytas pessoas. E no fim dela trata brevemente de alguas cousas & da morte do Santo Padre
mestre Francisco Xavier, unica luz & resplandor daquellas partes do Oriente & Reytor nellas
universal da Companhia de Iesus.

Preço:65,00€

Referência:13008
Autor:PIRES, Maria Laura Bettencourt
Título:PORTUGAL VISTO PELOS INGLESES
Descrição:

Instituto Nacional de Investigação Científica, Lisboa, 1981. In-8º de  126 págs. Br. Ilustrado em extra-texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Antologia de textos escritos por Ingleses sobre Portugal, encerrando não só textos literários como tratados, textos sobre a Guerra Peninsular e relatos de viagens.

 

 

Preço:20,00€

Referência:13726
Autor:PORTELA, Severo
Título:PENSAMENTOS, PALAVRAS E OBRAS
Descrição:

Edição da Renascença Editora, Porto, s/d. (1917) In-8.º de 121-(2) págs. Br. Cadernos por abrir. Capas de brochura com alguns picos de acidez.

Observações:

Interessante colectânea de artigos de Severo Portela. Dó indice:

- Ouvir chover
-Repertórios novos
- Manhãsinha
- No Luxemburgo, à tarde, sob o Outono
- No Priorado da Cedofeita
- Tango e Compª
- Auto do Vinho môsto
- Outubro
- Carta de uma religiosa
- Mãos
- Au petit Guigñoi
- Nocturno
- Olaria Indigena
- Carta confidencial
- Outono na cidade
- Salomé

Preço:18,00€

Referência:12323
Autor:ROCHA, Hugo
Título:NAMASTÊ Roteiro Duma Viagem a Goa
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1953. in-4º de 254-(2) págs. Br.

Observações:

Relato duma viagem que o autor fez a goa como jornalista de "O Comércio do Porto".

Preço:28,00€

Referência:12748
Autor:RODRIGUES, Fernando Peres
Título:POR OUTRAS TERRAS
Descrição:

Lundbeck, Lisboa, 2006. In-4º de 162 págs. Encadernação editorial. Profusamente ilustrado  com fotografias a cores. Edição fora do mercado, editada pela Lundbeck para ser distribuídos pela classe médica.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Livro onde o autor reúne fotografias belíssimas tiradas durantes viagens que efectuou em países como o Íemen, Namíbia, Índia, Islândia, Chile, entre muitos outros.

Preço:19,00€

Referência:12394
Autor:S. BERNARDINO, Frei Gaspar de
Título:ITINERÁRIO DA ÍNDIA POR TERRA ATÉ À ILHA DE CHIPRE Introdução e notas de Augusto Reis Machado
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1953. In-8º de 270 pags. Br.

Observações:

Frei Gaspar de S. Bernardino, escritor franciscano português (séc.XVI/XVII), enviado em missão à Índia e que em 1605 inicia a viagem, por terra, de regresso a Lisboa.
"Como eu e meu companheiro tínhamos as licenças largas para o reino, e vimos não ser vontade do Senhor levar-nos a ele por mar, achámos que tudo vinha de sua santa mão, pelo que nos não entristecemos, antes lhe demos graças por assim o permitir. E vendo eu que ao presente tinha caminho aberto, ainda que perigoso, para poder cumprir uns desejos grandíssimos, que sempre tive de visitar os lugares santos de Jerusalém, lancei mão dele nesta boa conjunção."
Esta obra denota o poder de observação de quem a escreve, tornando-se especialmente interessante pelas observações de carácter etnográfico, botânico e zoológico; para além dos comentários mais profundos sobre o que era a acção dos portugueses no além mar nos século XVI.

Preço:29,00€

Referência:14471
Autor:SEIDLER, Carl
Título:DEZ ANOS NO BRASIL
Descrição:

Livraria Martins, S. Paulo, 1941. In-4º de 320 pags. Encadernação coeva em sintético vermelho com papel fantasia. Encerra inúmeras ilustrações que constituem documentos fidedignos das vistas das cidades, paisagens, figuras políticas e militares, etc ... Acidez generalizada própria da a qualidade do papel. Conserva capas de brochura. Ligeiro aparo marginal, cabeça do livro carminado.

Observações:

Tradução e notas do General Bertoldo Klinger. Prefácio e notas do Coronel F. de Paula Cidade . Edição brasileira, inserida na colecção Biblioteca Histórica brasileira,

Carl Seidler foi um militar alemão que lutou pelo Brasil na Guerra da Cisplatina. Nas suas andanças esteve em Passo do Rosário, Pelotas, Rio Grande, Porto Alegre, Viamão, Triunfo, Cachoeira do Sul, Piratini, Jaguarão, Torres, Laguna, Florianópolis e Rio de Janeiro, deixando importantes impressões sobre a paisagem física, humana e social daquele período.

Na badana:

"... Tendo vivido dez anos entre nós, como oficial mercenário do exército imperial, Carlo Seidler, pôde observar de perto e com vagar, certos aspectos da nossa vida social e política. Escrito entre os anos de 1833 e 1834, Dez Anos no Brasil encerra em suas páginas pitorescos e movimentados aspectos de nossa vida civil e militar de há um século atrás. Obra de um observador de condições modestas, que escreve o que sente e o que sentem os que o cercam, que diz exactaemnte o que anda na boca do povo, embora por esse modo muitas vezes se afaste da verdade ou deturpe acontecimentos, Dez Anos do Brasil constitui sem duvida alguma, documento útil e digno da atenção de todos quantos desejem ter um panorama dos usos e costumes do Brasil nos seus primeiros anos como Nação independente ...".

Preço:40,00€