Banner Vista de Livro
 Aplicar filtros
Livros do mês: Março 2020
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Viagens

Foram localizados 41 resultados para: Viagens

 

Referência:14371
Autor:ÁLVARES, Padre Francisco
Título:VERDADEIRA INFORMAÇÂO DAS TERRAS DO PRESTE JOÃO DAS INDIAS pelo ...
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa, 1883/9. In-4º fólio de (4)-208-(14) págs. Encadernação inteira de percalina vermelha com dizeres dourados na lombada. Na capa de brocura vem inidcação da data de 1883 e no frontspício a de 1889. Exemplar muito limpo, muito bem conservado. Apresenta dois fac-similes desdobráveis, a partir da edição original quinhentista. No final reproduz os frontspícios das obras estrangeiras traduzidas a partir desta.

Observações:

Segunda edição conforme a de 1540, ilustrada com diversos fac-similes, de uma das mais belas produções tipográficas do século XVI, reproduzindo a preto e vermelho o frontispício original. Exemplar ligeiramente aparado,  conservando ambas as capas de brochura.

Trata-se do importante documento sobre as terras da Etiópia e da empresa diplomática enviada por D. Manuel. Este documento relata de forma detalhada a vida e costumes das gentes da Etiópia. Esta obra atingiu na época uma extraordinária difusão a partir das traduções para italiano (1550), para castelhano (1557), para alemão (1566) ou para francês (1574), de que se reproduz os respectivos fronstspícios no final da obra. Depois desta expedição, por D. Rodrigues de Lima, os portugueses puderam estabelecer contactos mais assíduos com as terras do Preste (que afinal se chamava Onandiguel), através de sucessivas expedições, uma das quais parte da Índia em socorro do négus da Etiópia contra os turcos, expedição dirigida por D. Cristóvão da Gama e narrada na “História” de Miguel de Castanhoso (1564) e na “Breve Relação” de João Bermudez (1565).

Preço:90,00€

Referência:12385
Autor:ARAGÃO, A. C. Teixeira de
Título:BREVE NOTÍCIA SOBRE O DESCOBRIMENTO DA AMÉRICA
Descrição:

Tipografia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, 1892. In.-4.º 80 págs. Encadernação inteira emskivertex castanha com dizeres dourados na pasta. Separata das Memórias da Academia.  Ilustrado com fac-similes da carta de Mestre João - com a notícia do descobrimento da constelação do Cruzeiro do Sul, e da primeira página da carta de Pêro Vaz de Caminha. Conserva capa de brochura anterior, com acidez marginal, miolo muito limpo e bem conservado.

Observações:

"O descobrimento das ilhas dos Açores teve logar na quarta decada do seculo XV, e este facto foi, por certo, um passo gigantesco no caminho para o outro continente. Os primeiros habitantes d'estas ilhas por vezes viram alli fragmentos de arvores, mesmo grossos madeiros, sendo alguns com certo trabalho, cadaveres, que vinham boiando de oeste, de indivíduos com feições diferentes das dos Europeus, tudo trazido pelo vento d'aquellas paragens, o que lhes annunciava haver para esse lado terras habitadas.

O infante Henrique falleceu em Sagres a 13 de novembro de 1460, havendo nascido na cidade do Porto a 4 de março de 1394. Adoptou como empreza uns pequenos ramos de carvalho com fructos e a legenda, Talent de bien faire. A sua morte não diminuiu o enthusiasmo para novos descobrimentos, e commetteram-se feitos tão arrojados e coroados de tão bons resultados, que constituem hoje a nossa brilhante epopéa marítima"

Preço:45,00€

Referência:12431
Autor:autoria indefinida
Título:NO MAR episódios da vida dos marinheiros
Descrição:

Liga Naval Portuguesa ( J. Rodrigues & C.a, Editores), Lisboa, 1935. In-8º de XXIII-194-(4) págs. Br. Ilustrado ao longo do texto. Capas de brochura ligeiramente empoeiradas

Observações:

Do Prefácio:

“Ir a Badajoz ver lidar toiros é excursão sem pretensões a cultura intelectual ou moral. Ir a Paris palmilhar os boulevards, frequentar Montmartre ou Montparnasse, não trás sólidos benefícios ao saber nem à conduta. Mas viajar em serviço como oficial da Armada, isolado ou a bordo de navios de guerra, é coisa bem diversa: há que manter aprumo no navio, na tripulação, no procedimento próprio e assim, em comparações inevitáveis, se notam as perversões de certos povos, a hipocrisia de outros, a brutalidade animal de muitos deles…”

Encerra os seguintes capítulos:

D. Gilianes de Mascarenhas, por Alfredo Botelho de Sousa. O posto militar da ilha Tekomajl, por Pedro de Azevedo Coutinho. O Malhado, por Ivens Ferraz. Regresso de Estação, por D. Bernardo da Costa Mesquitella. Na costa de Moçambique, por Alfredo Caçador. Homem ao mar!, por Carvalho Brandão. Um invulgar acidente de Navegação, por Mata Oliveira. Contra-torpedeiro «Douro», por Agnelo Portella. Vigilancia da Beira, por António A. de Cisneiros e Faria. O Boi João, por Nuno Telles Pinto. Numa viagem do S. Gabriel, por Jayme do Inso. Hoihau, por Ivens Ferraz. Episodio, por Guilherme C. d’Oliveira. O Espectro, por Emilio San Bruno.

 

Preço:20,00€

Referência:14467
Autor:BECKFORD, William
Título:ALCOBAÇA E BATALHA (Recordações de uma excursão)
Descrição:

Edição dos tradutores, Oficina de A. M. Oliveira, Alcobaça, 1914. In-8º de 98 págs. Brochado. Edição privada limitadíssima de uma tiragem de 200 exemplares fora do mercado. Ostenta uma dedicatória autógrafa de Manuel Vieira Natividade. Manchinha de água marginal exclusiva ao frontspício e ante-rosto. Bom exemplar.

Observações:

Tradução levada a cabo de Joaquim Lucio Lobo e Manuel Vieira Natividade

Do prefácio de M. Viera de Natividade:
" William Beckford era um espirituoso escritor inglez que visitou o nosso paiz em fins do seculo XVIII e cusas Cartas ainda hoje são refereidas e comenadas. Dentre a sua bibliografia sobresae um livro que para Alcobaça tem um particular interesse - Recollections of an excursion to the monasteries of Alcobaça and Batalha. Descreve-se ali uma vida monacal, o fausto e costumes fidalgos dos cistercienses de Alcobaça. Por este motivo, e porque o livro constitue uma raridade bibliografica, embora haja dele varias referencias na literatura nacional, resolvemos fazer a sua tradução.
Beckford foi de uma pungente ironia mas não assumiu a responsabilidade da sua critica. Escrevendo as suas impressões em 1794, só em 1835 as publicou, isto é, ao tempo em que em Portugal se achavam extintas as ordens religiosas . E muito embora haja no seu livro referencias lendárias inverosímeis, é certo que a descrição da grandeza com que foi recebido na abadia de Alcobaça não se deve julgar exagerada
(...).
A ignorancia ou indiferença pelas coisas  d'arte é indesculpável em Beckford, e muito especialmnete quando o seu livro toma o titulo de dois celebres monumentos portuguezes. (...) O livro de Beckford, apesar da sua ironia atroz, tem certo valor etnografico, e ºe especialmente sob este ponto de vista que o interpretamos ..."
 

Preço:40,00€

Referência:13554
Autor:BRANCO, Camilo Castelo
Título:A SENHORA RATTAZZI
Descrição:

Livraria Internacional de Ernesto Chardron Editor, Porto e Braga, 1880. In-8º de 30-II págs. Encadernação meia francesa em chagrin com dizeres e florões em casas fechadas. Conserva capas de brochura anterior, reforçada nas margens. Ante-rosto com os dizeres A SENHORA RATTAZZI enquadrados numa bonita e romântica moldura de composição tipográfica.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR

Observações:

Primeira edição deste folheto da Questão Rattazzi, polémicas em que Camilo se envolveu a propósito do livro escrito pela Princesa Rattazzi sobre Portugal. Este livro é a resposta às provocações da Sr.ª Rattazzi e termina da seguinte maneira:
“Em conclusão: o seu livro não é cano de escorrencias muito nauseabundas, nem é canal de noticias uteis, tirante a dos hoteis infamados de persevejos; não é pois cano, nem cabal; mas é canudo, porque custa sete tostões; e — vá de calão — como troça e bexiga, é caro.”

Inocêncio. XVIII, 144. “A questão Rattazzi: esteve por differentes vezes em Portugal uma dama estrangeira, de origem italiana ou ingleza, que se apresentou com o titulo de Princeza Rattazzi dizendo-se aparentada com a familia Imperial Bonaparte, o que, aliás, segundo consta de informações notorias, as auctoridades francezas não permittiam officialmente. algumas folhas francezas, hespanholas e italianas tinham falado d"ella a proposito de seus escriptos dados ao prelo, dos seus consorcios e de varios incidentes da sua vida aventurosa. Da ultima vez que se demorou em Lisboa, por 1879, lembrou-se ella de escrever um livro de viagem acerca de Portugal: mas, ou por falta de estudo, ou por leviandade, acreditando em esclarecimentos ministrados por pessoas de sua intimidade e de acanhada consciencia quanto aos factos que inculcaram, o certo e que fizeram cair Maria Rattazi em dislates e erros gravissimos, como lhe foi demonstrado. O seu livro, pois, deu margem larga e extensa á publicacão de outras obras de refutação aspera, em que a auctora, apesar do sexo, da idade, do nome aristocratico e da fama de que se fazia cercar, e em que desejava escudár-se, padecem duros ataques, sendo os mais vivos, mordazes e acerados os que lhe vibraram sem piedade Camillo Castello Branco e Urbano de Castro, que assignava os seus escriptos sob o pseudonymo chá-ri-vá-ri. Estas controversias e criticas tomaram o caràcter de verdadeiro escandalo litterario e foram só é alastrando pela imprensa de todas as cidades, em artigos soltos, em folhetins e em correspondencias”.

Preço:90,00€

Referência:12371
Autor:BRITO, Bernardo Gomes de
Título:HISTÓRIA TRÁGICO-MARÍTIMA DE PORTUGAL
Descrição:

Lisboa, 1898. In-4.º de 71 págs. Encadernação meia-inglesa com cantos e lombada em pele. Conserva capas de brochura. Ilustrado ao longo do texto.

Observações:

A História Trágico-Marítima trata de naufrágios infelizes, acontecidos aos navegadores portugueses, escritos por Bernardo Gomes de Brito.

"Descripção dos três primeiros naufrágios succedidos depois da descoberta da Caminho da India. Extracto feito do livro de Bernardo Gomes de Brito por Hygino Mendonça.

Preço:40,00€

Referência:12411
Autor:CASTILHO, Augusto de
Título:RELATÓRIO DA VIAGEM DA CANHONEIRA RIO LIMA DE LISBOA A MOÇAMBIQUE por ...
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa, 1889. In-4º de 203-(2) págs. Encadernação coeva meia-inglesa com sinais de mansueamento marginal.
Apresenta 3 gravuras abertas a chapa de aço da Fortaleza de S. Caetano de Sofalla, a partir de desenhos realizados por Augusto de Castilho. Apresenta também um grande mapa desdobrável da Barra do Rio Linde até ao estabelecimento de Micáhung e e outros com com as rotas do navio: de Lisboa para a Ilha da Madeira; do Rio de Janeiro para a Cidade do Cabo; levantamentos hidrográficos em Moçambique. Quadros de dados com posicionamento geográfico e meteorologia; informação das transferências bancárias no financiamento da viagem; tabelas dos cronómetros; dados dos exercícios de artilharia, etc.

 

RARO.

Observações:

O relatório refere-se à viagem acima descrita passando nos anos 1884 e 1885 pelos seguintes portos: Madeira, Tenerife, S. Vicente, Pará, Rio de Janeiro, Bahia da Mesa, Natal, Lourenço Marques, Inhambane, Bazaruto, Chiloane, Sofala, Inhamissengo, Quilamane, Rio Linde, Tejungo, Casuarina, Moma e Angoche.
No final em jeito de anexo, apresenta um relatório parcial em cumprimento do determinado no artigo V das instrucções e Algumas Considerações acerca de Ilhas da Madeira, Tenerife e de S. Vicente encaradas como escalas para a Navegação Oceanica.

AUGUSTO Vidal de CASTILHO e Noronha (1841-1912) foi oficial de Marinha que, em 1893, encontrando-se no Rio de Janeiro a comandar uma divisão naval portuguesa, concedeu asilo ao Almirante Saldanha da Gama e a quantos o haviam acompanhado numa revolta contra o Governo Brasileiro. Julgado em Portugal, por não ter acatado a ordem de entregar os exilados (mais de 500), foi absolvido, o que provocou uma crise ministerial (in Dicionário de História de Portugal).

Preço:85,00€

Referência:14435
Autor:MORAES, Wenceslau de
Título:SERÕES NO JAPÃO
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, Portugal-Brasil. s.d.(1925?). In-8º de 225-(1) págs. Brochado. Exemplar com acidez generalizada que caracteriza muito este papel nesta edição. Rubrica de posse no frontspício.

Observações:

Primeira edição em livro de interessantes escritos anteriormente publicados na revista “Serões”. Edição muito ilustrada nas páginas de texto.

Preço:40,00€

Referência:14342
Autor:NEMÉSIO, Vitorino
Título:CORSÁRIO DAS ILHAS
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, s.d. (1956). In-8º de 270 págs. Br. Ilustrado em separado com tomadas de vistas das Ilhas Açorianas com fotografias de Rudolf Brum.

Observações:

PRIMEIRA EDIÇÃO deste muito curioso título da obra de VITORINO NEMÉSIO. Neste livro pode-se ler na advertência do autor "...Este livro é fruto de duas viagens aos Açores (1946 e 1955) e da preocupação natural do espírito do autor por essas ilhas, a qual e por vários modos nele tende a resolver-se por escrito. Assim, a unidade interna do livro ajudará à externa, garantida em parte pelo carácter formal de itinerário e de memórias. Escrito e publicado periodicamente, convém-lhe a designação de JORNAL, que leva em antetítulo, e que poderá estender-se a outras obras do autor, tais como ONDAS MÉDIAS e O SEGREDO DE OURO PRETO e OUTROS CAMINHOS, já aparecidos. AS datas mencionadas são geralmente as que correspondem À publicação dos respectivos trechos, principalmente no DIÁRIO POPULAR, de Lisboa, e ao microfone da Emissora Nacional de Radiodifusão, pois o JORNAL que o autor mantém há muitos anos é também é jornal falado."

Preço:45,00€

Referência:14269
Autor:NEMÉSIO, Vitorino
Título:CAATINGA E TERRA CAÍDA - Viagens do Nordeste e no Amazonas
Descrição:

Livraria Bertrand, Lisboa, sem data (1968-?). In-8º de 357-(1) págs. Br.
PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Da nota de badana: " A identificação do autor com paisagens e gentes brasileiras vai desde o saber histórico e sociológico à intimidade dos costumes e à apropriação da linguagem. (...)
Estes cadernos de viagem ao Nordeste e ao Amazonas completam, com um fio romanesco e um impressionismo flagrante de fauna, flora e gentes, largamente informado de cidades, engenhos, fazendas de gado, postos e cocais do “aranhol”, o largo itinerário (...)"

Preço:30,00€

Referência:12391
Autor:OLIVEIRA, João Brazão d'
Título:NARRATIVAS NAVAES
Descrição:

Typographia da Academia Real das Sciencias, Lisboa, 1908. In. 8.º de 410-(1) págs. Encadernação meia inglesa com lombada em sintéctico azul.

INVULGAR.

Observações:

"Escreveram-se estas Narrativas especialmente para leitura das guarnições dos navios de guerra portuguezes: Não é um livro destinado à escola primaria mas sim para depois de saberem ler aproveitarem algum tempo de folga do serviço, em leitura, que se relacione com a sua profissão; que lhes fale da Historia da Marinha, e dos feitos dos Marinheiros; que as inicie na tradição da Armada...Intimamente ligada com a Historia de Portugal está a Historia da sua Marinha. "

Preço:30,00€

Referência:13799
Autor:PERES, Damião
Título:OS MAIS ANTIGOS ROTEIROS DA GUINÉ Publicados com notícia explicativa pelo Académico de Número ...
Descrição:

Academia Portuguesa da História, Lisboa, 1952- In. 4º de 163-(4) págs. Br. Cadernos por abrir. Capas de brochura ligeiramente empoeiradas e com alguns picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Obra publicada por Damião Peres e que  encerra os seguintes roteiros de viagens pela Guiné : Roteiro Quatrocentista transcrito por Valentim Fernandes; Roteiro de João de Lisboa (1514) e Roteiro do Esmeraldo de Situ Orbis (princípio do XVI).

Preço:39,00€

Referência:12370
Autor:PINTO, Fernão Mendes
Título:PEREGRINAÇAO
Descrição:

Gaia, Cosmópolis Editora, 1930-1931. In-8º de 7 volumes. Encadernação inteira em sintético vermelho, com dizeres dourados nas pastas.

Observações:

Nova edição, conforme a de 1614, precedida de uma notícia bio-bibliográfica por Jordão de Freitas.


Peregrinaçam de Fernam Mendez Pinto. Em que se da conta de muytas e muyto estranhas
cousas que vio & ouvio no reyno da China, no da Tartaria, no do Sornau, que vulgarmente se
chama Sião, no do Calaminhan, no de Pegù, no de Martauão, & em outros muytos reynos & senho-
rios das partes Orientais, de que nestas nossas do Ocidente ha muyto pouca ou nenhua noticia.
E também da conta de muytos casos particulares que acontecerão assi a elle como a outras
muytas pessoas. E no fim dela trata brevemente de alguas cousas & da morte do Santo Padre
mestre Francisco Xavier, unica luz & resplandor daquellas partes do Oriente & Reytor nellas
universal da Companhia de Iesus.

Preço:65,00€

Referência:13008
Autor:PIRES, Maria Laura Bettencourt
Título:PORTUGAL VISTO PELOS INGLESES
Descrição:

Instituto Nacional de Investigação Científica, Lisboa, 1981. In-8º de  126 págs. Br. Ilustrado em extra-texto.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Antologia de textos escritos por Ingleses sobre Portugal, encerrando não só textos literários como tratados, textos sobre a Guerra Peninsular e relatos de viagens.

 

 

Preço:20,00€

Referência:13726
Autor:PORTELA, Severo
Título:PENSAMENTOS, PALAVRAS E OBRAS
Descrição:

Edição da Renascença Editora, Porto, s/d. (1917) In-8.º de 121-(2) págs. Br. Cadernos por abrir. Capas de brochura com alguns picos de acidez.

Observações:

Interessante colectânea de artigos de Severo Portela. Dó indice:

- Ouvir chover
-Repertórios novos
- Manhãsinha
- No Luxemburgo, à tarde, sob o Outono
- No Priorado da Cedofeita
- Tango e Compª
- Auto do Vinho môsto
- Outubro
- Carta de uma religiosa
- Mãos
- Au petit Guigñoi
- Nocturno
- Olaria Indigena
- Carta confidencial
- Outono na cidade
- Salomé

Preço:18,00€

Referência:12323
Autor:ROCHA, Hugo
Título:NAMASTÊ Roteiro Duma Viagem a Goa
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1953. in-4º de 254-(2) págs. Br.

Observações:

Relato duma viagem que o autor fez a goa como jornalista de "O Comércio do Porto".

Preço:28,00€

Referência:12748
Autor:RODRIGUES, Fernando Peres
Título:POR OUTRAS TERRAS
Descrição:

Lundbeck, Lisboa, 2006. In-4º de 162 págs. Encadernação editorial. Profusamente ilustrado  com fotografias a cores. Edição fora do mercado, editada pela Lundbeck para ser distribuídos pela classe médica.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

Observações:

Livro onde o autor reúne fotografias belíssimas tiradas durantes viagens que efectuou em países como o Íemen, Namíbia, Índia, Islândia, Chile, entre muitos outros.

Preço:19,00€

Referência:12394
Autor:S. BERNARDINO, Frei Gaspar de
Título:ITINERÁRIO DA ÍNDIA POR TERRA ATÉ À ILHA DE CHIPRE Introdução e notas de Augusto Reis Machado
Descrição:

Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1953. In-8º de 270 pags. Br.

Observações:

Frei Gaspar de S. Bernardino, escritor franciscano português (séc.XVI/XVII), enviado em missão à Índia e que em 1605 inicia a viagem, por terra, de regresso a Lisboa.
"Como eu e meu companheiro tínhamos as licenças largas para o reino, e vimos não ser vontade do Senhor levar-nos a ele por mar, achámos que tudo vinha de sua santa mão, pelo que nos não entristecemos, antes lhe demos graças por assim o permitir. E vendo eu que ao presente tinha caminho aberto, ainda que perigoso, para poder cumprir uns desejos grandíssimos, que sempre tive de visitar os lugares santos de Jerusalém, lancei mão dele nesta boa conjunção."
Esta obra denota o poder de observação de quem a escreve, tornando-se especialmente interessante pelas observações de carácter etnográfico, botânico e zoológico; para além dos comentários mais profundos sobre o que era a acção dos portugueses no além mar nos século XVI.

Preço:29,00€