Banner Temas de Livros
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Literatura Estrangeira / tradução

Foram localizados 5 resultados para: Literatura Estrangeira / tradução

Referência:14184
Autor:BRETON, André
Título:MANIFESTOS DO SURREALISMO
Descrição:

Moraes Editores, Lisboa, 1978. In-8º de 356-3 págs. Br. Exemplar em excelente estado de conservação.

Observações:

Com um prefácio de Jorge de Sena, trata-se da segunda edição portuguesa dos Manifestos publicados em frança em 1924. Esta edição dos manifestos encerra PRIMEIRO MANIFESTO, SEGUNDO MANIFESTO, PROLEGÓMENOS A UM TERCEIRO MANIFESTOU OU NÃO, POSIÇÃO POLÍTICA DO SURREALISMO, PEIXE SOLÚVEL, CARTA ÀS VIDENTES e DO SURREALISMO EM SUAS OBRAS VIVAS.
 

Preço:17,00€

Referência:8423
Autor:COCTEAU, Jean
Título:OS MENINOS DIABÓLICOS
Descrição:Editorial Inquérito, Lisboa, 1942. In-8º de 231-(1) págs. Brochado. Capa de brochura ilustrada.
Observações:Tradução a cargo de João Gaspar Simões do livro LES ENFANTS TERRIBLES. Trata-se aqui da segunda edição desta tradução.
Preço:12,00€

Referência:14199
Autor:JOYCE, James
Título:ULISSES
Descrição:

Círculo de Leitores, Lisboa, 1982. In-4º de 550-819 págs. Encadernação cartonada editorial conservando a sobrecapa ilustrada com uma pintura de Max Ernst. Exemplar impecavelmente bem conservado.

Observações:

Da contra-capa:

"... A acção de Ulisses decorre em Dublin num único dia, 16 de Junho de 1904, e é narrada através de um prelúdio em três prtes, um núcleo de doze capítulos e um final tripartido. A linguagem utilizada por Joyce, que vai do poema à ópera, do sermão à farsa, contém não apenas termos usuais - da prosa clássica à mais grosseira gíria - , mas também elementos criados pelo escritor com base nos conhecimentos de latim, grego, sânscrito e uma vintena de idiomas modernos. Fazendo um paralelo com Odisseia de Homero, Joyce cria uma viagem experimental ao mundo de hoje, obtendo uma vigorosa síntese das suas descobertas científicas, dos seus problemas sociais, religiosas, estéticos, sexuais. As personagens centrais correspondem aos protagonistas da epopeia grega: Molly Bloom, esposa do Herói, é Penelope; Stephen Dedalus é Telémaco, Leopold Bloom é Ulisses. Na versão de Joyce, a imagem de Ulisses é a de um ser arrasado, traido pela mulkher, totalmente distinto do invencível herói criado por Homero ..."
 

Preço:12,00€

Referência:14050
Autor:MARQUEZ, Gabriel Garcia
Título:A REVOADA - Romance
Descrição:

Quetzal Editores, Lisboa, 1989. In. 8.º de 133(1) págs. Br.

 

Observações:

Capa de brochura ilustrada. Tradução de António Gonçalves. Anteriormente publicado em Portugal por uma outra editora sob o título: O ENTERRO DO DIABO.

 

Da capa posterior:

"... REVOADA é o primeiro romance de Gabriel García Marquez e é nele que, pela primeira vez, surge a mágica Macondo dos CEM ANOS DE SOLIDÃO. Publicado em 1955, é um livro cuidadosamente planificado e construído, de escrita rigorosa e contida - há passagens inteiras constantemente retomadas ao longo do romance, por vezes ligeiramente alteradas, expressões, imagens ou palavras insistentemente disseminadas por todo ele fechamento do seu universo mítico. A acção existe mais fora do tempo presente - umas escassas horas entre o meio-dia e as três da tarde de 12 de ASetemrbo de 1928 - do que dentro dele. A narracção é feita em sucessivos flash-back, retomados, complementados, açterados e baralhados por cada um dos personagens. Nada - ou tudo - se passa numa tarde sufocante de verão numa sala fechada de uma casa fechadas há dez anos, em tornmo de um caixão por fim fechado. Gabriel García Marquez com a sua escrita magnífica, leva-nos a uma aldeia e a uma  família burguesa, cujos destinossão indissolúveis, ambas destruidas por inimigos vindos de fora. Macondo, alimentada pelo ressentimento, virada para o passado, onde «a hera invade as casas, a erva cresce pelas ruelas» e os lagartos entram nos quartos - invadida por uma revoada de arrivistas que se apodera dela, a suga e a abandona depois à sua sorte".

Preço:8,00€

Referência:8258
Autor:[CASTRO, Francisco Meyrelles do Canto e] - ALARCON, D. Pedro A. de
Título:O CHAPEU DE TRES BICOS. Historia verdadeira de um caso que anda em romance, escripta agora como em verdade se passou por
Descrição:

Livraria editora de Matos Moreira & Cª, Lisboa, 1877. In 8º de 206 págs. Encadernação em sintético. Conserva capas de brochura anterior. Ligeiro aparo marginal.

Observações:

Versão de Francisco Meyrelles do Canto e Castro. Ilustrações humorísticas e caricaturais da autoria de Manuel de Macedo.
Este livro conta a história de Lucas, o moleiro que adora sua bela mulher Frasquita. Ele não ignora que ela é o magneto que atrai para sua casa as personalidades notáveis da cidade – entre elas o Corregedor de Justiça, Don Eugênio, homem vaidoso e conquistador. Don Eugênio imagina uma intriga para atrair Frasquita, mas sua armadilha é descoberta e ele, além de não conseguir seduzir a bela moleira, ainda passa pelo constrangimento de ver seu estratagema revelado.
...“O chapéu de três bicos” desse excelente escritor espanhol proporciona além do prazer estético uma viagem à época do rei Carlos IV, último rei da Espanha antiga, mecenas de Goya que criou para ele as tapeçarias do Escorial; da velha Espanha antes da invasão francesa que a europeizará, do país separado do mundo pelos Pirineus e pela tradição antiga; e numa província remota, ingênua, onde tudo foi possível como num conto de fadas....

Preço:20,00€