Banner Temas de Livros
 Aplicar filtros
Livros do mês: Junho 2024
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Manuscritos & AUTÓGRAFOS

Foram localizados 14 resultados para: Manuscritos & AUTÓGRAFOS

Referência:15097
Autor:AGUIAR, Joaquim António
Título:TRÊS CARTAS ORIGINAIS MANUSCRITAS E INÉDITAS de Joaquim António de Aguiar dirigidas a Ângelo Ferreira Diniz
Descrição:

Três cartas, manuscritas pela frente e verso, datadas de 31 de Outubro, 9 e 16 de Novembro de 1819, assinadas no final pelo punho do autor, dirigidas a Ângelo Ferreira Diniz.

As cartas versam assuntos de ordem académica, solicitando, numa delas, o favor de interceder por seu irmão José Xavier de Aguiar que se candidata a um "partido", aqui subentendido como lugar de emprego, no Hospital da Universidade.

 

Observações:

Joaquim António de Aguiar (1792 – 1874) foi um político e maçom português do tempo da Monarquia Constitucional e importante líder dos cartistas e mais tarde do Partido Regenerador. Foi por três vezes presidente do Conselho de Ministros de Portugal (1841–1842, 1860 e 1865–1868, neste último período chefiando o Governo da Fusão, um executivo de coligação dos regeneradores com os progressistas). Ao longo da sua carreira política assumiu ainda várias pastas ministeriais, designadamente a de Ministro dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça durante a regência de D. Pedro nos Açores em nome da sua filha D. Maria da Glória. Foi no exercício dessa função que promulgou a célebre lei de 30 de Maio de 1834, pela qual declarava extintos "todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e quaisquer outras casas das ordens religiosas regulares", sendo seus bens secularizados e incorporados na Fazenda Nacional. Essa lei, por seu espírito antieclesiástico, valeu-lhe a alcunha de o Mata-Frades. (retirado de Wikipédia).

Ângelo Ferreira Diniz foi junto com José Feliciano de Castilho (pai) e Jeronymo Joaquim de Figueiredo, os fundadores e directores do periódico Jornal de Coimbra (1812-1820; primeiro periódico português dedicado à saúde e higiene pública), todos lentes de medicina da Universidade de Coimbra. Era redigido em Coimbra e publicado em Lisboa.

Preço:250,00€

reservado Sugerir

Referência:7230
Autor:BRANDÃO, Júlio
Título:CARTA 4
Descrição:Manuscrito sobre folha de papel dobrado em quatro, com dimensões 22 x 18 cm, datado de 7 de Abril de 1917, escrito pela frente e verso e assinado no final, e ainda ao alto do verso da folha, rubricado com chamada de atenção.
Observações:Cremos tratar-se o destinatário desta carta o Manuel Cardoso Martha, pelo conjunto de cartas a ele dirigidas e em nossa posse, como pelo facto de ele se referir ao "In-Memoriam", que nesta data estava ao cuidado e responsabilidade de Cardoso Marta sobre Anibal Fernandes Thomaz.

"... A amável carta de V. Excª veio encontrar-me doente. Apresso-me a agradecer-lhe as suas finezas. É evidente que guardarei sempre as melhores lembranças da nossa convivência de há oito anos, e que tenho por Vª Excª a maior simpatia pessoal e literária. Assim fico sempre inteiramente ao seu dispor. Quando ao "In-Memoriam", calorosamente aplaudo a ideia de V. Excª. Parece-me., contudo, que se em Maio não estiver organizado a valer, melhor seria adiar a publicação, até que pudessem dar a lume uma obra a todos os respeitos excelente. (...) Pela minha parte, tenho a mais decidida vontade de colaborar. Caso melhore, conte V. Excª comigo ..."
Preço:75,00€

reservado Sugerir

Referência:7228
Autor:BRANDÃO, Júlio
Título:CARTA 3
Descrição:Manuscrito sobre folha de carta dobrada em dois, timbrada com Museu Municipal do Porto (Gabinete do Director), dimensões 26 x 16,5 cm, manuscrito pela frente e verso e assinada no final, datado de 18 de Maio (sem indicação de ano). Com furação de arquivo.
Observações:"... vejo que o "Tripeiro" caminha triumfalmente. Parabéns muitos sinceros. Já foi incuida na folha de duques a importância da assinatura p.ª o Museu. (...) Outra coisa: esqueceu-se daquele cavalheiro que tinha quaisquer informaçoes a respeito da 1ª mulher de Camilo? Se ele me quiser procurar, estou sempre ás ordens ..."
Preço:75,00€

reservado Sugerir

Referência:7035
Autor:BRANDÃO, Júlio
Título:BILHETE POSTAL AUTÓGRAFO
Descrição:Inteiro postal dos correios, manuscrito pela frente e verso, dirigido ao poeta, filólogo e etnógrafo de português Manuel Cardoso Martha (director da revista FEIRA DA LADRA), assinado no final pelo punho de Julio Brandão e datado de Porto 9 de Maio (de 1919, pelo carimbo dos correios).
Observações:"... meu esquecido amigo! enviei-lhe há tempos um postal avisando de que seguiam as provas para a tipografia e pedindo a fineza de as mandar rever pelo original que não veio com elas. Ignoro se as provas chegaram ao seu destino, e se o postal que escrevi ao meu bom amigo também chegou ás suas mãos. Espero terá a gentileza de me informar o que vivamente lhe agradeço. Seria desagradável que o artigo saísse todo errado. Quando aparece o volume? ..."
Preço:50,00€

reservado Sugerir

Referência:7034
Autor:BRANDÃO, Júlio
Título:BILHETE POSTAL AUTÓGRAFO
Descrição:Inteiro postal dos correios (sobretaxado com selo CERES de 4 c.), manuscrito pela frente e verso, dirigido ao poeta, filólogo e etnógrafo de português Manuel Cardoso Martha (director do periódico FEIRA DA LADRA), assinado no final pelo punho de Julio Brandão e datado de Porto 30 de Janeiro (de 1921, pelo carimbo dos correios).
Observações:"... o que é feito do In-Memoriam, acerca do E. de Queiroz. Perdeu-se na voragem(?) das edições de embrulho? Vai para 3 anos que estava a sair! Dois colaboradores falaram-me há tempos no assunto formidável, e eu prometi-he que ia sondar êsse abismo ..."
Preço:70,00€

reservado Sugerir

Referência:7033
Autor:BRANDÃO, Júlio
Título:BILHETE POSTAL AUTÓGRAFO
Descrição:Inteiro postal dos correios, manuscrito pela frente e verso, dirigido ao poeta, filólogo e etnógrafo de português Manuel Cardoso Martha, assinado no final pelo punho de Julio Brandão e datado de Porto 27 de Abril (de 1919, pelo carimbo dos correios).
Observações:"... remeto já ao Joaquim de Amorim, como deseja, as provas tipográficas. Pediria meu bom amigo, contudo a frieza de confrontar as provas com o texto, visto que não me veio o original e não tenho cá rascunho ..."
Preço:50,00€

reservado Sugerir

Referência:7341
Autor:FAFE, José Fernandes
Título:CARTÃO MANUSCRITO
Descrição:Cartão (12,2 x 9,5 cm) manuscrito frente e verso, autografado, dirigido a Ivo Cortesão. Apresenta uma data de 31 de Janeiro de 1972. Conversa subscrito.
Observações:José Fernandes Fafe é diplomata e escritor. Nasceu no Porto em 1927 e formou-se em Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Com diversas obras publicadas nas áreas da poesia, ensaio e romance, Fernandes Fafe é autor da primeira biografia de Ernesto Ché Guevara ("De Cuba al Terzo Mondo") editada pela Mondadori em finais da década de 60. Embaixador de Portugal, representou o seu País em Cuba, México, Cabo Verde e Argentina. Noutro âmbito, é considerado como o "mentor" da chamada "Esquerda Liberal" portuguesa, sendo o seu livro "A Esquerda, a nova e a eterna" considerado como uma referência incontornável para muitos.

"Meu prezado amigo Pois claro que há "pelouros" nas Iniciativas. Ao ivo por exemplo corresponde o da Revisão do Dicionário de Literatura. Eu não quis, nem quero magoá-lo. Coisas que o aborreçam deve ter v. (e eu também). Há um assunto em que um inquieto não põe o coração (por ex. o da venda dos Dicionários) e portanto trata com uma certa racionalidade que não significa menos consideração. Peço-lhe que compreenda isto. Fazendo votos pelo rápido restabelecimento da D. Irene."
Preço:30,00€

reservado Sugerir

Referência:7340
Autor:FAFE, José Fernandes
Título:CARTÃO MANUSCRITO
Descrição:

Cartão (12,2 x 9,5 cm) manuscrito frente e verso, autografado, dirigido a Ivo Cortesão. Apresenta uma data de 27 de Setembro de 1971. Conversa o sobrescrito.

Observações:

José Fernandes Fafe é diplomata e escritor. Nasceu no Porto em 1927 e formou-se em Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Com diversas obras publicadas nas áreas da poesia, ensaio e romance, Fernandes Fafe é autor da primeira biografia de Ernesto Ché Guevara ("De Cuba al Terzo Mondo") editada pela Mondadori em finais da década de 60. Embaixador de Portugal, representou o seu País em Cuba, México, Cabo Verde e Argentina. Noutro âmbito, é considerado como o "mentor" da chamada "Esquerda Liberal" portuguesa, sendo o seu livro "A Esquerda, a nova e a eterna" considerado como uma referência incontornável para muitos.

"Prezado Amigo: Transmiti as suas suas razões à pessoa que trata do assunto em causa. As colecções em tela serão enviadas à Unitas dentro de dias, as em "chagrin" só, e talvez, para fins de Outubro. Um abraço"

Preço:30,00€

reservado Sugerir

Referência:7240
Autor:PASSO, Carlos de
Título:CARTA 7
Descrição:Carta manuscrita sobre papel, frente e verso, folha dobrada em duas, com dimensões 26,5 x 18 cm datado de Invicta em Março de 1919, assinado no final (verso).
Observações:Carlos de Passos (1890- 1958) historiador, colaborou na monumental História de Portugal dirigida por Damião Perez.

"Ex. Senhor... Veio finalmente acalmar a paciência dos amigos da Terra Portuguesa a sahida dos n.º 27.8. Oxalá que os números subsequentes (?)guardem melhor regularidade. Como não veio inserto o meu modesto artigo, depois de haver recebido prova delle e das palavras de Vossa Excelência, certa penosa expectativa me faz suspenso, tanto mais quanto confiadamente annotei em livro que breve sahirá e o qual inclui um artigo identico ao estudo enviado a V. Excelência, com indicação de achar-se no n.º 27 o desenvolvimento do assunpto. Por isso permita V. Excelencia que lhe peça o favor de me informar sobre esse (?) e se, porventura, elle será total. M.º Cordialmente... admirador certo Carlos de Passo"
Preço:50,00€

Referência:15099
Autor:PATO, Bulhão
Título:POEMA "DESPEDIDA" original manuscrito de Bulhão Pato
Descrição:

Manuscrito original sobre folha de papel filigranado de dim. 13,5 x 21 cm, intitulado DESPEDIDA, datado de 6(?) de Novembro de 1896 a assinado no final por Bulhão Pato. Encontra-se montado sobre cartolina, fixado com ponto de cola na secção superior. Ligeiros cortes marginais e raros picos de humidade disseminados pela folha.

Poema intitulado DESPEDIDA (inédito?) dedicado aos meus amigos da Carregosa que correspondem a uma estrofe única de seis versos, de cariz romântica e nostálgica.

São raros os poemas originais manuscritos de Bulhão Pato.

Observações:

Raimundo António de Bulhão Pato (1826-1912) foi um escritor memorialista e poeta da geração ultra-romântica, influenciado por Lamartine e Byron, com imensa obra, em diferentes géneros literários, publicados entre 1850 e 1907. Alguém escreveu que Bulhão Pato serviu de inspiração a Eça de Queirós em alguns personagens de Os Maias. Ficou igualmente conhecido como amante da boa vida, caçador, gastrónomo e inventor de algumas receitas.
 

 

Preço:125,00€

reservado Sugerir

Referência:7192
Autor:PIMENTA, Alfredo
Título:CARTA 2
Descrição:Carta manuscrita (13,5 x 19,5 cm) pela frente sobre papel timbrado com carimbo, datada de 2 de Janeiro de 1944 (avaliar pelo carimbo dos CTT) e dirigida a Antonio Saraiva de Carvalho, pedindo para interceder junto do escritor João Ameal. Conserva sobrescrito.
Observações:
Preço:35,00€

Referência:15078
Autor:REI D. LUIS I
Título:CARTA AO BISPO DE COIMBRA
Descrição:

Elegante manuscrito de caligrafia muito legível, ao longo de vinte linhas sobre papel bifólio, assinado no final pelo punho do Rei e por Julio Gomes da Silva Sanches, dirigida ao Bispo de Coimbra, conservando o selo branco, em alto relevo, régio sobre papel recortado.

EXEMPLAR ÚNICO E PEÇA DE COLECÇÃO pela importância histórica que encerra aliado ao seu excelente estado de conservação.

Observações:

Belíssima carta manuscrita por D. Luis I (1838-1889) no Paço da Ajuda, datada de 31 de Julho de 1865, dirigida ao Referendo Bispo de Coimbra (D. José Manuel de Lemos) anunciando o nascimento de seu filho, o Infante D. Afonso de Bragança (Duque do Porto, Condestável de Portugal e o governador e último vice-rei da Índia Portuguesa). Está igualmente assinada por Julio Gomes da Silva Sanches (Ministro e Secretário e Estado dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça do 26º Governo da Monarquia Constitucional.

Da leitura efectuada, transcrevemo-la na íntegra:

"Reverendo Bispo de Coimbra. Eu // El Rei vos Envio muito saudar. Foi Deus // Nosso Senhor servido Abençoar estes // Reinos com o Nascimento de um Inf- // ante, que Sua Magestade A Rainha // Minha muito Amada e Prezada Es- // posa Deu á luz no dia de hoje com // feliz sucesso. E Me pareceu participar-vos // logo esta alegre e desejada noticia, não só // pelo contentamento que della recebereis, e // para que Me acompanheis no regosijo // deste faustissimo acontecimento, mas para // que, dando a Deus Nosso Senhor as de- // vidas Graças por tam particular beneficio, // chameis a sua Divina Benção sobre o // Infante recemnascido, e façaes celebrar, segundo o estilo, em ocasiões similhantes, todas as demonstrações de jubilo. Escripta no Paço d Ajuda em trinta e um de Julho de mil oitocentos e sessenta e cinco."

D. Luis foi o trigésimo segundo rei de Portugal (1861-1889), e ficou conhecido pelo cognome de "o Popular". Assume o trono a 14 de outubro de 1861, por morte de seu irmão D. Pedro V. Casou em 27 de setembro de 1862 com D. Maria Pia de Saboia. Foi um homem de profunda instrução e cultura, sendo disso exemplos as suas traduções de Shakespeare. Foi igualmente uma personalidade de grande bonomia e tolerância, e conseguiu transformar os seus vinte e oito anos de reinado num período de certa acalmia política, não alcançando mesmo assim evitar algumas perturbações de que, na área da Cultura destaca-se aqui, pela sincronia da presente missiva, a fecunda polémica da "Questão Coimbrã" em 1865-66, com a suspensão pelo Governo poucos anos depois, em 1871, das Conferências Democráticas do Casino.

Preço:1800,00€

Referência:15085
Autor:TEIXEIRA. Francisco Gomes
Título:CARTA ORIGINAL MANUSCRITA de Francisco Gomes Teixeira
Descrição:

Folha de papel dimensões 27 x 21 cm, cor azul clara, dobrada em meio, manuscrita em três faces, de caligrafia muito legível, assinada no final. Ocasionas picos de acidez.

Observações:

O eminente matemático Francisco Gomes Teixeira (1851-1933), solicita a publicação de artigos seus e de colegas estrangeiros (Sr. D'Ocagne de França e Sr. Cesário de Itália) no Jornal de Mathematica, solicitando a entrega ao compositor  de impressão. Pede ao destinatário que lhe envie informação sobre a frequência de um estudante de nome Andrade Couto e sua família.

Preço:145,00€

reservado Sugerir

Referência:7237
Autor:VITERBO, Francisco Marques de Sousa
Título:BILHETE POSTAL AUTÓGRAFO
Descrição:Inteiro postal dos correios, manuscrito pela frente e verso, dirigido a Anibal Fernandes Thomaz ilustre bibliófilo, assinado no final pelo punho de Sousa Viterbo, datado de Lisboa 3 de Janeiro de 1900.
Observações:Francisco Marques de Sousa Viterbo, personalidade multifacetada, foi poeta, arqueólogo, historiador e jornalista. Nasceu em 1845, no Porto, e morreu em 1910, em Lisboa.

"Meu amigo...Na carta que lhe escrevi ontem esqueci-me dizer-lhe que não tinha o Presbiptio. É das poucas cousas que me faltam na minha Collecção Castilho.(...) A inscripção de Moraes em Santa Maria de Cintra há muitos anos que a copiei, publicando-a nas minhas Notas ao Catálogo da Exposição.(...)"
Preço:50,00€