Banner Temas de Livros
 Aplicar filtros
Temas 
Palavras Chave 
Módulo background

Ultramar & Brasiliana - HISTÓRIA

Foram localizados 266 resultados para: Ultramar & Brasiliana - HISTÓRIA

Referência:14207
Autor:CÉSAR, Amândio
Título:ANGOLA 1961
Descrição:

Verbo, (Lisboa), 1961. In-8º de 115-(1)-7 ff ilustradas com fotografias impressas a preto e branco - (1) de colofón. Brochado com capa impressa a laranja relativamente à 4ª edição.

Observações:

Importante obra sobre o início da Guerra Colonial Portuguesa que contou com diversar edições no ano em que foi publicada. A fonte iconográfica adjunta no final da obra documentam bem a violência sendo algumas fotos muito chocante, testemunhando o terror que envolveu o inicio da guerra colonial em Angola .

Preço:25,00€

Referência:12402
Autor:CHATTERJI, J. C.
Título:FILOSOFIA ESOTÉRICA DA ÍNDIA
Descrição:

Edição do Ramo Maitreya da Sociedade Teosófica de Portugal, Lisboa, 1956, in-8º de 139-(5)págs. Br

Observações:

Obra que se debruça sobre o esoterismo na Índia.

"Não há senão uma coisa que podemos estudar a fundo: nós próprios."

Preço:23,00€

Referência:12420
Autor:COELHO, Francisco de Lemos
Título:DUAS DESCRIÇÕES SEISCENTISTAS DA GUINÉ
Descrição:

Academia Portuguesa de História, Lisboa, 1953. In-8º de XXXI-283-(5) págs. Br. Ilustado em separado sobre papel couché com facsímiles de documentos manuscritos.

Observações:

Introdução e anotações históricas da autoria de Damião Peres.
Encerra os seguintes títulos: Descrição da costa da Guiné desde o Cabo Verde athe Serra Lioa com todas as Ilhas e Rios que os Brancos Navegam e ainda Discripção da Costa da Guiné e Situação de todos os Portos e Rios della e roteyro para se poderem navegar todos seus rios.
Estes dois manuscritos inéditos dos finais do século XVII pertencem à Biblioetca Nacional e apresentam um valor intrínseco "... de ambas as descrições e tem de reconhecer-se integrarem-se na série de testemunhos do interesse português pelas terras guineenses, repetidamente produzidas ao longo dos tempos. Numerosos elementos, quanto à distribuição geográfica dos povos indígenas, suas crenças, seus hábitos, as aproximam da sua imediata predecessora, a do capitão André Alvares almada - O Tratado Breve dos Rios da Guiné de Cabo Verde - publicado em 1841 pelo Prof Diogo Kopke ... porém tais pontos de semelhança, correspondentes à lentidão evolutiva de raças atrasadas, algumas notícias de modificações importantes, pelo que concerne À ACTIVIDADE ECONÓMICA DE PORTUGUESES E ESTRANGEIROS, E À CRESCENTE INTROMISSÃO DESTES, POLVILHADA DE CONFLITOS, DISTINGUEM BEM O RELATO QUINHENTISTA AS DESCRIÇÕES SEISCENTISTAS ...".

Preço:32,00€

Referência:12332
Autor:COELHO, Trindade
Título:DEZOITO ANNOS EM AFRICA - Notas e documentos para a biographia do Conselheiro José D'Almeida
Descrição:

Typ. de Adolpho de Mendonça, Lisboa, 1898. In-8.º de 539 págs. Encadernção inteira em sintético, com dizeres dourados na lombada. Conserva capas de brochura. Ilustrado com um retrato do Conselheiro José Joaquim d' Almeida.

Observações:

"Este livro é a exposição impressa, chronologicamente ordenada, dos principaes documentos de caracter publico e official que assignalam actos, de caracter official tambem, da vida intensamente laboriosa, e singularmente prestante, do funcionario a que diz respeito."

Preço:50,00€

Referência:354
Autor:CONDE DE CAMPO BELLO (D. Henrique)
Título:OS ROBYS
Descrição:Agência Geral das Colónias, Lisboa, 1936. In. 8.º de 35 págs. Br
Observações:Colecção Pelo Império n.º31 III.
Preço:7,00€

Referência:12422
Autor:COSTA JÚNIOR, José Ribeiro da
Título:PELA NOSSA ÁFRICA narrativa de factos reais, recreativos e instrutivos, referentes ás colónias portuguesas do Atlântico por...
Descrição:

Tipografia da Liga dos Combatentes da Grande Guerra, Lisboa, 1933. In-8º de 358-(2)págs. Br. Tem as capas de brochura restauradas. Ilustrado ao longo do texto e em extra-texto.
 

RARO.

Observações:

Esta obra de José Ribeiro da Costa Junior, oficial apaixonado por Angola, foi distinguida no sétimo concurso de literatura Ultramarina e  relata a sua experiência angolana, em tempos dificeis, quando os oficial andavam de "posto em posto"  fiscalizando o complexo problema dos abastecimentos e contactando cara a cara, com as  etnias do Sul de Angola.

Preço:30,00€

Referência:9784
Autor:COSTA, Augusto da
Título:APOLOGIA DO IMPÉRIO PORTUGUÊS
Descrição:Imprensa Nacional de Lisboa, Lisboa, 1934. In-8º de 36 págs. Br.
Observações:Jornalista e propagandista do Estado Novo. Destaca-se também como romancista. Diretor do jornal A Monarquia, em 1918. Secretário de Salazar em 1933. Colaborador íntimo de Pedro Teotónio Pereira no lançamento do corporativismo. Autor de Portugal Vasto Império.
"a posição geográfica de Portugal dar-nos-á, mais tarde ou mais cedo, sozinhos ou acompanhados, a hegemonia do Atlântico"
Preço:18,00€

Referência:9820
Autor:COSTA, J. Carrington
Título:REALIDADES ACERCA DO ESTUDO GEOLÓGICO DE GOA
Descrição:Junta de Investigações do Ultramar, Lisboa, 1960. In-8º de 40-(1) págs. Br.
Observações:Resposta a um artigo do Boletim de Minas.
Preço:6,00€

Referência:7268
Autor:COSTA, Maria Paula da & PINHEIRO, Susana Marta
Título:ÁFRICA NEGRA - CONTRIBUIÇÃO PARA O CONHECIMENTO HISTÓRICO/GEOGRÁFICO
Descrição:Lisboa. In-8.º de 232 págs. Br. Profusamente ilustrado ao longo do texto.
Observações:"De forma documentada e acessível aqui se nos apresenta uma obra coerente e importante, sobre África Negra, orientada numa prespectiva em que o público em geral tem acesso, onde todos os países, todas as etnias, todas as crenças e opiniões políticas são apresentadas sem excepção."
Preço:18,00€

reservado Sugerir

Referência:106
Autor:COTTA, Gonçalves
Título:GRITO DE ANGOLA. Cartas aos senhores Kennedy e Khruschtchev.
Descrição:Lisboa, S. d. In – 8.º de 123 págs. Br.
Observações:ILUSTRADO.
Preço:20,00€

Referência:12631
Autor:COUTO, Monsenhor Gustavo
Título:O PLANO COLONIAL DE AFFONSO DE ALBUQUERQUE conferência realisada na sessão inaugural da Semana das Colonias promovida pela Sociedade de Geografia de Lisboa, no dia 13 de Maio de 1929
Descrição:

Edição de autor, Lisboa, 1929. In-4º de 83-(2)págs. Br. Edição cuidada, impressa a duas cores. Ilustrado com 15 gravuras extra-texto.

 

RARO.

 


 

Observações:

Conferência realisada na Sessão inaugural da “Semana das Colonias” promovida pela Sociedade de Geografia de Lisboa, no dia 13 de Maio de 1929.

Do prefácio de Julio Dantas:

“A conferência de monsenhor Gustavo Couto — nobre documento em que resplandece a fé nos destinos da patria — constitui mais um subsidio para o monumento que um dia alguem levantará a essa figura imortal, que não pertence apenas aos portugueses, porque pertence à humanidade ”

 

 

Preço:29,00€

Referência:14208
Autor:CRESPO, Manuel Pereira
Título:PORQUE PERDEMOS A GUERRA
Descrição:

Ed. Abril, Lisboa, 1977. In-8º de 168-(4) págs. Brochado. Rúbrica de posse no anterosto. Ocasionais sublinhados a láis, muito ao de leve. Miolo impecável, quase novo.
INVULGAR

Observações:

Na nota de Abertura

“ ... Em 1961, quando, em Angola, grupos armados puseram em causa a soberania portuguesa, tivemos de responder com uma guerra defensiva que, depois, se estendeu à Guiné e a Moçambique. Essa guerra não resultou do capricho de um chefe político, da ideologia de um regime ou de uma opção baseada em discutível análise de conjuntura. Obedeceu a uma constante da nossa História, que sempre nos conduziu a pegar em armas para defender os territórios de além-mar. (...) Pelas consequências futuras e pelos resultados imediatos, a derrota que sofremos foi das mais desastrosas da nossa História ...”.

Importante para o entendimento da guerra do ultramar e das posições do antigo regime, através da versão do autor que viveu enquanto militar os momentos de guerra. Esta obra foi editada e publicada escassos anos após a revolução de 25 de Abril de 1974 que abriu portas à independência das ex-colónias africanas e, consequentemente, à tomada de poder pelos antigos movimentos guerrilheiros que combateram Portugal de armas na mão, MPLA, PAIGC e FRELIMO, respectivamente em Angola, Guiné-Bissau e Moçambique.

O autor foi militar e intelectual com obra na cartografia da Guiné. Foi depois Ministro da Marinha no governo de Marcelo Caetano de 1968 a 1970, sendo a sua versão uma voz autorizada sobre os assuntos abordadas.

Preço:20,00€

Referência:9747
Autor:CUNHA, Amadeu
Título:MOUZINHO Acção. Pensamento. A Época
Descrição:Agência Geral do Ultramar, Lisboa, 1956. In-8º de 276-(4) págs. Br. Ilustrado com duas fotografias.
Observações:Obra muito exaustiva e interessante sobre a vida de Mouzinho da Silveira.
Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque (Batalha, 12 de Novembro de 1855 - Lisboa, 8 de Janeiro de 1902) foi um oficial de cavalaria português que ganhou grande fama em Portugal por ter protagonizado a captura do imperador nguni Gungunhana em Chaimite (1895) e pela condução da subsequente campanha de pacificação, isto é de subjugação das populações locais à administração colonial portuguesa, no território que viria a constituir o actual Moçambique, e entre outras coisas uma das mais brilhantes figuras militares portuguesas, herói de Chaimite e de Gaza, durante as gloriosas campanhas de África (1894-1895), e um dos mais notáveis administradores coloniais.
Preço:18,00€

Referência:13230
Autor:CUNHA, Silva
Título:ASPECTOS DOS MOVIMENTOS ASSOCIATIVOS NA ÁFRICA NEGRA I E II
Descrição:

Junta de Investigações do Ultramar. Ministério do Ultramar, Lisboa, 1958. 2 volumes de in-8º de 104 e 90 págs. Br. profusamente ilustrados em extra-texto com estampas e mapas desdobráveis a cores e a preto e branco. Capas de brochura com alguns picos de acidez e manchas de água. Com sublinhados ao longo do texto.

Observações:

Estudo muito exaustivo sobre as movimentos associativos na áfrica negra, e em especial em Angola. Movimentos que o autor divide em religiosos, sociais e políticos.

Preço:35,00€

Referência:13856
Autor:D'AURORA, Conde
Título:BRASIL IDA E VOLTA
Descrição:

Livraria Simões Lopes, Porto, 1954. In-8º de 109 págs. Br. Ilustrado em extra-texto com fotos a preto e branco. Capas de brochura com alguns picos de acidez.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

INVULGAR

Observações:

Obra muito curiosa sobre  a viagem efectuada pelo autor ao Brasil em Agosto de 1954. De uma maneira  cronística  o Conde d’Aurora descreve-nos a sua viagem, descrevendo as paisagens das cidades visitadas, retratando  as inúmeras personalidades com quem contactou e descrevendo os acontecimentos em que tomou parte.

Entre outros aspectos, a obra  revela-se muito interessante ver quem eram os autores portugueses mais consagrados ou populares no Brasil por esta altura,  e também das impressões que nos vai apresentando de vários escritores e intelectuais de relevo: Lígia Fagundes Teles, Oswaldo de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Almeida Prado, Afrânio Coutinho, António Soares Amora, Wilson Martins, etc.

Preço:17,00€

Referência:12600
Autor:DALGADO, Sebastião Rodolfo
Título:DIALECTO INDO-PORTUGUÊS DE CEYLÃO
Descrição:

Imprensa Nacional, Lisboa,1900. In-4º de 259 págs. Encadernação meia inglesa em pele com dizeres e florões a ouro na lombada. Conserva capas de brochura.

PRIMEIRA EDIÇÃO.

RARO.

Observações:

Estudo filológico muito interessante sobre o dialecto Indo-Português de Ceylão que é enriquecido  com  uma  importante antologia de textos no dialecto de grande interesse literário e etnográfico.

Encerra capítulos sobre Grammatica, Morphologia e Vocabulário e também uma  Anthologia com sermões como: Istori de Rey de Gris e Mestri Douban, Istori de Ourson e Falenteyn, Istori de San Clear de Ilja de Bara, entre muitos outros.

Preço:35,00€

Referência:10703
Autor:DAVIDSON, Basil
Título:À DESCOBERTA DO PASSADO DE ÁFRICA
Descrição:Sá da Costa, Lisboa, 1981. In-8º de233 págs. Encadernação editorial. Profusamente ilustrado. Capa ligeiramente danificada.
Observações:Obra de um dos melhores conhecedores de África.
Excerto da recensão ao livro por Adolfo Simões Müller
" ...O cap. 7 é já a evocação da ocupação pelo mundo ocidental. Principia a história do comércio dos escravos. Tudo teria começado em 1441 com Antão Gonçalves, ao capturar africanos para os vender. Mas, a págs. 179, lembra-se que os compradores portugueses "não faziam deles diferença aos servidores livres naturais da própria terra, antes aqueles que cobravam de pequena idade faziam ao diante ensinar a ofícios necânicos; e aqueles que viam dispostos para governar fazenda faziam-nos livres e casavam-nos com mulheres naturais da terra". Creio que se presta aqui a devida justiça à nossa participação no comércio da escravatura, em que, se colaborámos, fomos sem dúvida os menos condenáveis - mesmo à luz da época e das instituições, o que por vezes se esquece. Vem depois um capítulo dedicado à era colonial, à resistência e à independência. Exploradores portugueses como Serpa Pinto, e outros, são apontados como abrindo caminho a uma ocupação em grande escala das terras do interior. Não deve ter sido bem assim. Por último, o livro apresenta os capítulos dedicados ao fim do comércio dos escravos (os britânicos em 1807, os portugueses e os americanos só mais tarde "com mais ou menos vontade", e, já no século 20, à luta pela independência. A propósito da guerra portuguesa diz-se que a resistência africana em 1970 começou em geral a ganhar vantagem. Pra o final, teria contribuído "a acção regeneradora e judiciosa dos oficiais do M.F.A.". Friza-se, mais adiante, que os povos das antigas colónias portuguesas estariam hoje na vanguarda do progresso africano (pág. 228) ..."
Preço:18,00€

Referência:13428
Autor:DIAS, Gastão Souza
Título:CARTAS DE ANGOLA
Descrição:

Edição do autor, Lisboa, 1928. In-8º de 212-(2) págs. Br. Capas de brochura com alguns picos de acidez. Ilustração da capa de Tagarro.
 

INVULGAR.

Observações:

“As Cartas de Angola, foram na sua maioria publicadas em jornais, algumas há bastante tempo já, pecando assim por falta de unidade, não só nos assuntos versados, como também no estilo e na feição em que foram moldadas. Publico-as em volume porque contêm matéria que continua a interessar a Angola e porque nelas pus porventura um pouco do meu coração e da minha alma inquieta de português”.

Preço:30,00€

Referência:9354
Autor:DIAS, Margot
Título:O FENÓMENO DA ESCULTURA MACONDE CHAMADA “MODERNA"
Descrição:Junta de Investigações da Ultramar, Centro de Estudos de Antropologia Cultural n.º 9, Lisboa, 1973. In–4º de 50 págs. Br.
Observações:Ilustrado extra-texto com fotografias a preto e branco.
Preço:25,00€

Referência:12412
Autor:DURÃO, António
Título:CERCOS DE MOÇAMBIQUE DEFENDIDOS POR D. ESTÊVÃO DE ATAÍDE
Descrição:

Minerva Central Editora, Lourenço Marques, 1952. In-8º de 155 págs. Br. Edição conforme a edição original de 1633. Capa de brochura ilustrada com gravura da Ilha de Moçambique no códice de António Bocarro "Livro das Plantas de todas as Fortalezas do Estado da Índia Oriental, 1633.

Observações:

Da Apresentação pelos editores:

Obra qe é uma das mais preciosas peças da biblioteca moçambicana e mesmo de toda a bibliografia sobre os descobrimentos e conquistas portugueses. Para a história, é um documento inestimável, tratando-se, como se trata, de uma narrativa simples e clara, directa e objectiva, feita por um dos soldados que serviam às ordens do capitão--general D.Estêvão de Ataíde.
(...)Cercos de Moçambique escritos por António Durão é um livro geralmente ignorado, até mesmo por curiosos e estudiosos da nossa história. Que saibamos, dele não existe nas bibliotecas da Província, oficiais ou particulares, se não o exemplar da edição de 1633 que se acha no Arquivo Histórico de Moçambique. Por tudo, pois, nos pareceu que seria acto de justiça ao autor e de bom serviço ao crescente empenho que entre nós se verifica pelo estudo das coisas de Moçambique, proporcionarmos ao livro uma maior divulgação e ao público a possibilidade de conhecer a admirável história que António Durão nos conta. Daí, esta nova edição, que vai conforme o exemplar de 1633 pertencente ao Arquivo Histórico de Moçambique, apenascom a correcção de alguns evidentes erros tipográficos.

Preço:24,00€
página 4 de 14