Banner Temas de Livros
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Manifestos, Comunicados & outras folhas volantes

Foram localizados 12 resultados para: Manifestos, Comunicados & outras folhas volantes

Referência:14105
Autor:AAVV
Título:DO CAPÍTULO DA PROBIDADE
Descrição:

4 pp.; 18,0 x 14,0 cm. s.l. (1951). Brochado. pequena macha de humidade na margem esquerda, junto à charenira. Margens direitas com pequenos e insignificantes cortes (ver foto), sem arriscar a estrutura da folha. A assinatura de António Maria Lisboa está rasurada a tinta azul. Tiragem de apenas 150 exemplares.

 

Observações:

Folheto raríssimo datado de 1951 no final do texto pelos signatários. Redigido contra Alexandre O'Neill em resposta ao seu Pequeno Aviso do Autor ao Leitor que O'Neill publicou na primeira edição de Tempo de Fantasmas, mostrando o seu afastamento do surrealismo (?). O folheto é subscrito por Mário Cesariny, Mário Henrique Leiria, António Maria Lisboa, Henrique Risques Pereira, Carlos Eurico da Costa, Fernando Alves dos Santos e Artur Cruzeiro Seixas.

Surrealismo em Portugal, pp.85-86

Preço:125,00€

Referência:14114
Autor:Casa dos Estudantes do Império
Título:Convocatórias, Circulares e Protestos
Descrição:

4 Folhas timbradas da CEI impressas pela frente com 34,0 x 22,5 cm, a stencil com dobras vincadas por terem sido enviadas em sobrescritos normalizados de formato pequeno. " das folhas apresenta no verso o destinatário com selo e carimbo legível datado de 1952.

Observações:

Tratam-se de Convocatórias da Aassembleia Geral e da Comiisão Admnistrativa da CASA DOS ESTUDANTES DO IMPÉRIO para discussão alteração e votação das contas e aprovação dos regulamentos. Curioso conjunto.

Preço:40,00€

Referência:14104
Autor:LEIRIA,Mário-Henrique
Título:O QUE ACONTECERIA SE O ARCEBISPO DE BEJA FOSSE AO PORTO E DESSESSE QUE ERA NAPOLEÃO
Descrição:

s.l, s.d. 1 folha. 25 x 17,50 cm. Impressão a castanho sobre papel amarelo com texto emoldurado por vinheta decorativa tipográfica. Bom exemplar com a habitual marca de dobra a meio.

Observações:

Rara folha volante que se fazia acompanhar gratuitamente no seu livro NOVOS CONTOS DO GIN TONICO aquando publicado. São já poucos os exemplares que chegam aos dias de hoje tornando-se já bastante invulgar. Classificado de "papel surrealista" ou "folheca" tem cariz satírico e irónico bem ao jeito de Leira. Bonito exemplar muito bem conservado, sem vincos e sem outros defeitos, como habitualmente se faz acomapnhar, dada a delicadeza e gramagem peqeuna do papel em que foi impresso..

Preço:35,00€

Referência:7542
Autor:MUD (Bento de Jesus Caraça)
Título:ASPECTO DO PANORAMA CULTURAL PORTUGUÊS pelo ...
Descrição:2 FOLHAS VOLANTES impressas inteiramente a stencil e agrafadas dim: 34 x 22 cm impressa em ambas as face datado de 30 de Novembro de 1946. Dobra horizontal central pouco acentuada. Raro foxing. Circular bastante RARA.
Observações:Lido na Sessão de 30 de Novembro de 1946 promovido pelo MUD no salão de "A Voz do Operário". Na Voz do Operário, o MUD Juvenil realiza uma reunião com vista a examinar o momento político actual à luz das afirmações do Presidente do Conselho na I Conferência da União Nacional, onde se reclamam as seguintes medidas: dissolução da Assembleia da República, novas eleições; novo recenseamento. Naquela que foi a última sessão realizada fora dos períodos eleitorais, Bento de Jesus Caraça intervém sobre os problemas do ensino, Francisco Ramos da Costa sobre a política económica do Estado Novo, Fernando da Fonseca sobre os problemas da assistência, e Ferreira de Castro sobre a vida intelectual portuguesa. Mário Soares apresenta a comunicação ‘A Juventude não está com o Estado Novo".
Preço:60,00€

Referência:7543
Autor:MUD (Ferreira de Castro)
Título:MENSAGEM DO ESCRITOR FERREIRA DE CASTRO SOBRE A ACÇÃO DA CENSURA M PORTUGAL
Descrição:2 FOLHAS VOLANTES impressas inteiramente a stencil e agrafadas dim: 34 x 22 cm impressa em ambas as face datado de 30 de Novembro de 1946. Dobra horizontal e vertical central pouco acentuada. Raro foxing. Circular bastante RARA.
Observações:Lido pelo Dr. Lobo Vilela na Sessão de 30 de Novembro de 1946 promovido pela Comissão Central do MUD Juvenil no salão de "A Voz do Operário". Na Voz do Operário, o MUD realiza uma reunião com vista a examinar o momento político actual à luz das afirmações do Presidente do Conselho na I Conferência da União Nacional, onde se reclamam as seguintes medidas: dissolução da Assembleia da República, novas eleições; novo recenseamento. Naquela que foi a última sessão realizada fora dos períodos eleitorais, Bento de Jesus Caraça intervém sobre os problemas do ensino, Francisco Ramos da Costa sobre a política económica do Estado Novo, Fernando da Fonseca sobre os problemas da assistência, e Ferreira de Castro sobre a vida intelectual portuguesa. Mário Soares apresenta a comunicação ‘A Juventude não está com o Estado Novo".
Preço:60,00€

Referência:7544
Autor:MUD (Mário Soares)
Título:A JUVENTUDE NÃO ESTÁ COM O ESTADO NOVO por ...
Descrição:2 FOLHAS VOLANTES impressas inteiramente a stencil e agrafadas dim: 34 x 22 cm impressa em ambas as face datado de 30 de Novembro de 1946. Dobra horizontal e vertical central pouco acentuada. Raro foxing. Circular bastante RARA.
Observações:Lido na Sessão de 30 de Novembro de 1946 promovido pelo MUD no salão de "A Voz do Operário". Na Voz do Operário, o MUD Juvenil realiza uma reunião com vista a examinar o momento político actual à luz das afirmações do Presidente do Conselho na I Conferência da União Nacional, onde se reclamam as seguintes medidas: dissolução da Assembleia da República, novas eleições; novo recenseamento. Naquela que foi a última sessão realizada fora dos períodos eleitorais, Bento de Jesus Caraça intervém sobre os problemas do ensino, Francisco Ramos da Costa sobre a política económica do Estado Novo, Fernando da Fonseca sobre os problemas da assistência, e Ferreira de Castro sobre a vida intelectual portuguesa. Mário Soares apresenta a comunicação ‘A Juventude não está com o Estado Novo".
Preço:60,00€

Referência:7540
Autor:MUD - Comissão Central de Lisboa
Título:MANIFESTO À JUVENTUDE
Descrição:Imprensa Beleza, Lisboa, 1947. FOLHA VOLANTE dim: 34 x 22 cm impressa de uma face datado de 31 de Março de 1947. Dobra horizontal central pouco acentuada. Raro foxing.
Observações:Assinaram o manifesto: POMAR, Júlio; ABREU, António; ZENHA, Francisco; BORREGO, José, MOUTINHO, Manuel, SILVA, Maria Fernanda, SOARES, Mário; REIS, Óscar dos & GRÁCIO, Rui.

Manifesto publicado pela Comissão Central do MUD Juvenil de que fazia parte entre muitos outros o pintor JULIO POMAR e o então estudante de Letras Dr. MÁRIO SOARES, sobre ataques de situacionistas publicados no Diário da Manhã, e subsequentes prisões de membros do MUD e do MUD Juvenil. É também abordada a demissão de Mário de Azevedo Gomes e Bento de Jesus Caraça, bem como a organização da Semana da Juventude.
RARO
Preço:100,00€

Referência:7541
Autor:MUD - Comissão Distrital de Lisboa
Título:A propósito do aumento do preço dos jornais -significado da atitude do Povo de Lisboa
Descrição:FOLHA VOLANTE dim: 28 x 22,5 cm impressa de uma face datado deNovembro de 1947. Dobra horizontal central pouco acentuada. Raro foxing.
Observações:Neste mês, na "A Voz do Operário", o MUD Juvenil realiza uma reunião com vista a examinar o momento político actual à luz das afirmações do Presidente do Conselho na I Conferência da União Nacional, onde se reclamam as seguintes medidas: dissolução da Assembleia da República, novas eleições; novo recenseamento. Naquela que foi a última sessão realizada fora dos períodos eleitorais, Bento de Jesus Caraça intervém sobre os problemas do ensino, Francisco Ramos da Costa sobre a política económica do Estado Novo, Fernando da Fonseca sobre os problemas da assistência, e Ferreira de Castro sobre a vida intelectual portuguesa. Mário Soares apresenta a comunicação ‘A Juventude não está com o Estado Novo".

Ainda neste período, é inteiramente elaborado por membros do MUD Juvenil, o número de Novembro da Seara Nova é totalmente censurado.
Preço:35,00€

Referência:14113
Autor:VASCONCELOS , Mário Cesariny de
Título:A BIRD CAN DREAM EVEN FLYING ...
Descrição:

Perspectivas e Realidades, BUREAU SURREALISTA, Lisboa, 1979. "Folheca" com 29,0 x 20,50 cm numa tiragem não declarada (julgamos tratarem-se de 100 exemplares como era costume nestas edições do Bureau via P&R) impressa pela frente. Sem central como habitualmente uma vez que estes textos eram distribuidos pelo correio para um conjunto de correspondetes específicos. RARO

Observações:

Texto poético de um alfabeto Zoológico da autoria de Philip West acomanhado de ilustração de Martin Stejskal e fotografia de Cesariny. Philip West pintir, cuja morte prematura o levou com apenas 49 anos em 1997, era sobretudo um pintor britânico repartindo o seu tempo entre Espanha e Venezuela. Iniciou colaboração estreita com os surrealistas portugueses por intermédio de Edouard Jaguer através do Grupo PHASES assim como Martin Stejskal, embora com menor frequência.
 

Preço:30,00€

Referência:14111
Autor:VASCONCELOS , Mário Cesariny de
Título:MANIFIESTO DE LOS SURREALISTAS ARGENTINOS
Descrição:

Noa-Noa Surrealist Editions, Lisboa, 1989. Folha (33,5 x 23,5 cm) impressa em ambas as faces em fotocópia numa tiragem de 50 exemplares, numerados pelo punho de Cesariny levando o presente exemplar o nº 25/50.

Observações:

Esta "folheca", o nº 11 da série Noa Noa Editions, é dedicada aos liquidadores do Surrealismo: Jean Schuster e José Pierre. Cesariny copiou o manifesto que lhes dedicou os surrealistas argentinos como motivo de sua última postura, quando em São Paulo teve lugar a "semana surrealista", em que o Grupo foi convidado de honra. Neste manifesto, Schuster é tratado como um embuste e mentiroso, ao passo que José Pierre como parasita da arte e do surrealismo.

É um manifesto perfeitamente actual dedicado a todos os que pertenceram ao movimento e se servem do surrealismo para fazer carreirismo.

Preço:50,00€

Referência:14110
Autor:VASCONCELOS , Mário Cesariny de
Título:"REITERAÇÃO DE INTENÇÕES"
Descrição:

Bureau Surealista, Lisboa, 1978.  Folha (35,0 x 24,5 cm) impressa pela frente com fotografia da manhã de 26 de Abril de 1974 na Rua da Misericórdia da autoria de Mário Cesariny. Dobra dupla em quatros partes, bem vincadas. No entanto, belo exemplar. Tiragem limitada a 100 exemplares

Observações:

"... Reimprime-se (a fotografia) neste papel como REITERAÇÃO DE INTENÇÕES apontada a quem teve o desplante de, num recente protesto contra limitações ao exercício da liberdade de Imprensa, juntar a assinatura de Mário Cesariny aos nomes dos snrs. Manuel Múrias e Barradas de Oliveira, criaturas (?) que, durrante muitos e odiosos anos foram, me letra de Imprensa, os mais responsáveis e ferozes perseguidores da liberdade de Imprensa."

Preço:40,00€

Referência:14112
Autor:[CESARINY, Mário; tradução de] ARANDA, Francisco
Título:LA CONFUSION
Descrição:

Perspectivas e Realidades, BUREAU SURREALISTA, Lisboa, 1979. "Folheca" com 29,0 x 20,50 cm numa tiragem não declarada (julgamos tratarem-se de 100 exemplares como era costume nestas edições do Bureau via P&R) impressa pela frente. Dobra central como habitualmente uma vez que estes textos eram distribuidos pelo correio para um conjunto de correspondetes específicos. RARO

Observações:

Trata-se de um texto anti-clerical da autoria de Francisco Aranda, amigo de Mário Cesariny desde os anos 50 (Cesariny traduziu para português o seu magnífico texto ARTE DE MORRER), assim como é de sua autoria a pintura-colagem ("Luis Buñuel sonha com Marquis de Sade") e a fotografia aqui reproduzidas.
 

Preço:30,00€